Oyonnax e Agen são rebaixados no Top 14

ARTIGO COM VÍDEOS – O Top 14 francês conheceu seus dois rebaixados com faltando ainda três rodadas para o encerramento da temporada regular. No último fim de semana, o Oyonnax (13º) foi batido em Paris pelo Stade Français (12º), enquanto o Agen (14º) foi atropelado fora de casa pelo Toulouse (5º) e tiveram seus rebaixamentos matematicamente decretados.

 

Na parte de cima da tabela, o Clermont  (1º) continua a reinar absoluto, batendo fora de casa o Pau (11º), enquanto o Montpellier (2º) viajou ao atlântico e teve sua série de oito vitória seguidas interrompida pelo La Rochelle (8º). O Toulon (3º), ainda sonhando com uma vaga direto nas semifinais, bateu em casa o Castres (7º), que saiu da zona de classificação ao mata-mata para dar lugar ao Bordeaux (6º), triunfante nos Alpes diante do abatido Grenoble (10º). Na partida mais morna da rodada, o Brive (9º), com pequenas pretensões, bateu em casa o Racing (4º), que usou seu time reserva, poupando os titulares para a grande final da Champions Cup europeia, que acontece no próximo sábado.

 

Clermont consolida liderança

O time de amarelo segue cada vez mais líder batendo fora de casa o Section Paloise por 16 a 10. Apesar do placar magro o jogo foi um dos melhores da rodada, com duas equipes apresentando um rugby ofensivo e uma defesa dinâmica. Os visitantes começaram voando anotando dois tries em 12 minutos, com os pontas Nicholas Abendanon e Noa Nakaitaci. Os donos da casa, recuperados do susto inicial se recuperariam marcando com o ponta Watisoni Votu e garantindo emoção até o final. O Pau, que começou o ano como forte candidato ao rebaixamento, comemora a permanecia no Top 14 e viaja a Paris para enfrentar o Racing. O Clermont que tudo indica tem a vaga garantida nas semifinais  recebe o Stade Français.

La Rochelle encerra série histórica do Montpellier

O Montpellier, que não perdia a oito jogos, não conseguiu manter a série histórica sendo batido fora de casa por 36 a 10 pelo La Rochelle, em jogo que o time do Mediterrâneo optou por poupar nomes importantes de seu elenco, já pensando na grande final da Challenge Cup europeia na próxima sexta-feira.

 

Os atlânticos ainda não perderam em seus domínios esse campeonato, freando a incrível ascensão do Montpellier, com direito a ponto bônus ofensivo.  Marcaram para os donos da casa o asa Zeno kieft, o scrum-half Enrico Januarie, o segunda linha reserva Leandro Cedaro, e o ponta Gabriel Lacroix. O try de honra dos visitantes foi marcado pelo hooker Mickael Ivaldi. A vitória mantém vivo o sonho dos atlânticos de uma vaga nas finais, a equipe agora viaja com a dura missão de bater o Castres e conquistar a primeira vitória fora de casa do campeonato. A derrota não altera a situação do Montpellier, que não pode se abater com o fim da série invicta, a equipe volta para casa enfrentar o Bordeaux, precisando da vitória para garantir uma vaga direto nas semis.

Toulon mostra que sabe jogar duro

O Toulon ainda sonha com uma vaga direta para as semifinais dando um passo importante nesse final de semana ao bater, em casa, o Castres por 17 a 7. A forte chuva que caiu durante a partida tornou o tradicional jogo técnico da equipe impraticável, nesse cenário adverso o time da Provença precisou do jogo de base apostando na força de seus forwards, que mostraram que quando é necessário sabem jogar feio. Os donos da casa superaram os visitantes por dois tries a um anotando com o ponta Josua Tuisova e o segundo centro Ma’a Nonu enquanto o Castres marcou com o centro Thomas Combezou. O Toulon viaja agora para enfrentar o já rebaixado Agen enquanto o Castres, fora da zona de classificação recebe o La Rochelle.

 

Bordeaux segue vivo na luta pelas finais

O Union Bordeaux-Bègles viajou até os Alpes e não teve dificuldades para bater o desinteressado Grenoble, que cumpre tabela, por 20 a 15. Os visitantes começaram a partida com um ritmo intenso, colocando a bola no chão com os pontas Adam Ashley Cooper  e Sofiane Guitoune. O placar só não foi mais elástico pela melhora dos donos da casa no fim do jogo anotando duas vezes com ponta reserva Armand Battle e dando alguma emoção ao final da partida. O Grenoble segue cumprindo tabela e viaja para enfrentar outro time que também aguarda o fim da competição , o Brive. O Bordeaux mostra que vai brigar até o final e se mantém na estrada para enfrentar o Montpellier.

Toulouse com a classificação encaminhada

Os occitanos receberam o desesperado Agen, que precisava vencer para se manter no Top 14 e não tomaram conhecimento do adversário, vencendo por 52 a 19. A partida teve apenas uma equipe em campo, com os donos da casa anotando com o scrum-half  Sébastien Bézy, o centro Gaël Fickou (duas vezes), o ponta Vicent Clerc, o oitavo Louis Picamoles, o hooker Corey Flinn e o asa reserva Gillian Gallan (duas vezes). O Agen ainda conseguiu anotar três vezes, com o segundo centro  Johann Sadie e os ponta Tamaz Mchedlidze e  Ilaitia Lekaiwala Tagotago. O Toulouse agora viaja para enfrentar o já rebaixado Oyonnax. O sonho do Agen durou apenas uma temporada, a equipe volta à Pro D2 sem ter conseguido em nenhum momento igualar o ritmo das equipes mais tradicionais e experientes, o time volta para casa enfrentar o Toulon.

 

Stade Français vence partida do medo

Campões temporada passada os parisienses viriam o desempenho do time despencar nessa edição do Top 14 com a equipe flertando com o rebaixamento desde o início. A agonia porém chega ao fim, com o time batendo, em Paris,  por incríveis 69 a 8, o Oyonnax, rebaixado antecipadamente junto com o Agen.  A partida assumiu ares de final, com uma derrota dos donos da casa complicando a situação da equipe, o time de rosa porém, não decepcionou, dominado o jogo do início ao fim anotando 10 tries, com o asa Jonathon Ross, o centro Jonathan Danty, o abertura Jules Plisson, o ponta Waisea Nayacalevu (duas vezes), o segunda linha Hugh Pyle (duas vezes), o scrum half reserva Julien Tomas e o ponta reserva Hugo Bonneval. O try de honra do Oyonnax foi marcado pelo ponta Uwanakoro Tawalo.

 

A vitória oferece um alívio após temporada melancólica para uma das equipes mais tradicionais da França, que só não teve consequências mais graves devido ao desempenho horroroso dos rebaixados deste ano. O SF precisa se reformular urgentemente, a equipe agora viaja para enfrentar o Clermont. A derrota põe fim a três anos no Top 14 do pequeno Oyonnax, que com um dos menores orçamento, vinha jogando um rugby espetacular, baseado no conjunto e na dedicação de seus atletas, que o levou o time ano passado as finais e a Champions Cup. Uma série de decisão administrativas ruins, incluindo a de jogar em um campo sintético, que prejudicou o forte jogo de forwards da equipe, prejudicaram a temporada da equipe que agora volta ao Pro D2 e precisa se reerguer, o time volta para casa enfrentar o Toulouse.

 

Brive vence jogo bem disputado

A partida em que o Brive recebeu o Racing tinha tudo para ser um dos jogos mais mornos da rodada, com os donos da casa apenas cumprindo tabela enquanto os parisienses só tem olhos para a final da copa europeia no próximo final de semana, porém que se viu foi um duelo muito emocionante com os donos da casa vencendo por 33 a 27. As equipes empataram em tries com o ponta Guillaume Namy, o segunda linha Johan Snyman e o oitavo Sisaro datu Koyamaibole anotando para os donos da casa e o hooker Camille Chat e o ponta Marc Andreu.  Na próxima rodada o Brive recebe o Grenoble enquanto o Racing volta para casa enfrentar o Pau.

Bayonne garante vaga no mata-mata final da Pro D2

Na segunda divisão, a antepenúltima rodada coroou a campanha do Bayonne, que segue firme em sua busca pelo retorno ao Top 14 ao vencer por 48 x 26 o Albi e assegurar matematicamente sua classificação aos playoffs, destinados às equipes classificadas entre o segundo e o quinto lugares. Com a vitória, os bascos não podem mais serem ultrapassados pelo sexto colocado Perpignan.

 

Destaque também para a entrada do Colomiers na zona de classificação ao mata-mata final. O vice campeão europeu de 1999 derrotou fora de casa o Montauban por 23 x 20 e se beneficiou da derrota por 19 x 6 do Perpignan diante do Aurillac para assumir a quinta posição da competição.

 

Decisões na terceira divisão

Enquanto isso, a Fédérale 1, a terceira divisão, iniciava nesse fim de semana as disputas de suas semifinais, cujos vencedores serão promovidos à Pro D2. Nos jogos de ida, o Vannes, da Bretanha, venceu fora de casa o Massy, da Grande Paris, por 32 x 31, enquanto o Soyaux-Angouleme bateu também fora de seus domínios o Bourg-en-Bresse por 22 x 17. Os mesmos confrontos se repetirão com mandos invertidos no próximo dia 15.

 

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Grenoble 14 x 20 Bordeaux

Stade Français 69 x 08 Oyonnax

La Rochelle 36 x 10 Montpellier

Pau 10 x 16 Clermont

Brive 33 x 27 Racing

Toulouse 52 x 19 Agen

Toulon 17 x 07 Castres

 

ClubeCidadeJogosPontos
ClermontClermont-Ferrand2688
ToulonToulon2682
MontpellierMontpellier2681
RacingParis2681
ToulouseToulouse2679
CastresCastres2671
Union Bordeaux-BèglesBordeaux2667
BriveBrive2662
La RochelleLa Rochelle2654
GrenobleGrenoble2647
PauPau2646
Stade FrançaisParis2641
AgenAgen2626
OyonnaxOyonnax2624

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

Pro D2 novo 2012

Pro D2 – 2ª Divisão do Campeonato Francês

Aurillac 19 x 06 Perpignan

Bourgoin 19 x 22 Béziers

Bayonne 48 x 26 Albi

Provence 24 x 08 Tarbes

Carcassonne 26 x 20 Narbonne

Lyon 61 x 31 Biarritz

Montauban 20 x 23 Colomiers

Dax 16 x 40 Mont de Marsan

 

ClubeCidadeJogosPontos
LyonLyon30117
BayonneBayonne3086
AurillacAurillac3081
Mont-de-MarsanMont-de-Marsan3078
ColomiersColomiers3078
BéziersBéziers3077
PerpignanPerpignan3073
BiarritzBiarritz3064
Bourgoin*Bourgoin-Jallieu3062
AlbiAlbi3062
NarbonneNarbonne3060
MontaubanMontauban3058
Tarbes*Tarbes3053
CarcassonneCarcassonne3049
DaxDax3048
ProvenceAix-en-Provence3046
*Tarbes e Bourgoin penalizados com rebaixamento por problemas financeiros

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento


 

Escrito por: Diego Gutierrez

Comentários