Espanha vence Rússia e se classificada ao Rio 2016 também no feminino!

ARTIGO COM VÍDEO – O rugby vive seu auge na Espanha! Depois da Seleção Espanhola Masculina chocar o mundo se classificando para o Rio 2016 e dois dias após Barcelona receber o maior público da história do rugby mundial entre clubes com a final do Top 14 francês no Camp Nou, foi a vez da Seleção Espanhola Feminina se superar e assegurar sua classificação ao Rio 2016, em final emocionante na Irlanda contra a favorita Rússia (que terminou a Série Mundial Feminina acima da Espanha), 19 x 12, com direito a mais lágrimas das Leonas, que não se deixaram ficar atrás do rugby masculino.

m,

Com a classificação da Espanha, todos os participantes do rugby do Rio 2016 são já conhecidos. Os grupos serão em breve confirmados.

 

O torneio Pré-Olímpico de Dublin este fim de semana também valeu como classificatório para a Série Mundial de Sevens Feminina 2016-17. A Irlanda reteve seu status de seleção central do circuito ao garantir o terceiro lugar, com vitória sobre o Cazaquistão na decisão da vaga, 17 x 05.

 

Torneio sem zebras

Como esperado, o Pré Olímpico Feminino foi bem distinto do masculino quanto ao equilíbrio. As diferenças entre as seleções de alto rendimento, como Espanha, Rússia e Irlanda, para as demais foram evidentes e zebras não foram registradas. As representantes sul-americanas, Argentina e Venezuela, não foram capazes de competir contra as favoritas e ficou claro que a região tem ainda muito a evoluir.

 

A Rússia passeou no Grupo A, passando facilmente por Madagascar, Zimbábue e Samoa, sempre superando a marca dos 40 pontos e não sofrendo pontos. Samoa, mais experiente que as demais, avançou com o segundo lugar. Já no Grupo B foi a Espanha que voou baixo e também saiu avançou sem ceder pontos, atropelando México, Venezuela e Tunísia. As tunisianas, com experiência de Copa do Mundo de Sevens, despacharam as venezuelanas.

 

No Grupo C, quem festejou foi a Irlanda, seleção da casa, que teve oposição mais desafiadora em Portugal e China, mas avançou com vitória sólida sobre as portugueses e triunfo apertado (12 x 0) contra as chinesas. A China cumpriu com o esperado e eliminou a aguerrida equipe de Portugal. Por fim, no Grupo D, a Argentina não resistiu à força física do Cazaquistão, de longa história na Copa do Mundo Feminina de XV, e caiu na primeira partida por largos 36 x 5. Las Pumas ainda deram a volta por cima, venceram Hong Kong por emocionantes 17 x 15 e conseguiram a classificação.

 

Espanha inabalável

As quartas de final foram emblemáticas sobre o desnível do torneio. Rússia, Espanha, Irlanda e Cazaquistão fizeram valer o favoritismo e venceram sem ceder pontos.  As russas bateram as argentinas por 34 x 0, as espanholas passaram pela China por 21 x 0, as irlandesas bateram as tunisianas por 38 x 0 e as cazaques despacharam as samoanas por 26 x 0.

 

Os grandes duelos estavam reservados para as semifinais. E a Rússia deu dor de cabeça às anfitriãs, batendo a Irlanda por 19 x 10, com tries de Guzeva, Kazakova e Zdrokova. As irlandesas tentaram a reação no fim, mas as russas seguraram a vantagem e explodiram em alegria com o apito final. Depois, foi a vez da Espanha encarar o time muito físico do Cazaquistão, que “tackleou” forte, mas não segurou a velocidade das Leonas, que venceram de novo sem levar pontos, 28 x 0.

 

Com Rússia e Espanha na final e já garantidas como seleções centrais da Série Mundial, a vaga no circuito da próxima temporada foi decidida entre Irlanda e Cazaquistão. As cazaques impuseram dificuldades, mas a Irlanda, como esperado, emergiu vitoriosa por 17 x 5 revalidando sua condição no cenário internacional. 17 x 5.

 

A final, por sua vez, foi de grande emoção. Estimuladas pela vitória do masculino na semana passada, as espanholas impuseram grande velocidade nos primeiros minutos e abriram 12 x 0 sobre uma atônita Rússia, que não entrara na devida sintonia. Apenas na última bola antes do intervalo a Rússia reduziu, com arrancada de Bobkova desde o campo de defesa. O jogo pegou fogo na segunda etapa e Barbara Pla fez o try que se provou decisivo para as Leonas. As russas não desistiram e descontaram novamente com Bobkova, mas a Espanha controlou a bola no fim e impediu a Rússia de fazer o try salvador. Festa espanhola na Irlanda, a Espanha venceu, 19 x 12, e está no Rio 2016 em dose dupla. Talvez o momento mais importante da história do rugby espanhol.

 

womens repechage

Pré Olímpico Feminino – em Dublin, Irlanda

Grupo A: Rússia, Samoa, Zimbábue e Madagascar

Grupo B: Espanha, México, Venezuela e Tunísia

Grupo C: Irlanda, China, Portugal e Trinidad e Tobago

Grupo D: Hong Kong, Argentina, Cazaquistão e Ilhas Cook

 

Sábado, dia 25 de junho

Argentina 05 x 36 Cazaquistão

Hong Kong 12 x 12 Ilhas Cook

México 05 x 05 Venezuela

Espanha 38 x 00 Tunísia

Samoa 57 x 05 Zimbábue

Rússia 58 x 00 Madagascar

China 24 x 05 Portugal

Irlanda 51 x 00 Trinidad e Tobago

 

Argentina 17 x 12 Ilhas Cook

Hong Kong 12 x 21 Cazaquistão

México 00 x 22 Tunísia

Espanha 45 x 00 Venezuela

Samoa 22 x 10 Madagascar

Rússia 59 x 00 Zimbábue

C;.hina 34 x 05 Trinidad e Tobago

Irlanda 24 x 12 Portugal

 

Cazaquistão 12 x 05 Ilhas Cook

Hong Kong 15 x 17 Argentina

Venezuela 10 x 17 Tunísia

Espanha 38 x 00 México

Zimbábue 17 x 19 Madagascar

Rússia 47 x 00 Samoa

Portugal 42 x 00 Trinidad e Tobago

Irlanda 12 x 00 China

 

Classificação

Grupo A: 1 Rússia, 2 Samoa, 3 Madagascar, 4 Zimbábue

Grupo B: 1 Espanha, 2 Tunísia, 3 Venezuela, 4 México

Grupo C: 1 Irlanda 2 China 3 Portugal, 4 Trinidad e Tobago

Grupo D: 1 Cazaquistão, 2 Argentina, 3 Hong Kong, 4 Ilhas Cook

 

Domingo, dia 26 de junho

Quartas de final Bronze

Madagascar 00 x 07 Ilhas Cook

Portugal 29 x 00 México

Hong Kong 20 x 00 Zimbábue

Venezuela 17 x 00 Trinidad e Tobago

 

Quartas de final Ouro

Rússia 34 x 00 Argentina

Irlanda 38 x 00 Tunísia

Cazaquistão 26 x 00 Samoa

Espanha 21 x 00 China

 

Semifinal Estímulo

Madagascar 10 x 00 México

Zimbábue 12 x 05 Trinidad e Tobago

 

Semifinal Bronze

Ilhas Cook 24 x 14 Portugal

Hong Kong 24 x 05 Venezuela

 

Semifinais Prata

Argentina 17 x 07 Tunísia

Samoa 05 x 28 China

 

Semifinais Ouro

Rússia 19 x 10 Irlanda

Cazaquistão 00 x 28 Espanha

 

Final Estímulo

Madagascar 22 x 12 Zimbábue

 

Final Bronze

Ihas Cook 17 x 12 Hong Kong

 

Final Prata

Argentina 00 x 33 China

 

3º lugar – Disputa por vaga na Série Mundial de Sevens 2016-17

Irlanda 17 x 05 Cazaquistão – Irlanda seleção central para 2016-17

 

Final Ouro

Rússia 12 x 19 Espanha – nos Jogos Olímpicos Rio 2016

 

Seleção classificadas para o Torneio Feminino do Rio 2016:

Brasil, Nova Zelândia, Austr    Bretanha, Canadá, Estados Unidos, França, Fiji, Japão, Quênia, Colômbia e Espanha.

Comentários