Rugby League: NRL fecha contrato bilionário e EUA se classifica para o Mundial de 2017

A NRL, o Liga Australiana de Rugby League (o rugby de 13 jogadores), anunciou um contrato bilionário de TV de 1,8 bilhão de dólares australianos (quase 5 bilhões de reais) para as temporadas entre 2018 e 2022, com um aumento de mais de 100 milhões a serem investidos no desenvolvimento do rugby league na Austrália.

 

O novo acordo deverá significar sensíveis aumentos nos salários dos atletas – que podem barrar o êxodo para o rugby union – e o congelamento dos planos de expansão da liga para 18 times, que só poderá ocorrer o mais cedo em 2023.

 

O calendário a ser formado para 2018 suprimirá o tradicional ANZAC Test, o jogo anual entre Austrália e Nova Zelândia, que deixará de ser disputado, dando ênfase aos jogos entre seleções nacionais apenas após o fim da temporada da NRL, com a solidificação do calendário internacional de outubro e novembro.

 

Revelados os grupos e os uniformes do Auckland Nines 2016

Foram revelados também os grupos e os novos uniformes especiais (foto) para o Auckland Nines, torneio de pré-temporada da NRL, que acontecerá nos dias 6 e 7 de fevereiro, no Eden Park, em Auckland, Nova Zelândia. O Nines, ou Nine-a-side, é a mais importante modalidade reduzida do rugby league, jogada em dois tempos de 9 minutos com 9 atletas de cada lado. No torneio, estarão presentes os 16 clubes da NRL, divididos em 4 grupos com 4 equipes cada, e as seleções femininas da Nova Zelândia (Kiwiferns) e Austrália (Jillaroos), que duelam em uma melhor de três partidas.

 

Grupo Hunua: Bulldogs, Sea Eagles, Warriors, Broncos
Grupo Waiheke: Roosters, Rabbitohs, Eels, Storm
Grupo Rangitoto: Knights, Cowboys, Panthers, Wests Tigers
Grupo Piha: Dragons, Raiders, Sharks, Titans

 

Datas também para o All Stars Match e o Mundial de Clubes

Depois do Auckland Nines abrir a temporada 2016 do rugby league da Oceania, a Austrália irá parar no dia 13 de fevereiro para o All Stars Match, o jogo das estrelas, que opõe a tradicional seleção aborígene, o Indigenous All Stars, e agora pela primeira vez o World All Stars, uma nova equipe formada por atletas de Austrália, Nova Zelândia, Inglaterra (com no mínimo quatro jogadores de cada país), França, Fiji, Samoa, Tonga e Papua Nova Guiné que atuam na Austrália. A equipe deverá ter no mínimo um e no máximo dois jogadores de cada um dos times da NRL. A partida acontecerá no Suncorp Stadium, em Brisbane.

 

Na sequência, nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro, terá lugar na Inglaterra o World Club Series, o Mundial de Clubes de Rugby League, com três partidas entre clubes ingleses e australianos, sendo a mais importante a disputa do título mundial entre o campeão da última NRL, o North Queensland Cowboys, e o campeão da Super League europeia, o Leeds Rhinos, da Inglaterra. Ainda se enfrentarão, no dia 19, Sydbey Roosters e St. Helens Saints, e, no dia 20, Brisbane Broncos e Wigan Warriors.

 

A NRL 2016 terá início no dia 3 de março.

 

Estados Unidos na Copa do Mundo de 2017

A Copa do Mundo de Rugby League de 2017 conheceu mais um classificado nesta semana. Jogando em Jacksonville, Flórida, os Hawks carimbaram vaga para seu segundo mundial seguido ao vencerem o Canadá por 34 x 24 no último sábado. Os EUA já tinham superado a Jamaica no fim de semana anterior. Resta somente conhecer os três últimos classificados europeus, a serem definidos em 2016.

 

Zona das Américas – em Jacksonville, EUA

Dia 04/12 – Estados Unidos 20 x 14 Jamaica

Dia 08/12 – Canadá 18 x 18 Jamaica

Dia 12/12 – Estados Unidos 34 x 24 Canadá

 

Classificação final: 1 Estados Unidos (classificado ao Mundial de 2017), 2 Jamaica, 3 Canadá

 

Mal Meninga é o novo técnico dos Kangaroos

Novidade também no comando da seleção australiana de rugby league. Para o próximo ano e já tendo em mente a Copa do Mundo de 2017, a ARL, entidade máxima do rugby league australiano, anunciou a contratação do ídolo Mal Meninga para técnico da seleção. Meninga, um dos maiores jogadores da história da modalidade, foi campeão como técnico do State of Origin por Queensland em 2015 e agora terá a missão de devolver os Kangaroos às górias, após ano marcado por derrota para a Nova Zelândia.

Comentários