Saracens ainda lidera Premiership após boxing weekend

Fim de semana após o Natal, o boxing weekend, teve rodada na Europa. Rodada dos campeonatos nacionais e não foi diferente na Inglaterra: Premiership rolou com rodada completa e equipes saudando suas torcidas logo após as festividades.

 

Bom pra quem torce para o Saracens. Que continua 100% em 7 rodadas da competição. A equipe londrina foi a Coventry enfrentar o Wasps, equipe de antigo derby londrino e se deu bem. Venceu e manteve a liderança. Os Cheifs de Exeter venceram o Sale Sharks com ponto bônus no dia anterior e chegaram a passar uma noite na liderança do campeonato, mas agora estão na vice-liderança, na cola do Saracens. O terceiro colocado é o Leicester que também venceu na rodada, venceu em casa o Newcastle. Os Saints de Northampton foram a Londres e perderam para o London Irish que venceu a primeira partida na competição. E num jogo de 10 tries, um empate fantástico entre Quins e Gloucester.

 

 

Saracens desequilibra o jogo em seu quarto final e vence

 

Saracens foi a Coventry enfrentar seu antigo adversário de derby londrino, o Wasps com a intenção de manter-se na ponta e em 100%. E conseguiu. Não foi fácil. O embate foi equilibrado em quase todo o jogo. Quase sem pontuações, apenas penais. As defesas se saíam melhor que os ataques, mas após os 20 minutos da segunda etapa, a dupla Duncan Taylor e Owen Farrell fizeram a diferença em dois lances, os dois tries da equipe londrina. Um anotado por Taylor e outro, por Farrell após passe de Taylor. Para os Wasps, anotou o try Frank Halai a 4 minutos do fim da partida, quando o placar já estava definido. No mais, os pontos foram anotados por chutes. Placar final: Sarries 26 x 16.

 

 

Exeter vence com ponto bônus e encosta

 

Exeter Chiefs venceu em casa o Sale Sharks e chegou a passar uma noite na liderança da Premiership, liderança perdida no dia seguinte, assim que o líder Saracens venceu novamente.

Jogando firme, o time da casa, os Chiefs, forçaram o tempo todo, mas Dani Cipriani e seus chutes não deram moleza para a equipe da casa e o jogo terminou a primeira etapa empatada em 10, marcando para os Chiefs, Thomas Waldrom e Will Chudley. As equipes voltaram para a segunda etapa e a postura do Exeter foi diferente, forçou mais e buscou mais o jogo de mão e não demorou a Chudley a anotar outro try. O Sale Sharks lutou, mas não impediu dois novos tries da equipe da casa que anotou com James Short e Tom Johnson. Para os visitantes, anotaram Will Addison e Josh Beaumont. Destaque para a constância nas atuações de Thomas Waldrom. Está atuando bem e em breve veremos ele se firmar na seleção inglesa. Placar final: Exeter 33 x 17.

 

 

Leicester vence e se mantém próximo aos líderes

 

Leicester recebeu o Newcastle Falcons e tomou um grande susto: aos 15 minutos de jogo, o time visitante já vencia por 10 x 0 e jogava melhor. Parecia que a equipe mais vencedora da Premiership seria derrotada e perderia sua posição na tabela. Mas a equipe de Leicester, não se abateu e reagiu. Não permitiu que os visitantes pontuassem mais e batalharam por um ponto bônus, que não conseguiram por pouco. Viraram o placar e muito bem. A partir dos 20 minutos do primeiro tempo, dominaram as ações a anotaram seus pontos com tries de Telusa Veainu, Peter Betham e Laurence Pearce. Para os visitantes, anotou try Nili Latu. Placar final: Leicester 22 x 10.

 

 

Empate digno de Twickenham

 

No boxing weekend, é costume o Harlequins mandar seu jogo em Twickenham. Neste ano o adversário foi o Gloucester de Greig Laidlaw e de Billy Twelvetrees. E foi um jogo intenso. Digno do palco. Quins contando sempre com a criatividade de Dani Care e a precisão de Nick Evans nos passes e, principalmente, nos chutes. E a dupla funcionou. Do outro lado, a dupla Laidlaw e James Hook também funcionou. Ambas as duplas fizeram um try (Care para os Quins e Hook para o Gloucester) e marcaram muitos pontos de chutes (Evans e Laidlaw), como era de se esperar. E este equilíbrio regeu a partida que terminou empatada e com ponto bônus para ambas equipes. Além de Care, anotaram tries para os Quins, Marland Yarde, Nick Easter e Ross Chisholm (2). Para o Gloucester, além de Hook, Rob Cook, Jeremy Thrush e Henry Trinder (2). Placar final: empate em 39.

 

 

Bath volta a vencer após duas rodadas com reveses

 

Jogando no Recreation Ground, o Bath voltou a vencer na Premiership nesta rodada. Foram quase dois meses sem vencer na competição. E o re-encontro com a vitória foi diante do Worcester, o time que subiu da segunda divisão nesta temporada. O jogo não foi fácil. Com o placar contrário na maior parte do primeiro tempo, apenas no final da etapa que a virada no placar aconteceu e com muita luta. Já a segunda etapa foi equilibrada e apenas pontos de penais ocorreram. Worcester vendeu caro esta vitória do Bath e para o Bath pode ser o início de uma recuperação necessária, se ainda tem pretensões de disputar o título. Para isso deve deixar as posições intermediárias da tabela de classificação. Para o Bath, anotaram tries Ollie Devoto e Horacio Agulla. Para os visitantes, apenas o try de Cooper Vuna. Placar final: Bath 21 x 14.

 

 

London Irish vence a primeira partida na temporada ao bater os Saints

 

A vitória não poderia vir de maneira mais dramática: após um pênalti-try convertido nos últimos minutos antes do fim da partida. Pontuação que proporcionou a virada no placar a dois minutos do término do jogo.  O time da capital liderou o jogo até os 23 minutos da segunda etapa, quando tomou o terceiro try dos visitantes, mas mesmo assim, lutou bravamente, como vinha lutando para manter o placar. Buscou forças e o pack de forwards brigou e a três minutos do fim, conseguiu um pênalti-try que foi convertido e isso proporcionou a nova virada no placar e a primeira vitória do time da casa na competição. Os tries foram anotados por Luke Narraway e Sean Maitland para os Exiles, além do pênalti-try e para os Saints, anotaram Kan Pisi, George North e Kahn Fotuali’i. Placar final: Exiles 25 x 23.

 

 

Bristol segue firme na ponta da Championship

 

Bristol segue liderando a Championship. Com a vitória acachapaste sobre o London Welsh no boxing weekend por 35 x 0, o Bristol segue firme na liderança. Doncaster e Yorkshire também venceram e seguem na busca do líder, respectivamente em segundo e terceiro lugar no torneio. Bedford  também venceu e completa os quatro primeiros colocados que fariam as semifinais do torneio.

 

 

AvivaPremiershipLogo

Aviva Premiership – Campeonato Inglês

London Irish 25 x 23 Northampton Saints

Exeter Chiefs 33 x 17 Sale Sharks

Leicester Tigers 22 x 10 Newcastle Falcons

Wasps 16 x 26 Saracens

Bath 21 x 14 Worcester Warriors

Harlequins 39 x 39 Gloucester

 

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Saracens Londres 22 80
Exeter Chiefs Exeter 22 74
Wasps Coventry 22 72
Leicester Tigers Leicester 22 65
Northampton Saints Northampton 22 60
Sale Sharks Salford 22 58
Harlequins Londres 22 55
Gloucester Gloucester 22 49
Bath Bath 22 48
Worcester Warriors Worcester 22 35
Newcastle Falcons Newcastle 22 27
London Irish Reading 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º e 6º lugares = classificação à Champions Cup;
– 12º lugar = rebaixamento

 

 

GKIPA Championship

GKIPA Championship – 2a. Divisão Inglesa

Doncaster Knights 26 x 12 Nottingham

Moseley 24 x 31 Bedford Blues

London Scottish 22 x 28 Ealing Trailfinders

Bristol 35 x 0 London Welsh

Cornish Pirates 16 x 10 Jersey

Yorkshire Carnegie 43 x 9 Rotherham Titans

 

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Bristol Bristol 22 95
Doncaster Knights Doncaster 22 79
Yorkshire Carnegie Leeds 22 78
Bedford Blues Bedford 22 64
London Welsh Londres 22 58
Jersey Jersey 22 57
Nottingham Nottingham 22 56
London Scottish Londres 22 49
Cornish Pirates Penzance 22 48
Rotherham Titans Rotherham 22 38
Ealing Trailfinders Londres 22 37
Moseley Birmingham 22 26

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais;
– 12º lugar = rebaixamento

Comentários