Racing se recupera no Top 14 com vitória em clássico de Paris

ARTIGO COM VÍDEOS – O Top 14 continua muito equilibrado, mas com um líder isolado o Clermont (1º) jogou mal em casa, mas conseguiu sair com a vitória diante do Toulouse (6º), em um dos grandes jogos da jornada. No pelotão do meio muitas equipes disputam a vaga nas finais: La Rochelle (2º) e Toulon (4º) ficaram no empate na costa atlântica, enquanto o Montpellier (3º) e o Bordeaux (5º) bateram em casa Castres (10º) e Brive (7º). Na parte de baixo da tabela, o fim de semana teve duelos importantes, com o Grenoble (13º) atropelando o combalido Bayonne (14º) nos Alpes e com o Lyon (9º) superando em casa o Pau (12º). No duelo de Paris, o Racing (8º) levou a melhor sobre o Stade Français (11º)

 

Clermont vence no sufoco

O Clermont precisou de toda sorte para bater em casa o Toulouse por 29 a 25, se defendendo a maior parte do jogo e provando que é possível vencer sendo atropelado no scrum fixo. A equipe amarela contou com muita dedicação e garra defensiva para anotar dois tries que deram a vitória ao time, com o segunda linha Arthur Iturria e o segunda centro Remi Lameratt. O Toulouse perde a melhor chance de vencer em Clermont em muito tempo, o time não ganha há 14 anos na cidade, e se lamenta as chances desperdiçadas, mesmo assim a equipe colocou a bola no chão duas vezes, com o pilar Census Johnston, o segunda linha Iosefa Tekori e um penal try.

 

O Clermont se isola na liderança e mostra que a fase é ótima, porém precisa melhorar seu scrum-fixo, o time sai de casa para enfrentar o Brive. O Toulouse continua na estrada e mede forças com o Pau.

 

Toulon volta para casa com um empate no Atlântico

O La Rochelle segue invicto em casa, mas não conseguiu superar o Toulon, tendo de se contentar com um empate em 17 a 17.  O jogo foi bastante movimentado, com os visitantes conquistando o resultado em um penal depois do apito da sirene, a emoção, porém não se refletiu no nível técnico com os dois time se lançando ao ataque mas com pouca efetividade. O segundo centro Steeve Barry colocou a bola no chão para os donos da casa enquanto o time mais rico da Europa entrou no in-goal com o centro Matthew Carraro.

 

A derrota deixa o La Rochelle mais longe do líder Clermont, que vem jogando muito. Os Atlânticos deixam seus domínios para enfrentar o Montpellier, um concorrente direto a vaga nas finais. O Toulon segue na ascendente tendo chances de atropelar em casa o frágil Grenoble.

 

Bordeaux vence terceira seguida

A equipe da terra dos vinhos comemorou sua terceira vitória seguida, batendo em casa o Brive por 27 a 25. O placar não reflete exatamente o que foi a partida, com os donos da casa dominando em todos os aspectos e anotando dois tries, com os pontas Adam Ashley-Cooper e Blair Connor. Com o jogo nos minutos finais, porém o Bordeaux se descuidou levando dois amarelos, terminando o jogo acuado  com um try do asa reserva Sisa Koyamaibole, que deu aos visitantes um importante ponto bônus.

 

O Bordeaux, apesar do fim de jogo, mostra muita evolução e se mantém na briga pelas primeiras posições, o time tem agora a difícil missão de bater o Castres fora de casa.  O Brive, considerado o andamento da partida, volta para casa com um bom ponto bônus e agora recebe o embalado Clermont.

 

Montpellier se recupera

Depois de sofrer nas mãos do Toulon semana passada o Montpellier voltou para casa e presenteou a torcida com uma boa vitória, por 28 a 19, sobre o Castres. As equipes empataram em tries, com o oitavo Akapusi Qera fazendo para os donos da casa e o ponta Remy Grosso para os visitantes, isso porém não reflete o que foi o jogo, com o Montpellier controlando a partida durante boa parte do tempo, apostando principalmente nos penais. O Montpellier continua em casa recebendo agora o surpreendente La Rochelle enquanto o Castres, que luta na parte de baixo da tabela tenta se recuperar em casa diante do Bordeaux.

 

Racing leva derby de Paris

O grande clássico de Paris deste campeonato, com mando do Racing, foi disputado em um clima de incertezas, do um lado os donos da casa estão as voltas com as acusações de doping das suas principais estrelas, que teriam tido um resultado positivo na final do ano passado, do outro o Stade Français, como no ano passado luta para fugir das ultimas posições. Apesar disso as equipes fizeram um bom jogo, decidido apenas no ultima minuto, com o Racing levando a melhor por 29 a 22. No primeiro tempo os visitantes jogaram melhor anotando com o ponta Julien Arias, e se beneficiando dos muitos penais dos donos da casa, que entraram no in-goal com o ponta Juan Imhoff. A segunda etapa foi similar com o SF administrando a vantagem, até que no ultimo minuto o hooker reserva Camille Chat anotou e deu a vitória para os donos da casa.

 

O Racing respira na competição, mesmo ainda estando na parte de baixo da tabela, e tenta colocar as polêmicas para trás, viajando para enfrentar o desesperado Bayonne. A torcida do Stade Français vê uma reprise da temporada passada, com a equipe muito próxima da zona de rebaixamento,  o time continua em Paris para enfrentar o Lyon.

 

Lyon respira no campeonato

No duelo entre duas equipes que tentam se manter longe do rebaixamento o Lyon levou a melhor batendo em casa o Pau por 27 a 22. O scrum dos visitantes continua a ser sua maior falha cedendo penais e atrapalhando a evolução do jogo. O Lyon se aproveitou disso para anotar um penal try, com o segunda linha Taiasina Tuifua e o scrum-half Frederick Michalak. A Section anotou o de honra com o centro reserva Watisoni Votu.

 

O Lyon respira na tabela de classificação e viaja para Paris enfrentar o Stade Français. A Section Paloise tem um bom time mas os problemas no scrum-fixo começa a custar caro, e precisam ser resolvidos antes da equipe viajar para enfrentar o Toulouse.

 

Grenoble vence duelo do medo

Na partida entre os dois principais candidatos ao rebaixamento o Grenoble levou a melhor atropelando o Bayonne nos alpes por 44 a 16, conquistando ainda seu primeiro ponto bônus ofensivo. Os bascos, mais uma vez muito indisciplinados, não tiveram chances sendo dominados em todos os aspectos do jogo, com os donos da casa anotando cinco tries, com o oitavo Steven Stephano, o centro Nigel Hunt, os pilares Sona Taumalolo e Alexandre Dardet, e o centro reserva Martino Nemani, mais que dobrando o saldo da equipe, que até essa rodada tinha anotado quatro vezes apenas. Os visitantes marcaram o de honra com o scrum-half Emmanuel Saubusse.

 

Apesar da vitória, que tira o time da ultima colocação, a situação do Grenoble continua desesperadora, com a equipe cinco pontos atrás do 13º colocado, o time agora tem a missão quase impossível de bater, fora de casa o Toulon. O Bayonne afunda ainda mais e precisa de um milagre em casa contra o Racing.

 

Perpignan respira na segundona

Na segunda divisão francesa, o tradicional Perpignan respirou na parte de baixo da tabela vencendo o Oyonnax por 23 x 18. Quem segue sofrendo é o Biarritz, que caiu diante do Albi, 27 x 20. A liderança está nas mãos do Agen, que venceu o Aurillac não grande jogo da rodada, 40 x 27.



 

Top 14 logo novo

Top 14 – Campeonato Francês 2016-17

Racing 29 x 22 Stade Français

Montpellier 28 x 19 Castres

Bordeaux 27 x 25 Brive

Grenoble 44 x 16 Bayonne

La Rochelle 17 x 17 Toulon

Lyon 27 x 22 Pau

Clermont 29 x 25 Toulouse

 

ClubeCidadeJogosPontos
ClermontClermont-Ferrand1240
Union Bordeaux-BèglesBordeaux1234
La RochelleLa Rochelle1234
MontpellierMontpellier1232
ToulonToulon1231
CastresCastres1230
RacingParis1230
ToulouseToulouse1228
BriveBrive1227
Stade FrançaisParis1224
Lyon O. U.Lyon1223
PauPau1221
BayonneBayonne1216
GrenobleGrenoble1214

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

prod2

Pro D2 – 2ª Divisão do Campeonato Francês 2016-17

Perpignan 23 x 18 Oyonnax

Montauban 51 x 07 Bourgoin

Carcassonne 10 x 06 Angoulême

Albi 27 x 20 Biarritz

Dax 33 x 27 Vannes

Colomiers 33 x 28 Mont de Marsan

Narbonne 23 x 22 Béziers

Agen 40 x 27 Aurillac

 

ClubeClubeJogosPontos
OyonnaxOyonnax1239
AgenAgen1236
ColomiersColomiers1235
MontaubanMontauban1234
AurillacAurillac1233
Mont-de-MarsanMont-de-Marsan1230
AngoulêmeSoyaux-Angoulême1228
CarcassonneCarcassonne1227
PerpignanPerpignan1227
NarbonneNarbonne1225
DaxDax1224
BiarritzBiarritz1224
VannesVannes1223
BéziersBéziers1220
AlbiAlbi1219
BourgoinBourgoin1213

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento


 

Escrito por: Diego Gutierrez

Foto: Racing 92

Comentários