Namíbia é campeã da Copa da África, enquanto Japão cai contra World XV

ARTIGO COM VÍDEOS – Neste sábado, a Namíbia voltou a comemorar o título de campeã africana ao derrotar  o Zimbábue pelo maior placar da história dos jogos entre as duas principais forças do XV africana (após os Springboks). Nada menos que 80 x 6 para os Welwitschias, que não apenas comemoraram o título, mas ganharam uma confiança muito maior para que, enfim, a equipe chegue com chances de vitória a uma Copa do Mundo.

 

Mais animador para a Namíbia é o fato de seu astro Jacques Burger não ter entrado em campo contra os zimbabuanos, mostrando força no elenco. Os namibianos não tem mais amistosos agendados por enquanto antes do Mundial.

 

namibia logo copy copy copy80versus(14)06Zimbábue

Namíbia 80 x 06 Zimbábue, em Windhoek

 

Namíbia: 1 Casper Viviers, 2 Torsten van Jaarsveld, 3 Johannes Coetzee, 4 Tjiuee Uanivi, 5 Janco Venter, 6 Rohan Kitshoff (c), 7 Tinus du Plessis, 8 Renaldo Bothma, 9 Arthur Bouwer, 10 Theuns Kotze, 11 Russel van Wyk, 12 Johan Deysel, 13 JC Greyling, 14 Danie Dames, 15 Chrysander Botha.

Suplentes: 16 Rathony Becker, 17 Johnny Redelinghuys, 18 Raoul Larsson, 19 Thomasau Forbes, 20 PJ van Lill, 21 Eniell Buitendag, 22 Johann Tromp.
Zimbábue:
Classificação final: 1 Namíbia (campeã), 9 pontos; 2 Zimbábue, 6 pontos; 3 Quênia, 3 pontos; 4 Tunísia (rebaixada), 0 pontos.
Lista de campeões:
1 – Namíbia – 5 títulos;
2 – South Africa Amateur – 3 títulos;
3 – Quênia – 2 títulos
Marrocos – 2 títulos
5 – Zimbábue – 1 título
Uganda – 1 título

 

 

Japão não segura o World XV

O Japão, por sua vez, enfrentou o estrelado World XV, em Tóquio, tendo pela frente uma legião australiana e as lendas Bakkies Botha, Carl Hayman e Ali Williams. Diante de mais de 12 mil torcedores, os japoneses não resistiram às estrela internacionais e perderam por 45 x 20, mas quem brilhou foi um fijiano, naturalizado australiano e parte hoje dos Wallabies, Naiyaravoro, autor de nada menos que três tries, e o All Blacks Andy Ellis, que anotou outros dois., fechando a conta de cinco tries para os visitantes.

 

Os Brave Blossoms até começaram bem, com try do ponta Hasketh, mas caíram diante da pressão do oponente, arrancando apenas mais um penal try. Os japoneses terão pela frente dois amistosos contra o Uruguai, nos dias 22 e 29 deste mês.

 

japao20versus(16)45world xv

Japão 20 x 45 World XV, em Tóquio

Árbitro: Andrew Lees (Austrália)

 

Japão

Tries: Hesketh e penal try

Conversões: Goromaru (1) e Tatekawa (1)

Penais: Goromaru (2)

15 Ayumu Goromaru, 14 Karne Hesketh, 13 Kotaro Matushima, 12 Male Sa’u, 11 Kenki Fukuoka, 10 Harumichi Tatekawa, 9 Fumiaki Tanaka, 8 Ryu Holani, 7 Michael Leitch (c), 6 Hendrik Tui, 5 Justin Ives, 4 Luke Thompson, 3 Kensuke Hatakeyama, 2 Shota Horie, 1 Masataka Mikami.

Suplentes: 16 Hisateru Hirashima, 17 Takeshi Kizu, 18 Hiroshi Yamashita, 19 Kazuhiku Mizami, 20 Hayden Hopgood, 21 Atsushi Hiwasa, 22 Craig Wing, 23 Yoshikazu Fujita.

 

World XV

Tries: Naiyaravoro (3) e Ellis (2)

Conversões: Barnes (3) e Harris (1)

Penais: Barnes (4)

15 James O’Connor, 14 Taqele Naiyaravoro, 13 Ben Tapuai, 12 Christian Lealiifano, 11 Nick Cummins, 10 Berrick Barnes, 9 Andy Ellis, 8 Pierre Spies, 7 Liam Gill, 6 Adam Thomson, 5 Bakkies Botha (c), 4 Ali Williams, 3 Carl Hayman, 2 Andrew Hore, 1 Benn Robinson.

Suplentes: 16 Tolu Latu, 17 Ben Alexander, 18 Petrus du Plessis, 19 Luke Jones, 20 Sean McMahon, 21 Luke Burgess, 22 Mike Harris, 23 Dom Shipperley.

 

 

Romênia empata com clube da segunda divisão inglesa

A Romênia também retomou seus trabalhos de olho na Copa do Mundo indo à Inglaterra para enfrentar o Yorkshire Carnegie, antigamente chamado de Leeds, que encerrou a última temporada da segunda divisão inglesa em sexto lugar. A partida terminou em empate de 10 x 10, com os romenos caindo de rendimento na segunda etapa. A Romênia volta a campo no dia 21 contra o Edinburgh, equipe escocesa do PRO12.

 

Yorkshire_Carnegie_Rugby_logo10versus(16)10romênia

Yorkshire Carnegie 10 x 10 Romênia, em Leeds

 

Comentários