ARTIGO COM VÍDEOS – O Guinness PRO14, a Liga “Celta-Italiana-Sul-Africana”, voltou a contar nesse fim de semana com os jogadores das seleções nacionais, já que os amistosos internacionais chegaram ao final. Ou melhor, quase. Os times galeses seguiram sem seus atletas da seleção de Gales, que jogou com a África do Sul no sábado, e isso resultou em derrotas para quase todos eles. Os Scarlets sucumbiram na África do Sul diante dos Cheetahs; o Cardiff caiu contra o melhor time da temporada, o Glasgow Warriors; e os Ospreys seguiram com a pior campanha de sua história vencedora caindo contra o Munster. Apenas o Dragons pontuou, com um empate.

Os Scarlets não resistiram à viagem a Bloemfontein e caíram contra os Cheetahs por 28 x 21. A ponta Craig Berry foi o destaque com 2 tries para os sul-africanos, voando em campo. O resultado, manteve os Cheetahs na zona de classificação ao mata-mata, enquanto os Scarlets ainda são líderes da Conferência B.

O melhor time da liga é sem dúvida o Glasgow, da Escócia, que chegou à sua 10ª vitória em 10 jogos ao atropelar o Cardiff Blues, 40 x 16, com 6 tries a 1. O resultado afastou os Blues dos Cheetahs na luta pelo mata-mata.

O rugby escocês está mesmo em alta e o Edinburgh segue firme na perseguição ao Ulster para entrar na zona do mata-mata. Os escoceses foram à África do Sul e voltaram da viagem com vitória sobre os Kings por 48 x 21, em jogo que teve Hidalgo-Clyne brilhando com 3 tries (hat-trick), todos marcados nos 10 minutos derradeiros para assegurar a vitória de Edinburgh.

Leinster e Munster seguem fortes como vice líderes de seus grupos. Ambos curiosamente venceram pelo menos plcar: 36 x 10. O Leinster superou na Itália o Treviso, enquanto o Munster, jogando em Cork, despachou o decadente Ospreys.


Ulster e Connacht, por outro lado, foram os irlandeses que só tiveram o que lamentar. O Ulster apenas empatou em 32 x 32 em Gales com os Dragons, graças a um try do australiano Leali’ifano já com o tempo esgotado. Enquanto isso, o Connacht caiu na Itália contra o Zebre, 24 x 10, provando a evolução das zebras.


Guinness PRO14 – Liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul

Kings 21 x 48 Edinburgh

- Continua depois da publicidade -

Dragons 32 x 32 Ulster

Glasgow Warriors 40 x 16 Cardiff Blues

Zebre 24 x 10 Connacht

Treviso 10 x 36 Leinster

Munster 36 x 10 Ospreys

Cheetahs 28 x 21 Scarlets

ClubePaísCidadeJogosPontos
Grupo A
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow1358
MunsterIrlandaLimerick/Cork1343
CheetahsÁfrica do SulBloemfontein1235
Cardiff BluesGalesCardiff1325
ConnachtIrlandaGalway1324
OspreysGalesSwansea1321
ZebreItáliaParma1317
Grupo B
ScarletsGalesLlanelli1353
LeinsterIrlandaDublin1351
UlsterIrlandaBelfast1340
EdinburghEscóciaEdimburgo1337
Benetton TrevisoItáliaTreviso1329
DragonsGalesNewport1314
KingsÁfrica do SulPorto Elizabeth124
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1ºs colocados de cada grupo = classificação direto às Semifinais e à Champions Cup;
- 2ºs e 3ºs lugares de cada grupo - classificação à Repescagem para as Semifinais e à Champions Cup;
- 4ºs colocados - repescagem pela Champions Cup;
- Nota: as equipes sul-africanas não podem se classificar à Champions Cup;

 

Eccellenza italiano segue dominado por Calvisanopor Giorgio Vuerich

Uma vitória clara era esperada pelos campeões italianos do Calvisano sobre o Lazio, e assim foi. Um 54×10, o que não deixa espaço para muita discussão. No entanto, os romanos pareciam preocupar os anfitriões, pelo menos no início, com com o try de Cicchinelli. Mas aos 17′ Morelli virou com try para a Lazio. De fato, logo depois o drop goal de Ceballos colocou os romanos na frente, 10 x 07, mas conter o poder ofensivo dos Lombardos era difícil e as chuva de treis caiu, com Tuivati, antes do intervalo, Susio, Lucchin, Mortali, D’Onofrio, Fischetti e Balocchi marcando e mantendo o Calvisano no topo da tabela.

Em Florença, os “Bersaglieri” de Rovigo colocaram as coisas em claro na primeira metade com 3 tries (Majstorovic, Odiete e Cioffi), contra o único try toscano marcado por Boccardo. Na segunda metade, um penal try atribuído aos convidados e um duplo try pelo Boccardo fecharam o placar 18×31 para o Rovigo.

Em Padova, o Petrarca fez uma grande primeira etapa contra Viadana, marcando 3 tries com Vannozzi, Fadalti e Rossi, mas o mesmo Fadalti não converte nem um. Os lombardos se mantiveram focados e encostaram com um try de Caila (15×10). Na volta do vestiário, o pé de Rojas e o try de Finco viraram o jogo para o Viadana (15-20), mas não durou muito, porque Vannozzi marcou o seu segundo try aos 56′. 22×20 pelos “Patavini”.

Em Roma, Fiamme Oro-San Donà foi um jogo que valia a luta pela quarta vaga no playoff. A nova contratação dos “policiais” Junior Ngaluafe (da Nova Zelândia) fez imediatamente a diferença para os romanos, que graças aos dois tries da ponta neozelandesa no primeiro tempo e aos pontapés de Roden abriram vantagem. Na segunda metade, vemio try de Fragnito, e a reação dos “sandonatesi”, mas o jogo acxabou em 27 x 21 para o Fiamme Oro.

Em Reggio Emilia não houve disputa. Mogliano seguiu ainda lanterna e sem vitórias, caindo contra o Reggio. Os anfitriões sofreram apenas na abertura com oo try vêneto de Visentin, mas depois os “Devils” deslancharam e ganharam por 34×14. Tries de Panunzi, no primeiro tempo, Visagie, Jordan Suniula, Du Preez, Ferrarini no segundo tempo, enquanto o try de Maso, em favor dos visitantes, serviu apenas para definir o resultado final.

 

eccellenza logo novo

Eccellenza – Campeonato Italiano

Fiamme Oro 27 x 21 San Donà

I Medicei 18 x 31 Rovigo

Petrarca Padova 22 x 20 Viadana

Calvisano 54 x 10 Lazio

Reggio 34 x 14 Mogliano

ClubeCidadeJogosPontos
CalvisanoCalvisano1044
RovigoRovigo1041
Petrarca Padova1037
Fiamme OroRoma1032
San DonàSan Donà1029
ViadanaViadana1026
I MediceiFlorença1017
ReggioReggio Emilia1010
LazioRoma106
MoglianoMogliano104
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
- 1º ao 4º lugares - classificação às Semifinais;

*Não haverá rebaixamento, pois o Eccellenza será expandido para 12 clubes em 2018-19

 

Foto: Cheetahs x Scarlets – PRO14/Inpho