ARTIGO COM VÍDEOS – Hora de um giro pelo Campeonato Japonês de rugby!

 

O Yamaha Júbilo reencontrou os Steelers enquanto Sungoliath e Wild Knights continuam imbatíveis

A equipe de Goromaru recebeu o Kobelco Steelers no Ecopa Stadium, Shizuoka. Após 20 minutos do persistente 0 a 0, Andrew Ellis efetuou o primeiro try do time visitante. Nos últimos 7 minutos do primeiro tempo foram 3 tries, Horie pelos azuis e Yasui e Shomen ampliaram paro Kobelco.

- Continua depois da publicidade -

Na segunda etapa, o amarelo de Duke Krishnan aos 5 minutos culminou no try do Kobelco Steelers, Shohei Maekawa. Os azuis de Iwata reagiram marcando mais dois tries, porém foi muito pouco para a aproximação no marcador. Ainda houve tempo para os vermelhos de Kobe deixarem mais 10 pontos oriundos de tries marcados por Shomem e Ellis. Placar Final: Kobelco 38 a 19.


 

“Queda” no rendimento dos Wild Knights e a partida de 90 pontos

Com boa atuação do meia australiano Berrick Barnes, o Panasonic Wild Knights venceu os Arcs por 39 a 12. é a primeira vez que os azuis de Gunma vencem por menos de 40 pontos nesta temporada, mas ainda continua sendo a equipe que conquistou 100% dos pontos possíveis, com todas as vitórias bonificadas.

Foram 13 tries marcados no encontro dos Spears e Verblitz no acanhado estádio de Shibata. Os Spears, após perderem de 50 a 40, amargam a lanterna do grupo A. Os verdes seguem rumo a classificação, distanciando dos Liners que venceram fora de casa os Blues de Munakata por 24 a 18.


 

Vitória recorde do Sungoliath e os jogos dos desesperados

Os amarelos de Tóquio ainda fazem parte do seleto trio invicto da competição. A sexta conquista veio com o maior aproveitamento até aqui. O placar de 69 a 7 contra os Red Hurricanes dificultou o time vermelho para o acesso a classificação, pois o saldo de pontos ante o primeiro dentro do g-4 é de 71 negativos.

Os tries amarelos foram marcados por: Shinnosuke Kakinaga, Kosei Ono, Kotaro Matsushima, Hendrik Tui, Shunta Nakamura, Daishi Murata, Jordan Smiler, George Smith, Shota Emi, Derek Carpenter e Takaaki Nakazuru. O único vermelho foi de Sashida, logo no início do certame.

Lupus, Eagles e Rams conquistaram importantes vitórias contra Shuttles, Coca-Cola e Rockets, respectivamente. Para o alívio das águias de Tóquio, que agora ocupam o sexto lugar do grupo B, a derrota dos Rockets contra os Black Rams por 29 a 3, ainda dá um fio de esperança na classificação destas equipes.


 

Novidades nos Sunwolves

Os lobos da terra do sol nascente movem suas primeiras peças para a próxima temporada do Super Rugby. Jamie Joseph assume como treinador da equipe. Keita Inagaki, Ed Quirk, Yu Tamura e Harumichi Tatekawa prolongaram seus contratos e continuam no plantel. O ponta Akihito Yamada, destaque da seleção e do Panasonic Wild Knights volta ao time após uma temporada ausente, considerado assim uma contratação importante.

 

Top League copy copy

Top League – Campeonato Japonês

Black Rams 29 x 03 Green Rockets

Brave Lupus 19 x 17 Shuttles

Spears 40 x 50 Verblitz

Sungoliath 69 x 07 Red Hurricanes

Shining Arcs 12 x 39 Wild Knights

Blues 18 x 24 Liners

Eagles 33 x 29 Red Sparks

Jubilo 19 x 38 Steelers

ClubePrefeituraJogosPontos
Grupo A
Suntory SungoliathTóquio938
Kobelco SteelersKobe929
Toyota VerblitzToyota927
Toshiba Brave LupusTóquio924
NTT Shining ArcsChiba923
NTT-Docomo Red HurricanesOsaka917
Kubota SpearsChiba914
Kintetsu LinersOsaka913
Grupo B
Panasonic Wild KnightsGunma944
Yamaha JubiloShizuoka935
Ricoh Black RamsTóquio929
NEC Green RocketsChiba921
Canon EaglesTóquio913
Toyota Industries ShuttlesNagoya97
Munakata Sanix BluesMunakata 96
Coca-Cola West Red SparksFukuoka92
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1º ao 4º lugares de cada grupo = Finais

 

Foto: Kenji Demura