Tempo de leitura: 3 minutos

ARTIGO COM VÍDEOS – A Copa do Mundo Feminina acabou em grande estilo no sábado passado, com a Nova Zelândia erguendo seu quinto título em oito edições da competição e mantendo o tabu de nunca ter perdido para a Inglaterra em uma Copa do Mundo Feminina.

Agora, vamos passar a limpo quem foi destaque no Mundial!

 

- Continua depois da publicidade -

O time dos sonhos

O World Rugby elegeu seu “dream team” da Copa do Mundo no domingo. A entidade, no entanto, elegeu apenas 5 atletas da Nova Zelândia, sendo 3 da Inglaterra, 3 da França, 2 dos Estados Unidos, 1 do Canadá e 1 do Japão.

 


Quem liderou as estatísticas?

No topo das estatísticas, as Black Ferns também provaram nos números que são as melhores do momento. Portia Woodman bateu recorde mundial, marcando nada menos que 13 tries no torneio e 65 pontos. As neozelandesas ficaram no topo nos dois quesitos, marcando 299 pontos e 49 tries ao todo. Curiosamente, as Black Ferns foram o time que mais cartões amarelos recebidos, 6.

Vamos a um Top 3 de várias estatísticas:

 

Pontos

Por time: 1 Nova Zelândia (299), Canadá (213), 3 Inglaterra (211);

Por jogadora: 1 Portia Woodman/Nova Zelândia (65), 2 Kendra Cocksedge/Nova Zelândia (62), 3 Emilly Scarratt/Inglaterra (56);

 

Tries

Por time: 1 Nova Zelândia (49), 2 Canadá (34), 3 Inglaterra (33);

Por jogadora: 1 Portia Woodman/Nova Zelândia (13), 2 Elisa Alarie/Canadá (6), Magali Harvey/Canadá (6) e Selica Winiata/Nova Zelândia (6);

 

Tackles

Por time: 1 Japão (1002), 2 Espanha (943), 3 Itália (942);

Por jogadora: 1 Maria Ribera/Espanha (117), 2 Diana Gasso/Espanha (114), 3 Yuki Sue/Japão (109);

 

Linhas quebradas

Por time: 1 Austrália (456), 2 Canadá (392), 3 Inglaterra (355);

Por jogadora: 1 Grace Hamilton/Austrália (65), 2 Liz Patu/Austrália (54), 3 Hilisha Samoa/Austrália (52);

 

Metros ganhos

Por time: 1 Canadá (3881), 2 Nova Zelândia (3510), 3 França (3113);

Por jogadora: 1 Portia Woodman/Nova Zelândia (648), 2 Manuela Furlan/Itália (545), 3 Naya Tapper/EUA (503);

 

Melhores defesas

Por time: 1 França (45), 2 Canadá (60), 3 Nova Zelândia (61);

 

Turnovers ganhos

Por time: 1 Itália (49), 2 Espanha (47), 3 Austrália (44);

 

Laterais roubados

Por time: 1 Nova Zelândia (8), 2 Inglaterra (6), Irlanda (6), Espanha (6) e Itália (6);

 

Offloads

Por time: 1 Canadá (94), 2 Espanha (72), 3 França (71);

 

Cartões amarelos

Por time (mais recebidos): 1 Nova Zelândia (6), 2 Austrália (5), 3 França (4) e Gales (4);

Por time (menos recebidos): 1 Inglaterra (0) e Japão (0), 3 Hong Kong (1), Espanha (1) e Itália (1);

Nenhuma atleta recebeu mais que 1 amarelo no torneio;

 

Cartões vermelhos

Apenas 1, de Makiko Tomita, do Japão;

 

Drop goals

Nenhum ao longo do torneio!

 

Melhores tries

 

Classificação final do torneio

1 Nova Zelândia, 2 Inglaterra, 3 França, 4 Estados Unidos, 5 Canadá, 6 Austrália, 7 Gales, 8 Irlanda, 9 Itália, 10 Espanha, 11 Japão, 12 Hong Kong;

 

Ranking Mundial do XV Feminino

Top 20 no dia 28/08

1 Nova Zelândia, 2 Inglaterra, 3 França, 4 Canadá, 5 Estados Unidos, 6 Austrália, 7 Gales, 8 Itália, 9 Irlanda, 10 Espanha, 11 Samoa, 12 Escócia, 13 África do Sul, 14 Holanda, 15 Portugal, 16 Japão, 17 Cazaquistão, 18 Suécia, 19 Rússia, 20 Alemanha;

Foto: World Rugby