Racing cai em casa e Toulon assume a liderança do Top 14 francês

ARTIGO COM VÍDEOS – A chuva caiu sobre quase toda a França nesse fim de semana e contribuiu para uma das deixar os jogos do Top 14 ainda mais emocionantes. A rodada foi negra para os parisienses, com Racing (2º) e Stade Français (11º) sendo batidos em casa por Castres (7º) e Grenoble (9º) respectivamente. Melhor para o Toulon (1º), que atropelou em seus domínios o Brive (8º) para assumir a liderança e ainda viu Toulouse (5º) ser derrotado em casa pelo Montpellier (6º). O Clermont (3º), depois de três derrotas, voltou a vencer em casa superando o lanterna Oyonnax (14º), enquanto o Bordeaux (4º) conquistou uma importante vitória na estrada ao bater o Pau (12º), consolidando-se entre os melhores. Na parte de baixo da tabela, o Agen (13º) ganhou um novo fôlego batendo em casa o La Rochelle (10º).

 

Toulon domina clima para assumir a liderança

Os fãs do Brive poderiam pensar que a chuva torrencial que caia em Toulon prejudicaria o jogo técnico dos donos da casa, dando aos visitantes a chance de uma vitória histórica. Os bicampeões da Europa, porém mostraram que é preciso muito mais para prejudicar seu rugby, vencendo por 44 a 15, marcando seis tries. Em meio ao dilúvio que se abatia na Provence o Toulon abriu o placar em um penal try, com os pontas Josua Tuisova e Drew Mitchell, o fullback Delon Armitage, o abertura Tom Taylor e o segunda linha Romain Taofifénua pondo a bola no chão. O Brive anotaria com o ponta Benito Masilevu e o hooker François Da Ros. Com o resultado o Toulon assume a liderança da competição, beneficiado pelo tropeço dos rivais, o time agora viaja para enfrentar o La Rochelle, que costuma jogar bem em casa. A derrota atrapalha os planos do Brive, que vê os adversários na luta pela classificação se distanciando, a equipe volta para casa enfrentar o Toulouse.

 

Montpellier vence duelo épico

As partidas entre Toulouse e Montpellier costumam ser espetaculares e essa não foi exceção. Os occitanos eram a ultima equipe invicta em casa da competição e acabaram sendo derrotados por 31 a 29 em uma partida épica, com o Toulouse anotando o ultimo try do jogo oito minutos depois do apito da sirene, com o abertura Jean-Marc Doussain desperdiçando a conversão que daria o empate aos donos da casa. Nesse partida maluca, em meio a chuva forte, anotaram para os donos da casa o ponta Paul Perez, o fullback Luke Macllister e o centro reserva Timoci Matanavou. Responderam para os visitantes o ponta Timoci Nagusa (duas vezes) e o segunda linha Paul Willemse. Com a derrota o Toulouse deixa o Toulon se isolar na liderança o time agora viaja para enfrentar o Brive com a obrigação de fazer um bom jogo. O Montpellier continua com a sina de alternar grandes jogos com desempenhos pífios, na próxima rodada o time recebe o Castres precisando de uma vitória para consolidar o bom momento.

 

Racing tropeça em casa

No topo da tabela e a seis jogos sem perder, o Racing recebeu o Castres e acabou surpreendido pela equipe do interior, sendo derrotado por 13 a 9, cedendo a liderança do campeonato para o Toulon. O time da cidade luz teve um dia para se esquecer, realizando um jogo coletivamente e individualmente ruim. O Castres por outro lado fez uma excelente partida se aproveitando de um try do ponta Julien Caminati para sair de Paris com um vitória fundamental. O Racing não pode desaminar continuando em casa para enfrentar o frágil Agen, em um jogo onde o ponto bônus ofensivo é o mínimo que os parisienses tem de conseguir. O Castres continua na estrada, enfrentado agora o Montpellier.

 

Bordeaux se firma entre os líderes

A equipe da terra dos vinhos, que possui a maior média de público do rugby mundial, vem evoluindo ano a ano, com boas chances de chegar as finais essa temporada. A equipe viajou até Pau aonde conseguiu uma importante vitória, por 15 a 3 diante da Section Paloise, se firmando de vez entre os primeiros colocados. O rugby, porém, deixou a desejar, com ambas as equipes sendo prejudicas pela chuva, cometendo muitos penais e erros de handling, que levou a um jogo muito truncado e sem tries. O Pau continua em casa para enfrentar o Stade Français enquanto o Bordeaux volta para sua torcida, que vai lotar o estádio para a partida diante do fraco Oyonnax.

 

Stade Français decepciona em casa

Se o rugby apresentado esse ano pelo Stade Français com todas as suas estrelas em campo deixa a desejar, com o time desfalcado se torna um completo desastre. Os parisienses entraram em campo privados de seus principais jogadores, que disputam o Six Nations, e foram atropelados pelo Grenoble, por 33 a 18. Os alpinos dominaram em todos os setores principalmente nos forwards e nas disputas de ruck, entrando no in-goal quatro vezes, com segundo centro Chris Farrell, o hooker Arnaud Héguy (duas vezes) e o asa reserva Rory Grice. Mesmo em uma noite pouco inspirada o SF anotou duas vezes, com o ponta Julien Arias e o hooker Laurent Panis. O resultado praticamente acaba com as chances de classificação da equipe para as finais, que continua na parte de baixo da tabela e desconfortavelmente próxima da zona de rebaixamento, a equipe agora viaja para enfrentar o Section Paloise. Uma vitória em Paris é sempre muito festejada pelas equipes do interior, no caso do Grenoble o resultado mantém o time no meio da tabela, com chances de classificação, a equipe volta para casa enfrentar o Grenoble.

 

Clermont põe fim a seca e volta vencer em casa

Depois de três derrotas seguida em casa, algo impensável para o time que detém o recorde mundial de vitória seguidas em casa, o Clermont finalmente voltou a vencer em seus domínios, batendo o agora lanterna Oyonnax por 44 a16. O jogo teve o domínio total dos donos da casa, fizeram tries para os amarelos o centro Wesley Fofana, o asa Noa Seru Nakaitaci, o fullback Isaia Toeava e o asa Alexandre Lapandry. O try de honra dos visitantes foi marcado pelo asa Valentin Ursache. A vitória restaura a confiança da torcida e da equipe, que agora viaja para enfrentar o Grenoble. A segunda divisão parece cada vez mais próxima para o Oyonnax que continua na estrada, enfrentando na próxima rodada o Bordeaux.

 

Agen vence terceira na temporada

Enquanto a vida a esperança, a torcida do pequeno Agen, que muitos já dão como rebaixado lotou o estádio para apoiar sua equipe, que brindou seus torcedores com uma vitória por 31 a 27 sobre o La Rochelle, a terceira da equipe na competição. Em uma partida completamente maluca os visitantes abriram rapidamente 17 a 0 em um começo de jogo horrível dos donos da casa, o time porém não desaminou e buscou a virada, quase colocando tudo a perder no ultimo minuto quando o time do atlântico esteve muito perto do try e de virar a partida novamente. Anotaram para os donos da casa o pilar Bernard N’Nomo, o segundo centro Johann Sadie e o ponta George Tilsley (duas vezes), do lado dos atlânticos colocaram a bola no chão o segunda linha Romain Sazy e o oitavo Kévin Gourdon. Apesar da vitória a situação do Agen continua desesperadora, o time agora viaja para Paris enfrentar o Racing. A derrota não deixa de ser decepcionante para o La Rochelle, que volta para casa enfrentar o Toulon.

 

Lyon bate Aurillac e é cada vez mais líder da segundona

Na Pro D2, o Lyon encerrou a 20ª rodada da competição – 2/3 já completados – somando nada menos que 18 pontos a mais que o segundo colocado, o Bayonne. Nesta semana, os Lobos alargaram a vantagem ao vencerem o quarto colocado Aurillac por 38 x 3, sem problemas, enquanto o Bayonne não foi capaz de passar com bônus pelo Colomiers, fazendo apenas 16 x 15. Destaques também para as vitórias do Perpignan sobre o Carcassonne e do Biarritz contra o terceiro colocado Béziers fora de casa por 26 x 25, dando vida aos gigantes catalães e bascos.

 

Escrito por: Diego Gutierrez

 

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Toulon 44 x 15 Brive

Stade Français 18 x 33 Grenoble

Agen 31 x 27 La Rochelle

Clermont 44 x 16 Oyonnax

Pau 3 x 15 Bordeaux

Racing 9 x 13 Castres

Toulouse 29 x 31 Montpellier

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Clermont Clermont-Ferrand 26 88
Toulon Toulon 26 82
Montpellier Montpellier 26 81
Racing Paris 26 81
Toulouse Toulouse 26 79
Castres Castres 26 71
Union Bordeaux-Bègles Bordeaux 26 67
Brive Brive 26 62
La Rochelle La Rochelle 26 54
Grenoble Grenoble 26 47
Pau Pau 26 46
Stade Français Paris 26 41
Agen Agen 26 26
Oyonnax Oyonnax 26 24

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

Pro D2 novo 2012

Pro D2 – 2ª Divisão do Campeonato Francês

Lyon 38 x 3 Aurillac

Albi 37 x 36 Tarbes

Béziers 25 x 26 Biarritz

Mont de Marsan 26 x 15 Bourgoin

Provence 23 x 29 Dax

Narbonne 26 x 24 Montauban

Perpignan 40 x 14 Carcassonne

Bayonne 16 x 15 Colomiers

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Lyon Lyon 30 117
Bayonne Bayonne 30 86
Aurillac Aurillac 30 81
Mont-de-Marsan Mont-de-Marsan 30 78
Colomiers Colomiers 30 78
Béziers Béziers 30 77
Perpignan Perpignan 30 73
Biarritz Biarritz 30 64
Bourgoin* Bourgoin-Jallieu 30 62
Albi Albi 30 62
Narbonne Narbonne 30 60
Montauban Montauban 30 58
Tarbes* Tarbes 30 53
Carcassonne Carcassonne 30 49
Dax Dax 30 48
Provence Aix-en-Provence 30 46
*Tarbes e Bourgoin penalizados com rebaixamento por problemas financeiros

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento


 

Foto: Toulon x Brive – Icon Sports

Comentários