PRO12: Munster vence clássico, mas é Scarlets quem lidera

ARTIGO COM VÍDEOS – O PRO12, a Liga Ítalo-Celta, segue com apenas uma equipe invicta, o Scarlets, que venceu clássico galês na sexta rodada contra o Dragons. Mas Munster e Glasgow também foram grandes destaques com vitórias maiúsculas sobre Ulster e Ospreys.

 

Apenas um galês vitorioso

O Scarlets recebeu e venceu em Llanelli o Dragons e conquistou uma importante vitória bonificada para seguir bem em sua toada de vitórias. O asa James Davies e o pilar Phil John foram os destaques dos vermelhos, fazendo dois tries cada que garantiram o bônus ofensivo.

 

Os demais galeses, no entanto, foram mal. O Ospreys sofreu mais uma derrota e segue na rabeira do torneio. Desta vez, o insucesso do gigante de Swansea foi contra os escoceses do Glasgow Warriors, agora já completos. Sean Lamont fez o primeiro try dos atuais campeões no primeiro tempo, mas foram os galeses que foram ao intervalo em vantagem, 9 x 8, com Dan Biggar somando os penais. No segundo tempo, os Warriors deslancharam, com Peterson, Allan e Naiyaravoro fazendo os tries da vitória por 31 x 19.

 

O Cardiff Blues, por sua vez, lamentou derrota para o fraco Zebre, da Itália, em Parma. 26 x 15, com direito a quatro tries, sendo dois do sul-africano Dries van Schalkwyk, incluindo o último try, no apagar das luzes, que deu ao Zebre sua primeira vitória bonificada na história.

 



 

Trunfos para três irlandeses

Na Irlanda, o clássico da rodada opôs Munster e Ulster e terminou com grande vitória do time do sul da ilha. 32 x 28 empolgantes, em pleno Halloween. Em contra-ataque, Craig Gilroy fez o primeiro try do Ulster, mas Andrew Conway respondeu c0m try para o Munster. Gilroy, na ponta cega, guardou mais um try para os norte-irlandeses, mas Copeland aproveitou a falha da defesa do Ulster e deu o troco. Três minutos depois, o ponta Van den Heever fez mais um try deixando o Munster em vantagem. Mas, antes do intervalo, o eletrizante primeiro tempo se encerrou com try de maul do Ulster. Hurley abriu a segunda etapa com o quatro try do Munster, com Hurley, e Zebo ainda guardou mais um. Contudo, tinha mais do Ulster, que cruzou o in-goal com Tuohy. Porém, faltou ainda um último try e a virada branca não veio. Munster 32 x 28.

 

O irlandês que está melhor na tabela é, inesperadamente, o Connacht, vice-líder do PRO12, graças a uma suada vitória sobre o Edinburgh. 14 x 9, com Tiernan O’Halloran fazendo o único try no jogo para os irlandês, ainda no primeiro tempo.

 

Por fim, o Leinster fez o esperado e bateu fora de casa o lanterna Treviso, 27 x 3, com tries de Nacewa, McGrath, Conan e Te’o.

 



 

Rovigo lidera Eccellenza italiano – por Giorgio Vuerich

A quarta rodada começou na sexta-feira passada com a vitória difícil do San Donà sobre o Lyons em Piacenza: 20 x 17 o placar final pro vênetos. No sábado, o Rovigo, líder na tabela, atropelou L’Aquila por 52 x 7. Os anfitriões marcaram o primeiro try (Penal-try) no início do jogo. Depois os Bersaglieri marcaram oito tries.
No clássico lombardo, o Calvisano derrotou Viadana por 36 x 12. O placar foi aberto pelo Calvisano, aos 14′, com try de Beccaris, mas Lombardo empatou aos 17′. Um penal de  Buscema e um try de Susio fecharam o placar em 15 x 5 no intervalo. Na segunda etapa, os tries de  Minozzi, Giovanchelli e um penal-try levaram o marcador a 36 x 5. Nos acréscimos, Viadana descontou. 36 x 12 no final.
Tudo fácil para o Mogliano que ganhou por 40 x 5 da Lazio. O primeiro tempo foi fechado em 29 x 0, com um penal-try seguido pelos tires de Odiete, Buondonno e Zanon. Na segunda metade, o ataque do Mogliano desenfreado garantiu os tries de Filippucci e Barraud. No final o try romano de Kotzè descontou.
Em Roma,  jogo lutado com o Petrarca ganhando dos Policias do Fiamme Oro, 26 x 10. Apenas um penal-try para os polícias no primeiro tempo, depois de vários penais errados. Mas na segunda metade o “pretos” do Petrarca  fizeram seus tries com Ferraro e Nostran. E Nostram pôs fim a quatro minuto do final com o segundo try dele do dia.
 

 

guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Scarlets 25 x 15 Dragons

Munster 32 x 28 Ulster

Zebre 26 x 15 Cardiff Blues

Connacht 14 x 9 Edinburgh

Glasgow Warriors 31 x 19 Ospreys

Benetton Treviso 3 x 27 Leinster

 

Clube País Cidade Jogos Pontos
Leinster Irlanda Dublin 22 73
Connacht Irlanda Galway 22 73
Glasgow Warriors Escócia Glasgow 22 72
Ulster Irlanda Belfast 22 69
Scarlets Gales Llanelli 22 63
Munster Irlanda Limerick/Cork 22 63
Cardiff Blues Gales Cardiff 22 56
Ospreys Gales Swansea 22 55
Edinburgh Escócia Edimburgo 22 54
Dragons Gales Newport 22 26
Zebre Itália Parma 22 24
Benetton Treviso Itália Treviso 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º, 6º e 7º lugares – classificação à Champions Cup;
– Nota: ao menos uma equipe de cada país participará da Champions Cup. Assim, se um país não tiver nenhuma equipe entre os 7 primeiros do PRO12, o melhor time desse país ganhará vaga na Champions Cup e o 7º colocado irá para a fase preliminar da competição europeia.

 

eccellenza logo novo

Campionato di Eccellenza – Campeonato Italiano

Piacenza 17 x 20 San Donà
Rovigo 52 x 7  L’Aquila
Mogliano 40 x 5 Lazio
Fiamme Oro 10 x 26 Petrarca Padova
Calvisano 36 x 12 Viadana
Clube Cidade Jogos Pontos
Rovigo Rovigo 18 75
Calvisano Calvisano 18 72
Petrarca Padova 18 58
Mogliano Mogliano 18 56
Viadana Viadana 18 43
San Donà San Donà 18 43
Fiamme Oro Roma 18 40
Lazio Roma 18 25
Lyons Piacenza 18 14
L’Aquila L’Aquila 18 09

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais;
– 10º lugar – Rebaixamento

 

Foto: ©INPHO/Kevin Barnes

Comentários