ARTIGO COM VÍDEOS – Uma nova “era” está começando? Para muita gente, sim. Na sexta-feira teve seu pontapé inicial o remodelado Guinness PRO14, a competição que agora conta com os dois times sul-africanos excluídos do Super Rugby, Cheetahs e Kings, que, a partir de agora, jogando contra irlandeses, galeses, escoceses e italianos.

Mas, após um período de férias curto demais, Cheetahs e Kings já sabem que a temporada inaugural do PRO14 será complicada. Na primeira viagem à Europa, ambos foram atropelados. Primeiro, o Cheetahs visitou o Ulster, na Irlanda do Norte, e caiu por 42 x 19. O primeiro try do jogo foi sul-africano, com Blommetjies, mas os irlandeses voaram depois, com Bowe, O’Connor, McCloskey, Piutau, Ludik e Nelson marcando os tries da vitória. Já os Kings foram a Gales e pegaram os atuais campeões Scarlets, que mostraram sua força vencendo por 57 x 10. Um desempenho fenomenal dos vermelhos de Llanelli, com 8 tries, incluindo um de Leigh Halfpenny, voltando a jogar em seu país.


Entre os favoritos, Leinster e Munster também venceram bem. O Leinster aplicou 39 x 16 fora de casa sobre os Dragons, dominando as ações. Tries de Gibson-Park, Larmour, Leavy, Marsh e um penal try. O Munster, por sua vez, não teve problemas para fazer 34 x 03 sobre os italianos do Benetton Treviso. Foram 6 tries não respondidos para os irlandeses, com destaque para 2 de Jean Kleyn

- Continua depois da publicidade -

O fim de semana foi bom para os escoceses, com Glasgow Warriors e Edinburgh vencendo fora de casa. Glasgow foi à Irlanda e fez 18 x 12 no Connacht, com Ali Price e Lee Jones marcando os tries da vitória. Enquanto isso, Edinburgh foi a Gales e venceu o sempre decepcionante Cardiff Blues por 20 x 10. O fullback Blair Kinghorn fez o primeiro try escocês, respondido por Navidi para os Blues. O try da vitória dos Gunners saiu no segundo tempo com o centro Chris Dean.

Por fim, o Ospreys sofreu para vencer o fraco Zebre, deixando um alerta em sua torcida. Apenas 22 x 13 em casa, sem bônus ofensivo, com apenas 3 tries, sendo 2 de Keelan Giles. Carlo Canna fez o try do aguerrido time de Parma.

 

Guinness PRO14 – Liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul

Connacht 12 x 18 Glasgow Warriors

Scarlets 57 x 10 Kings

Dragons 16 x 39 Leinster

Ospreys 22 x 13 Zebre

Munster 34 x 03 Treviso

Ulster 42 x 19 Cheetahs

Cardiff Blues 10 x 20 Edinburgh

 

ClubePaísCidadeJogosPontos
Grupo A
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow2075
MunsterIrlandaLimerick/Cork2067
CheetahsÁfrica do SulBloemfontein2058
Cardiff BluesGalesCardiff2053
OspreysGalesSwansea2040
ConnachtIrlandaGalway2034
ZebreItáliaParma2032
Grupo B
LeinsterIrlandaDublin2070
ScarletsGalesLlanelli2065
EdinburghEscóciaEdimburgo2064
UlsterIrlandaBelfast2060
Benetton TrevisoItáliaTreviso2054
DragonsGalesNewport2020
KingsÁfrica do SulPorto Elizabeth2011
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1ºs colocados de cada grupo = classificação direto às Semifinais e à Champions Cup;
- 2ºs e 3ºs lugares de cada grupo - classificação à Repescagem para as Semifinais e à Champions Cup;
- 4ºs colocados - repescagem pela Champions Cup;
- Nota: as equipes sul-africanas não podem se classificar à Champions Cup;

 

Foto: Ulster x Cheetahs – PRO14