O mercado em Gales, Irlanda, Escócia e Itália: o PRO12 em movimento

Na semana que vem, será dada a largada para a edição 2016-17 do PRO12, a Liga Ítalo-Celta, a terceira maior liga europeia, que reúne equipes de Irlanda, Gales, Escócia e Itália. A competição vive um momento delicado, pois com o crescimento financeiro da Premiership inglesa e do Top 14 francês o PRO12 vem perdendo atletas e sua capacidade de competir na busca por craques de calibre internacional, já que oferece salários menores. Na temporada passada, foi alarmante para irlandeses, galeses, escoceses e italianos o fato de nenhum time do PRO12 ter alcançado as quartas de final da Copa Europeia.

 

Ainda assim, a temporada 2016-17 trouxe bons nomes à competição. Os retorno galeses Bradley Davies – deixando o Wasps para jogar pelos Ospreys – e Jonathan Davies ao país – reforçando o Scarlets (foto), onde já havia jogado até 2014 – e a chegada de um número promissor de atletas do Hemisfério Sul empolgaram o torcedor do PRO12. Desembarcaram nas nações celtas, os neozelandeses Charles Piutau (ex Wasps, agora no Ulster), Corey Flynn (ex Toulouse, agora no Glasgow), Willis Halaholo (ex Hurricanes, agora Cardiff) e Johnny McNicholl (ex Crusaders, agora Scarlets), os sul-africanos Marcell Coetzee (ex Sharks, agora Ulster), Jaco Taute (ex Stormers, agora Munster), Werner Kruger (ex Bulls, agora Scarlets), Marnitz Boshoff (ex Lions, agora Connacht), os fijianos Viliame Mata (ex seleção de sevens, agora Edinburgh) e Nemia Kenatale (que deixou o rugby romeno para jogar no Glasgow) e o namibiano Tijuee Uanivi (ex Sharks, agora Glasgow), além dos neozelandeses Marty Banks (ex Highlanders), que tentará a sorte na Itália, no Treviso, e Jurt Baker (ex seleção de sevens), no Zebre.

 

Entre as perdas, as saídas dos galeses Faletau, do Dragons para o Bath, da Inglaterra, e Aarom Jarvis, do Ospreys para o Clermont, da França, do irlandês Ian Madigan para o Bordeaux, da França, e do neozelandês Ben Te’o para o Worcester, da Inglaterra, foram as mais sentidas.

 

Confira a lista de principais contratações dos times do PRO12.

 

Cardiff Blues

Gales

Chegaram: Nick Williams (neozelandês, Ulster), Mathew Morgan (galês, Bristol/Inglaterra), Steven Shingler (galês, Scarlets), Willis Halaholo (neozelandês, Hurricanes/Nova Zelândia);

Saíram: Rhys Patchell (galês, Scarlets), Tom Williams (galês, Scarlets), Manoa Vosawai (italiano, Vannes/2ª divisão da França), Lou Reed (galês, Sale Sharks/Inglaterra),
Craig Mitchell (galês, Dragons), Sam Hobbs (galês, Dragons);

 

Connacht

Irlanda

Chegaram: Eoin Griffin (irlandês, London Irish/Inglaterra), Marnitz Boshoff (sul-africano, Lions/África do Sul), Cian Kelleher (irlandês, Leinster), Lewis Stevenson (irlandês, Exeter Chiefs/Inglaterra);

Saíram: AJ MacGinty (estadunidense, Sale Sharks/Inglaterra), Rodney Ah You (irlandês, Ulster), Robbie Henshaw (irlandês, Leinster), Aly Muldowney (irlandês, Grenoble/França), Apirana Pewhairangi (neozelandês, London Broncos/Inglaterra/Rugby League), George Naoupu (neozelandês, Harlequins/Inglaterra), Jason Harris-Wright (irlandês, London Irish/2ª divisão da Inglaterra);

 

Dragons

Gales

Chegaram: Craig Mitchell (galês, Cardiff), Sam Hobbs (galês, Cardiff), Sam Bear (neozelandês, Edinburgh/Escócia), Patrick Howard (sul-africano, Northampton/Inglaterra),

Saíram: Talupe Faletau (galês, Bath/Inglaterra), Jason Toovey (galês, Edinburgh/Escócia), Andrew Coombs (galês, aposentado)

 

Edinburgh

Escócia

Chegaram: Duncan Weir (escocês, Glasgow), Glenn Bryce (escocês, Glasgow), Kevin Bryce (escocês, Glasgow), Viliame Mata (fijiano, Fiji Sevens – seleção fijiana de sevens), Viliami Fihaki (tonganês, Sale Sharks/Inglaterra), Jason Toovey (galês, Dragons), Junior Rasolea (australiano, Force/Austrália);

Saíram: Matt Scott (escocês, Gloucester/Inglaterra), Sam Beard (neozelandês, Dragons), Greig Tonks (escocês, London Irish/2ª divisão da Inglaterra), Mike Coman (neozelandês, London Irish/2ª divisão da Inglaterra), John Andress (irlandês, Munster), Alex Toolis (australiano, Rebels/Austrália), Andries Strauss (sul-africano, aposentado)

 

Glasgow Warriors

Escócia

Chegaram: Corey Flynn (neozelandês, Toulouse/França), Leonardo Sarto (italiano, Zebre), Nemia Kenatale (fijiano, Farul Constanta/Romênia), Rory Clegg (inglês, Oyonnax/França), Tijuee Uanivi (namibiano, Sharks/África do Sul), Djustice Sears-Duru (canadense, Ontario Blues/Canadá);

Saíram: Duncan Weir (escocês, Edinburgh), Glenn Bryce (escocês, Edinburgh), Kevin Bryce (escocês, Edinburgh), Leone Nakarawa (fijiano, Racing/França), Taqele Naiyaravoro (australiano, Waratahs/Austrália), Tyrone Holmes (escocês, Newcastle/Inglaterra), Jerry Yanuyanutawa (fijiano, liberado), Shalva Mamukashvili (georgiano, liberado), Mike Blair (escocês, aposentado);

 

Leinster

Irlanda

Chegaram: Robbie Henshaw (irlandês, Connacht), Ian Nagle (irlandês, London Irish/2ª divisão da Inglaterra), Niall Morris (irlandês, Leicester Tigers/Inglaterra), Jamison Gibson-Park (neozelandês, Hurricanes/Nova Zelândia);

Saíram: Ben Te’o (neozelandês, Worcester/Inglaterra), Ian Madigan (irlandês, Bordeaux/França), Cian Kelleher (irlandês, Connacht), Isaac Boss (irlandês, Waikato/Nova Zelândia – Mitre 10 Cup), Mick McGrath (irlandês, Ireland Sevens – seleção de sevens da Irlanda), Eoin Reddan (irlandês, aposentado), Luke Fitzgerald (irlandês, aposentado);

 

Munster

Irlanda

Chegaram: Jaco Taute (sul-africano, Stormers/África do Sul), Jean Kleyn (sul-africano, Stormers/África do Sul), Sam Arnold (irlandês, Ulster), John Andress (irlandês, Edinburgh);

Saíram: BJ Botha (sul-africano, liberado), Gerhard van den Heever (sul-africano, liberado);

 

Ospreys

Gales

Chegaram: Bradley Davies (galês, Wasps), Rhodri Jones (galês, Scarlets), Kieron Fonotia (neozelandês, Crusaders/Nova Zelândia), Robert McCusker (galês, London Irish/2ª divisão da Inglaterra);

Saíram: Aaron Jarvis (galês, Clermont/França), Ryan Bevington (galês, Bristol/Inglaterra), JJ Engelbrecht (sul-africano, liberado);

 

Scarlets

Gales

Chegaram: Jonathan Davies (galês, Clermont/França), Rhys Patchell (galês, Cardiff), Werner Kruger (sul-africano, Bulls/África do Sul), Jonathan Evans (galês, Bath/Inglaterra), Jonny McNicholl (neozelandês, Crusaders/Nova Zelândia), Tom Williams (galês, Cardiff);

Saíram:

 

Treviso

Itália

Chegaram: Marty Banks (neozelandês, Highlanders/Nova Zelândia), Michael Tagicakibau (fijiano, Scarlets), Tommaso Allan (italiano, Perpignan/2ª divisão da França), Tommaso Benvenuti (italiano, Bristol/Inglaterra), Tito Tebaldi (italiano, Harlequins/Inglaterra), David Odiete (italiano, Mogliano – Eccellenza), Tiziano Pasquali (italiano, Leicester Tigers/Inglaterra);

Saíram: Salesi Manu (australiano, Honda Heat/Japão), Sam Christie (neozelandês, Waikato/Nova Zelândia – Mitre 10 Cup), Chris Smylie (neozelandês, North Harbour/Nova Zelândia – Mitre 10 Cup), Tom Palmer (inglês, liberado), Ludovico Nitoglia (italiano, aposentado);

 

Ulster

Irlanda

Chegaram: Charles Piutau (neozelandês, Wasps/Inglaterra), Marcell Coetzee (sul-africano, Sharks/África do Sul), Rodney Ah You (irlandês, Connacht), Kieran Treadwell (inglês, Harlequins/Inglaterra);

Saíram: Nick Williams (neozelandês, Cardiff), Sam Arnold (irlandês, Munster), Ian Humphreys (irlandês, aposentado), Willie Faloon (irlandês, liberado);

 

Zebre

Itália

Chegaram: Kurt Baker (neozelandês, New Zealand Sevens – seleção neozelandesa de sevens), Joshua Furno (italiano, Newcastle/Inglaterra), Carlo Festuccia (italiano, Wasps/Inglaterra), Giovanbattista Venditti (italiano, Newcastle/Inglaterra), Mattia Bellini (italiano, Petrarca Padova – Eccellenza), Lloyd Greef (sul-africano, Golden Lions – Currie Cup), Derick Minnie (sul-africano, Golden Lions – Currie Cup), Bart Le Roux (sul-africano, Leopards – Currie Cup);

Saíram: Leonardo Sarto (italiano, Glasgow), Mirco Bergamasco (italiano, Sacramento/EUA), Filippo Ferrarini (italiano, Ohio/EUA), Mils Muliaina (neozelandês, San Diego/EUA), Paul Derbyshire (italiano, San Donà – Eccellenza), Giulio Toniolatti (italiano, Lazio – Eccellenza), Gonzalo Garcia (italiano, Cahors/3ª divisão da França), Kelly Haimona (neozelandês, Bay of Plenty/Nova Zelândia – Mitre 10 Cup), Marco Bortolami (italiano, aposentado), Luke Burgess (australiano, aposentado).

 

Comentários