ARTIGO COM VÍDEOS – O PRO12, a Liga Ítalo-Celta, segue com apenas uma equipe invicta, o Scarlets, que venceu clássico galês na sexta rodada contra o Dragons. Mas Munster e Glasgow também foram grandes destaques com vitórias maiúsculas sobre Ulster e Ospreys.

 

Apenas um galês vitorioso

O Scarlets recebeu e venceu em Llanelli o Dragons e conquistou uma importante vitória bonificada para seguir bem em sua toada de vitórias. O asa James Davies e o pilar Phil John foram os destaques dos vermelhos, fazendo dois tries cada que garantiram o bônus ofensivo.

- Continua depois da publicidade -

 

Os demais galeses, no entanto, foram mal. O Ospreys sofreu mais uma derrota e segue na rabeira do torneio. Desta vez, o insucesso do gigante de Swansea foi contra os escoceses do Glasgow Warriors, agora já completos. Sean Lamont fez o primeiro try dos atuais campeões no primeiro tempo, mas foram os galeses que foram ao intervalo em vantagem, 9 x 8, com Dan Biggar somando os penais. No segundo tempo, os Warriors deslancharam, com Peterson, Allan e Naiyaravoro fazendo os tries da vitória por 31 x 19.

 

O Cardiff Blues, por sua vez, lamentou derrota para o fraco Zebre, da Itália, em Parma. 26 x 15, com direito a quatro tries, sendo dois do sul-africano Dries van Schalkwyk, incluindo o último try, no apagar das luzes, que deu ao Zebre sua primeira vitória bonificada na história.

 



 

Trunfos para três irlandeses

Na Irlanda, o clássico da rodada opôs Munster e Ulster e terminou com grande vitória do time do sul da ilha. 32 x 28 empolgantes, em pleno Halloween. Em contra-ataque, Craig Gilroy fez o primeiro try do Ulster, mas Andrew Conway respondeu c0m try para o Munster. Gilroy, na ponta cega, guardou mais um try para os norte-irlandeses, mas Copeland aproveitou a falha da defesa do Ulster e deu o troco. Três minutos depois, o ponta Van den Heever fez mais um try deixando o Munster em vantagem. Mas, antes do intervalo, o eletrizante primeiro tempo se encerrou com try de maul do Ulster. Hurley abriu a segunda etapa com o quatro try do Munster, com Hurley, e Zebo ainda guardou mais um. Contudo, tinha mais do Ulster, que cruzou o in-goal com Tuohy. Porém, faltou ainda um último try e a virada branca não veio. Munster 32 x 28.

 

O irlandês que está melhor na tabela é, inesperadamente, o Connacht, vice-líder do PRO12, graças a uma suada vitória sobre o Edinburgh. 14 x 9, com Tiernan O’Halloran fazendo o único try no jogo para os irlandês, ainda no primeiro tempo.

 

Por fim, o Leinster fez o esperado e bateu fora de casa o lanterna Treviso, 27 x 3, com tries de Nacewa, McGrath, Conan e Te’o.

 



 

Rovigo lidera Eccellenza italiano – por Giorgio Vuerich

A quarta rodada começou na sexta-feira passada com a vitória difícil do San Donà sobre o Lyons em Piacenza: 20 x 17 o placar final pro vênetos. No sábado, o Rovigo, líder na tabela, atropelou L’Aquila por 52 x 7. Os anfitriões marcaram o primeiro try (Penal-try) no início do jogo. Depois os Bersaglieri marcaram oito tries.
No clássico lombardo, o Calvisano derrotou Viadana por 36 x 12. O placar foi aberto pelo Calvisano, aos 14′, com try de Beccaris, mas Lombardo empatou aos 17′. Um penal de  Buscema e um try de Susio fecharam o placar em 15 x 5 no intervalo. Na segunda etapa, os tries de  Minozzi, Giovanchelli e um penal-try levaram o marcador a 36 x 5. Nos acréscimos, Viadana descontou. 36 x 12 no final.
Tudo fácil para o Mogliano que ganhou por 40 x 5 da Lazio. O primeiro tempo foi fechado em 29 x 0, com um penal-try seguido pelos tires de Odiete, Buondonno e Zanon. Na segunda metade, o ataque do Mogliano desenfreado garantiu os tries de Filippucci e Barraud. No final o try romano de Kotzè descontou.
Em Roma,  jogo lutado com o Petrarca ganhando dos Policias do Fiamme Oro, 26 x 10. Apenas um penal-try para os polícias no primeiro tempo, depois de vários penais errados. Mas na segunda metade o “pretos” do Petrarca  fizeram seus tries com Ferraro e Nostran. E Nostram pôs fim a quatro minuto do final com o segundo try dele do dia.
 

 

guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Scarlets 25 x 15 Dragons

Munster 32 x 28 Ulster

Zebre 26 x 15 Cardiff Blues

Connacht 14 x 9 Edinburgh

Glasgow Warriors 31 x 19 Ospreys

Benetton Treviso 3 x 27 Leinster

 

ClubePaísCidadeJogosPontos
LeinsterIrlandaDublin2273
ConnachtIrlandaGalway2273
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow2272
UlsterIrlandaBelfast2269
ScarletsGalesLlanelli2263
MunsterIrlandaLimerick/Cork2263
Cardiff BluesGalesCardiff2256
OspreysGalesSwansea2255
EdinburghEscóciaEdimburgo2254
DragonsGalesNewport2226
ZebreItáliaParma2224
Benetton TrevisoItáliaTreviso2220
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
- 1º ao 4º lugares - classificação às Semifinais e à Champions Cup;
- 5º, 6º e 7º lugares - classificação à Champions Cup;
- Nota: ao menos uma equipe de cada país participará da Champions Cup. Assim, se um país não tiver nenhuma equipe entre os 7 primeiros do PRO12, o melhor time desse país ganhará vaga na Champions Cup e o 7º colocado irá para a fase preliminar da competição europeia.

 

eccellenza logo novo

Campionato di Eccellenza – Campeonato Italiano

Piacenza 17 x 20 San Donà
Rovigo 52 x 7  L’Aquila
Mogliano 40 x 5 Lazio
Fiamme Oro 10 x 26 Petrarca Padova
Calvisano 36 x 12 Viadana
ClubeCidadeJogosPontos
RovigoRovigo1875
CalvisanoCalvisano1872
Petrarca Padova1858
MoglianoMogliano1856
ViadanaViadana1843
San DonàSan Donà1843
Fiamme OroRoma1840
LazioRoma1825
LyonsPiacenza1814
L'AquilaL'Aquila1809
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
- 1º ao 4º lugares - classificação às Semifinais;
- 10º lugar - Rebaixamento

 

Foto: ©INPHO/Kevin Barnes