PRO12 em ação: vai começar a temporada 2015-16 da Liga Ítalo-Celta

A Copa do Mundo pode estar chegando, mas nessa sexta-feira a estreia fica por conta do PRO12, a Liga Ítalo-Celta, ou apenas Liga Celta, que chega à sua 15ª edição. Criada em 2001 para dar a Irlanda, Gales e Escócia uma liga forte o bastante para competir com a Premiership inglesa e o Top 14 francês, a Liga Celta se transformou drasticamente, alterando o número de participantes e se expandindo em 2010 para a Itália, assumindo o nome de PRO12.

 

A competição conta hoje com doze equipes, sendo quatro da Irlanda (representando as províncias históricas), quatro de Gales (representando regiões), duas da Escócia (representando as duas maiores cidades) e duas da Itália (uma franquia federal e um clube), que se enfrentam em turno e returno, totalizando 22 rodadas na temporada regular. Os quatro primeiros colocados avançarão às semifinais, que serão jogadas em maio de 2016. A grande final ainda não tem local definido.

 

Além da luta pelas semifinais, o PRO12 também tem em disputa sete vagas na Champions Cup, europeia, sendo que ao menos uma equipe de cada país deve estar entre os classificados. E uma oitava equipe ainda terá vaga no playoff qualificatório pela última vaga na Champions Cup enfrentando o sétimo colocado da Premiership e o sétimo colocado do Top 14.

 

Em 2014-15, o PRO12 viveu um momento histórico, com o inédito título do Glasgow Warriors, primeiro time escocês a faturar a taça. Nada menos que seis rodadas do PRO12 acontecerão durante a Copa do Mundo, o que significa que as equipes que perderem mais atletas para suas seleções nacionais estarão em desvantagem na largada da competição. Sob condições normais, o favoritismo volta a recair sobre os três gigantes irlandeses, Leinster, Munster e Ulster, e o poderoso galês Ospreys.

 

Benetton_treviso_badge

Benetton Treviso

Cidade, País: Treviso, Itália

Estádio: Stadio Comunale di Monigo (6.700 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 0

2014-15: 11º lugar

2015-16: Sempre cotado para o último lugar, desde que entrou na liga o Treviso jamais termino na última posição e vem sendo o melhor italiano no certame. Sua posição está ameaçada para 2015-16, sobretudo após temporada passada tão pobre. O time do Vêneto trouxe o inglês Tom Palmer, mas perdeu nomes importantes como Campagnaro, Favaro, Derbyshire e Pavanello. Nada animadora a temporada para os Leões alviverdes.

 

Cardiff Blues copiar

Cardiff Blues

Cidade, País: Cardiff, Gales

Estádio: Cardiff Arms Park (12.100 lugares)

Títulos europeus: 1 título da Challenge Cup (2010)

Títulos da Liga Celta/PRO12: 0

2014-15: 10º lugar

2015-16: Grande decepção das últimas temporadas do PRO12, o Cardiff Blues tem como foco seu retorno à Champions Cup. Os azuis da capital galesa mudaram pouco para este ano, repatriando Paul James. Muito pouco para quem quer tirar o pé da lama. O time capitaneado por Sam Warburton tem qualidade, mas pela frente muitos obstáculos a superar se quiser voltar a ser protagonista.

 

Connacht badge

Connacht

Cidade, País: Galway, Irlanda

Estádio: Galway Sportsground (9.500 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 0

2014-15: 7º lugar

2015-16: Sensação recente do PRO12, o Connacht é o primo pobre da Irlanda, sempre na sombra de seus gigantes rivais. Os verdes quase se classificaram à Champions Cup, mas perderam a vaga no playoff contra o Gloucester, que por sua vez caiu diante do Bordeaux. O Connacht teve poucas mudanças em seu elenco, o que significa que muitos de seus jovens valores terão agora mais maturidade e o time novamente deverá brigar no limite da zona de classificação à Champions Cup. Porém, com poucas perdas para a Copa do Mumdo, o Connacht põe fé em um começo forte.

 

Newport_gwent_dragons_badge

Dragons

Cidade, País: Newport, Gales

Estádio: Rodney Parade (11.700 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 0

2014-15: 9º lugar

2015-16: Historicamente o mais fraco entre os galeses na Liga Celta, o time de Newport terminou na frente de Cardiff no ano passado, o que já pode ser considerado um passo adiante. Sem grandes perdas para a Copa do Mundo, o Dragons deposita suas esperanças nesta temporada para voltar a disputar a Champions Cup, o que não ocorre desde 2011 (quando era ainda Heineken Cup). Para tal, o Dragons tem que começar forte e trouxe o sul-africano Sarel Pretorious para ajudar a liderar a equipe.

 

Edinburgh_Rugby_Badge

Edinburgh

Cidade, País: Edimburgo, Escócia

Estádio: Murrayfield Stadium (67.000 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 0

2014-15: 8º lugar

2015-16: Decepção no ano passado, o Edinburgh ficou de fora da zona de classificação à Champions Cup e pouco empolgou. A equipe da capital escocesa perdeu Tim Visser, mas ganhou o terceira linha Nasi Manu, capitão do Highlanders campeão do Super Rugby. Com o neozelandês a frente, os Gunners podem sonhar em voltar à principal copa europeia, porém o início da liga será complicado, com muitos atletas perdidos para a seleção escocesa.

 

glasgow warriors

Glasgow Warriors

Cidade, País: Glasgow, Escócia

Estádio: Scotstoun Stadium (9.700 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 1 (2015)

2014-15: Campeão

2015-16: Brilhante nas duas últimas temporadas, o Glasgow Warriors saiu de coadjuvante da liga a protagonista e se tornou o primeiro time escocês campeão celta. Mas, se é difícil chegar lá, é mais complicado ainda se manter no topo. E os Warriors terão uma grande prova nesta temporada, sobretudo por jogarem com seu time praticamente reserva durante a Copa do Mundo, por ser a base da seleção escocesa. Glasgow ainda perdeu grandes destaques da última temporada, com as saídas de Nikola Matawalu, DTH van der Merwe, Euan Murray e Sean Maitland, além da aposentadoria de Alastair Kellock. A realidade é dura: dificilmente os Warriors serão novamente campeões. Mas, ainda poderão dar trabalho e o objetivo será voltar às semifinais.

 

Leinster_rugby_badge

Leinster

Cidade, País: Dublin

Estádio: RDS Arena (18.500 lugares) e Aviva Stadium (51.700 lugares)

Títulos europeus: 3 títulos da Champions/Heineken Cup (2009, 2011 e 2012) e 1 título da Challenge Cup (2013)

Títulos da Liga Celta/PRO12: 4 (2002, 2008, 2013 e 2014)

2014: 5º lugar

2015: Favorito ao título desta temporada. E não por acaso. O bicho-papão dos últimos anos estará mais forte em 2015-16, depois da perda da hegemonia tanto no PRO12 como na Champions Cup. O motivo são as voltas de Jonny Sexton e Isa Nacewa à equipe como contraponto às sentidas aposentadorias de Gordon D’Arcy e Shane Jennings. O Leinster terá dificuldades no início pelas ausências por conta do Mundial, mas tem tudo para arrancar após a competição. Ex capitão do time campeão europeu, Leo Cullen assumiu o posto de capitão do Leinster e a receita para o sucesso está sendo montada.

 

Munster copy

Munster

Cidade, País: Limerick e Cork, Irlanda

Estádio: Thomond Park (25.600 lugares), Limerick / Irish Independent Park (8.500 lugares)

Títulos europeus: 2 títulos da Champions/Heineken Cup (2006 e 2008)

Títulos da Liga Celta/PRO12: 3 (2003, 2009 e 2011)

2014: Vice-campeão

2015: Ex potência hegemônica da Irlanda, o Munster não vê uma taça desde 2011 e a sede por títulos do Red Army só aumenta. Porém, a perda do capitão Paul O’Connell preocupa o torcedor do Munster. O time voltou às decisões na temporada passada com boas apresentações e segue entre os favoritos ao título, mas as dúvidas pairam sobre Limerick e os vermelhos terão muito a provar neste ano sem seu líder.

 

Ospreys-logo

Ospreys

Cidade, País: Swansea, Gales

Estádio: Liberty Stadium (20.000 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 4 (2005, 2007, 2010 e 2012)

2014: 3º lugar (semifinalista)

2015: Melhor time galês há muito tempo, o Ospreys reafirmou sua condição na última temporada chegando às semifinais e é novamente forte candidato ao mata-mata. A equipe se reforçou moderadamente, com o ex All Black Brendon Leonard e Paul James, mas não sofreu grandes perdas. Passado o momento de incertezas da Copa do Mundo, o Ospreys deverá amadurecer um pouco mais, e o técnico Steve Tandy já provou que sabe bem manejar seu elenco disponível. O Ospreys do capitão Alun Wyn Jones é candidato a título e não deve ser esquecido.

 

scarlets

Scarlets

Cidade, País: Llanelli, Gales

Estádio: Parc y Scarlets (14.800 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 1 (2004)

2014: 6º lugar

2015: Classificado no sufoco à Champions Cup, o Scarlets se consolidou como a segunda força de Gales, apesar de oscilar muito. O time de Llanelli perdeu Rhys Priestland, mas ganhou o matador DTH van der Merwe. A equipe é modesta, mas muito ofensiva e com bons jovens valores. O objetivo desta vez é diminuir a diferença para os ponteiros e brigar para voltar às semifinais. A meta é realista.

 

Ulster copiar

Ulster

Cidade, País: Belfast, Irlanda

Estádio: Kingspan Stadium (18.200 lugares)

Títulos europeus: 1 título da Champions/Heineken Cup (1999)

Títulos da Liga Celta/PRO12: 1 (2006)

2014: 4º lugar (semifinalista)

2015: O Ulster caiu de nível na temporada passada, mas ainda assim jogou as semifinais. O time da Irlanda do Norte flertou intensamente com o título nos últimos anos, mas naufragou em todas as oportunidades. A equipe praticamente está inalterada para a nova temporada do técnico Neil Doak é fazer os White Knights recuperarem a confiança para voltarem a brigar seriamente pelo título. Com menos atletas que Glasgow, Leinster e Munster na seleção, os primeiros jogos poderão render um começo promissor para o Ulster.

 

Zebre copiar

Zebre

Cidade, País: Parma, Itália

Estádio: Stadio XXV Aprile (5.000 lugares)

Títulos europeus: 0

Títulos da Liga Celta/PRO12: 0

2014: 12º lugar

2015: Lanterna de todas as suas três temporada disputados, o Zebre busca em 2015-16 um singelo objetivo: não acabar em último lugar. Ou melhor: terminar na frente do Benetton Treviso e ganhar a vaga italiana na Champions Cup. O time de Parma se reforçou melhor que seu rival e trouxe o ex Wallaby Luke Burgess e o ex All Black Mils Muliaina. Com nomes de peso para liderar o time, as Zebras têm um momento decisivo em sua história para ganharem confiança e aprenderem a vencer mais partidas.

 

Lista de campeões (Liga Celta/PRO12):

1 – Leinster (Irlanda) – 4 títulos

Ospreys (Gales) – 4 títulos

3 – Munster (Irlanda) – 3 títulos + 1 Copa Celta*

4 – Ulster (Irlanda) – 1 título + 1 Copa Celta*

5 – Glasgow Warriors (Escócia) – 1 titulo

Scarlets (Gales) – 1 título

 

*Em 2003-04 e 2004-05 a Copa Celta, em mata-mata, foi disputada como um título a parte

 

Lista de títulos por país

1 – Irlanda – 8 títulos + 2 Copas Celta

2 – Gales – 5 títulos

3 – Escócia – 1 título

 

Foto: ©INPHO

Comentários