Racing e Toulon farão a grande final do Top 14 francês

ARTIGO COM VÍDEOS – A grande final do Top 14 já tem seus participantes: Toulon e Racing venceram seus oponentes, com ambos os jogos sendo disputados em Rennes, um na sexta e outro no sábado. O jogo mais que define o campeão sai excepcionalmente do Stade de France, que está sendo utilizado para a Eurocopa, indo para Barcelona , mais especificamente para o lendário Camp Nou, no que será a primeira final fora do território francês, e a primeira longe de Paris desde 1973. Nas semifinais Racing e Clermont entraram em campo na sexta-feira fazendo um jogo épico decido apenas nos últimos minutos da prorrogação com um try relâmpago garantindo a vitória para os parisienses  por 34 a 33.  O sábado presenciou um jogo menos emocionante com o Toulon vencendo o Montpellier sem dificuldades por 27 a 18.

 

Duelo épico em Rennes

Clermont e Racing fizeram uma partida que será lembrada por muito tempo pelos torcedores franceses, com o time de amarelo sendo derrotado mais uma vez nos utimos minutos  e seguindo sua sina de dominar a fase de grupos para ser desclassificado nas finais. O Racing por outro lado celebra uma vitória épica por 34 a 33.

 

O Clermont começou no ataque abrindo o placar logo aos 4’ com um drop-goal do abertura Camille Lopez, apesar disso o Racing dominou o primeiro tempo anotando três penais  com o abertura Dan Carter, que mais uma vez mostra sua qualidade excepcional, aos 16’, 22’, 25’ e um try , aos 27’ com o segundo centro Johannes Goosen, em uma jogado estranha que começou com um chute que levou a uma disputa de bola dentro do in-goal e terminou com Gossen apenas tocando na bola espirrada, Carter converteu.  O Clermont conseguiria se manter na partida graças a um penal convertido aos 33’ pelo srcum-half Morgan Parra e um try de maul aos 40’ do asa Damien Chouly, não convertido, com as equipes indo para o intervalo com o placar de 13 a 8 para o Racing.

 

O Clermont voltou do vestiário mais empolgado anotando de cara dois penais, aos 2’ e aos 6’ com Lopez. Um erro de marcação aos 7’, porém, atrapalharia o time do interior, com o ponta Joe Rokocoko entrando no in-goal sem dificuldades, Carter não converteria, mas acertaria mais dois penais, aos 10’ e aos 18’. O Clermont  não desistira anotando um penal aos 13’ empatando a partida aos  22’, quando uma bela troca de passes da linha terminou com o centro Wesley Fofana pondo a bola no chão, Lopez converteria fechando o placar em 27 a 27 levando a partida para a prorrogação.

 

Na etapa complementar disputada em dois tempos de 10 minutos o Clermont  jogaria melhor anotando penal aos 7’ do primeiro tempo com o fullback Scott Spending e um drop goal incrível do “meio da rua” de Brock James. Quando tudo parecia decido, e o Racing cometia um erro bobo no line-out dando a bola para o Clermont na linha de 22 de ataque aos 8’ da segunda etapa a maldição do time de amarelo atacou novamente, com Fofana tendo um passe interceptado terminando com um try do ponta Juan Inhoff, convertido por Carter, dando a vitória ao time de Paris por 34 a 33.

cvc julho 2016 horizontal

 

Toulon e mais uma final

Quando Toulon e Montpellier entraram em campo, no sábado, todos em Rennes sabiam que dificilmente a partida superaria a do dia anterior , e o que se viu foi um jogo bem menos emocionante com o time vermelho vencendo por 27 a 18.

 

O primeiro tempo começou com muitos penais e uma batalha feroz nas formações fixas, o fullback Leigh Halfpenny converteu três vezes aos 3’, aos 11’ e aos 19 para o time vermelho e negro, enquanto seu rival o abertura Demetri Catrakilis acertou aos  8’ e aos 14’. A primeiro tempo já se encaminhava para o final, quando a qualidade do Toulon prevaleceu, aos 32’, com uma boa jogada coletiva e uma surpreendente troca de passe que terminou com o ponta Josua Tuisova pondo a bola no chão, sem conversão. A primeira etapa terminaria com o Toulon vencendo por 14 a 6.

 

As chances de vitória do Montpellier sofreiam um grande golpe logo 3’ da segunda etapa quando, depois de uma brilhante jogada de Halfpenny, a bola  terminaria com o segundo centro Ma’a Nonu que atropeloua meio time para entrar no in-goal, Halfpenny converteria e anotaria mais um penal logo depois aos 10’. Praticamente desclassificado o Montpellier se jogaria com tudo no ataque entrando no in-goal aos 14’ com o ponta Jesse Mogg jogando na base do maul, sem conversão, e depois aos 19’, novamente com Mogg interceptando uma bola e terminando dentro do in-goal, Catrakilis converteria. A reação do time azul e branco terminaria aos 24’ em mais um penal convertido por Halfpenny, com o Toulon controlando o resto do jogo para vencer por 27 a 18.

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Semifinais

clermont copy copy33versus(14)34Racing

Clermont 33 x 34 Racing, em Rennes

 

Toulon copy27versus(14)18Montpellier logo novo copy

Toulon 27 x 18 Montpellier, em Rennes

 

Final – sexta-feira, dia 24 de junho

Racingversus(14)Toulon copy

15h45 – Racing x Toulon, em Barcelona (Espanha)

 

*Horários de Brasília

 

Escrito por: Diego Gutierrez

Comentários