Scarlets derrota Munster e segue como o único invicto do PRO12

ARTIGO COM VÍDEOS – A quinta rodada do PRO12, a Liga Ítalo Celta, neste fim de semana foi de disputa pela liderança entre galeses e irlandeses. Com muitos atletas recebendo descanso, o campeonato ainda não está com as equipes atuando com força máxima.

 

Scarlets no topo, mas com Connacht junto

Jogando em Llanelli, o Scarlets se manteve como o único invicto da competição ao vencer o jogo pela ponta contra os irlandeses do Munster. Quem primeiro cruzou o in-goal, na verdade, foram os irlandeses, com Andrew Conway mergulhando no contra-ataque. Com Shingler bem nos penais, o Scarlets foi ao intervalo no páreo, perdendo por apenas 13 x 6. E a virada saiu no segundo tempo, com DTH van der Merwe e Tom Williams cravando dois tries na velocidade. Ian Keatley, contudo, manteve o Munster na busca pela vitória com um drop goal mas, com dois minutos para o fim, Shingler chutou o penal da vitória galesa. 25 x 22.

 

A invencibilidade, entretanto, não foi suficiente para dar a liderança isolada aos vermelhos. O pequeno da Irlanda, o Connacht, conseguiu grande vitória fora de casa sobre o Ospreys para se igualar na pontuação ao Scarlets. Dan Baker abriu o placar com try para os galeses, mas os irlandeses reagiram ainda no primeiro tempo com try de Matt Healy, quando o time da casa tinha um homem a menos. Bundee Aki cravou o segundo try do Connacht após o intervalo, mas o handling galês fez a diferença e Justin Tipuric cravou o segundo try do Ospreys para manter os alvinegros na cola. No fim, Rondaldson chutou o penal da vitória dos visitantes, 21 x 16.

 

Leinster e Ulster vencem

A rodada foi boa para os outros dois irlandeses. O Leinster, jogando em casa, superou o atual campeão Glasgow Warriors, ainda com os dois times desfalcados pelo desgaste de seus grandes nomes na Copa do Mundo, apesar de alguns retornos. 23 x 18 foi o placar para os irlandeses, com Zander Fagerson fazendo o primeiro try dos escoceses. No segundo tempo, Luke McGrath colocou os dublinenses em vantagem, mas Taqele Naiyaravoro respondeu na potência para os Warriors. Porém, o australiano de Glasgow cometeu penal try e os irlandeses garantiram a vitória no fim.

 

O Ulster, por sua vez, passou pelo Cardiff Blues, que não se encontrou até aqui. Vitória por 24 x 17, com quatro tries para os norte-irlandeses e apenas um para os galeses, que se mantiveram no páreo por conta da indisciplina dos donos da casa e pela pontaria de Rhys Patchell, que, para muitos, deveria ter ido para a Copa do Mundo.

 

Zebre conquista primeira vitória

Para os italianos, o fim de semana foi de contrastes. O Benetton Treviso acumulou mais uma derrota, desta vez caindo contra o Dragons, em Gales. 19 x 12, com Nic Cudd fazendo o try solitário do time de Newport.

 

Já o Zebre conquistou sua primeira vitória na temporada, batendo os escoceses do Edinburgh, que vinham bem. 19 x 11 em Parma, com Hamish Watson fazendo o try dos visitantes e o ponta neozelandês Dion Berryman fazendo no segundo tempo o try da vitória italiana.


guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Scarlets 25 x 22 Munster

Dragons 19 x 12 Benetton Treviso

Ulster 24 x 17 Cardiff Blues

Leinster 23 x 18 Glasgow Warriors

Ospreys 16 x 21 Connacht

Zebre 19 x 11 Edinburgh

 

Clube País Cidade Jogos Pontos
Leinster Irlanda Dublin 22 73
Connacht Irlanda Galway 22 73
Glasgow Warriors Escócia Glasgow 22 72
Ulster Irlanda Belfast 22 69
Scarlets Gales Llanelli 22 63
Munster Irlanda Limerick/Cork 22 63
Cardiff Blues Gales Cardiff 22 56
Ospreys Gales Swansea 22 55
Edinburgh Escócia Edimburgo 22 54
Dragons Gales Newport 22 26
Zebre Itália Parma 22 24
Benetton Treviso Itália Treviso 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º, 6º e 7º lugares – classificação à Champions Cup;
– Nota: ao menos uma equipe de cada país participará da Champions Cup. Assim, se um país não tiver nenhuma equipe entre os 7 primeiros do PRO12, o melhor time desse país ganhará vaga na Champions Cup e o 7º colocado irá para a fase preliminar da competição europeia.

 

Petrarca ajuda Rovigo no Eccellenza italiano

Na Itália, a rodada do Eccellenza, o Campeonato Italiano, foi de clássicos, com o Rovigo assumindo a liderança com vitória no dérbi do Vêneto sobre San Donà e com o Petrarca Padova derrubando o Calvisano em jogo parelho. Teve ainda vitória do Viadana sobre o Fiamme Oro em confronto pela parte de cima da tabela.

 

Em breve, mas sobre a rodada italiana.

 

eccellenza logo novo

Campionato di Eccellenza – Campeonato Italiano

Petrarca Padova 12 x 11 Calvisano

L’Aquila 26 x 36 Mogliano

San Donà 16 x 36 Rovigo

Lazio 20 x 16 Lyon Piacenza

Viadana 14 x 5 Fiamme Oro

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Rovigo Rovigo 18 75
Calvisano Calvisano 18 72
Petrarca Padova 18 58
Mogliano Mogliano 18 56
Viadana Viadana 18 43
San Donà San Donà 18 43
Fiamme Oro Roma 18 40
Lazio Roma 18 25
Lyons Piacenza 18 14
L’Aquila L’Aquila 18 09

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais;
– 10º lugar – Rebaixamento

 

Foto: Huw Evans Picture Agency

 

Comentários