ARTIGO COM VÍDEOS – Final da semana com Six Nations Feminino pela Europa! Depois da Copa do Mundo de 2017, Inglaterra, Itália, Irlanda, Gales e França retornam aos gramados, já a Escócia, vem de um ano de jejum, por ter uma participação isolada somente no último torneio das Seis Nações.

Entre os meses de treinamentos, deu para perceber que a Irlanda não superou a má fase já observada. A Inglaterra brilhou, sem dúvida alguma, na primeira rodada. Entretanto, o destaque ficou para o elenco francês.

Na próxima rodada, o sábado terá Inglaterra contra Gales e Escócia versus França, ao passo que Irlanda e Itália duelarão no domingo.

 

- Continua depois da publicidade -

Gales vence Escócia no sofrimento

Gales e Escócia abriram a rodada do Six Nations Feminino na sexta-feira e o jogo foi de tirar o fôlego. As galesas eram as favoritas e começam bem o duelo abrindo 13 x 00 no primeiro tempo, com tries das pontas Kavanagh-Williams e Hannah Bluck.

A Escócia reduziu no começo da segunda etapa com a fullback Chloe Rollie achando o espaço. Mas, quando a centro Kerin Lake marcou o terceiro try das vermelhas, aos 51′, o jogo parecia liquidado. Só parecia. Porque a Escócia reagiu, com Rollie fazendo seu segundo try e com a pilar Jade Konkel marcando um precioso terceiro try azul aos 70′, que deixou o marcador em 18 x 17. Mas, as escocesas não conseguiram os pontos da virada e fim de papo.

 

18versus copiar17

Gales 18 x 17 Escócia, em Colwyn Bay

Gales

Tries: Kavanagh-Williams, Bluke e Lake

Penais: J Evans (1)

15 Jodie Evans, 14 Hannah Bluck, 13 Kerin Lake, 12 Rebecca De Filippo, 11 Jess Kavanagh-Williams, 10 Robyn Wilkins, 9 Jade Knight, 8 Caryl Thomas, 7 Carys Phillips (c), 6 Amy Evans, 5 Natalia John, 4 Mel Clay, 3 Alisha Butchers, 2 Beth Lewis, 1 Siwan Lillicrap;

Suplentes: 16 Kelsey Jones, 17 Gwenllian Pyrs, 18 Cerys Hale, 19 Teleri Davies, 20 Nia Elen Davies, 21 Rhiannon Parker, 22 Lleucu George, 23 Lisa Neumann;

Escócia

Tries: Rollie (2) e Konkel

Conversões: Skeldon (1)

15 Chloe Rollie, 14 Liz Musgrove, 13 Lisa Thomson, 12 Lisa Martin (c), 11 Rhona Lloyd, 10 Helen Nelson, 9 Jenny Maxwell, 8 Sarah Bonar, 7 Louise McMillan, 6 Hannah Smith, 5 Deborah McCormack, 4 Emma Wassell, 3 Megan Kennedy, 2 Rachel Malcolm, 1 Jade Konkel;

Suplentes: 16 Lana Skeldon, 17 Siobhan McMillan, 18 Lindsey Smith, 19 Mags Lowish, 20 Siobhan Cattigan, 21 Jodie Rettie, 22 Sarah Law, 23 Lauren Harris;

 

França se impõe em casa

O jogo mais aguardado da jornada feminina foi no sábado entre França e Irlanda, em solo francês, diante de bom público. As irlandesas não conseguiram se reerguer da má campanha do último Mundial e caíram novamente diante das Bleues, que parecem prontas para lugar com as inglesas pelo título.

O primeiro tempo foi todo francês, com Banet, Le Pesq e Trémoulièrs cruzando o in-goal para abrirem 17 x 00. O try de Le Pesq foi particularmente bonito, com Pauline Bourdon chutando cruzado para Caroline Boujard garantir a posse e entregar para a segundo centro fazer.

Mostrando força no pack e qualidade na linha, a França selou sua vitória no segundo, com Le Pesq novamente cravando o quarto e último try do jogo, que garantiu o bônus ofensivo às Bleues. O placar poderia ter sido maior se a ponta Banet não tivesse sido detida no in-goal no que seria talvez o try mais bonito da rodada. 24 x 00, placar final.

 

24versus copiar00irlanda copy

França 24 x 00 Irlanda, em Toulouse

França

Tries: Le Pesq (2), Banet e Trémoulière

Conversões: Trémoulière (2)

15 Jessy Trémoulière, 14 Caroline Boujard, 13 Jade Le Pesq, 12 Camille Boudaud, 11 Cyrielle Banet, 10 Pauline Bourdon, 9 Yanna Rivoalen, 8 Romane Ménager, 7 Gaelle Hermet (c), 6 Marjorie Mayans, 5 Safi N’Diaye, 4 Celine Ferer, 3 Julie Duval, 2 Agathe Sochat, 1 Lisa Arricastre;

Suplentes: 16 Gaelle Mignot, 17 Dhia Traore, 18 Patricia Carricaburu, 19 Audrey Forlani, 20 Coumba Diallo, 21 Emma Coudert, 22 Gabrielle Vernier, 23 Marine Ménager;

Irlanda

15 Kim Flood, 14 Megan Williams, 13 Claire McLaughlin, 12 Sene Naoupu, 11 Alison Miller, 10 Niamh Briggs, 9 Ailsa Hughes, 8 Lindsay Peat, 7 Cliodhna Moloney, 6 Fiona Reidy, 5 Ciara Cooney, 4 Orla Fitzsimons, 3 Anna Caplice, 2 Claire Molloy, 1 Ciara Griffin (c);

Suplentes: 16 Leah Lyons, 17 Laura Feely, 18 Ciara O’Connor, 19 Nichola Fryday, 20 Paula Fitzpatrick, 21 Mary Healy, 22 Nikki Caughey, 23 Mairead Coyne;

 

Força Inglesa é incomparável

A partida menos equilibrada da primeira rodada? Não no primeiro tempo. A Inglaterra aproveitou para inserir novos nomes em seu elenco oficial e acabou reformulando algumas posições no scrum e na linha. Até abriu o placar com a pilar Sara Bern aos 6′ do primeiro tempo e contou com Katy McClean para conversão. Não se sabe se foi a dificuldade na comunicação, mas o fato é que o ataque vermelho demorou pra encaixar, dando espaço para a azul, Valentina Ruzza atravessar o in-goal. A chutadora já conhecida, Michela Sillari, fez a bola atravessar os paus e converteu, 07 x 07 ao fim dos primeiros 40′.

Ficar atrás da Itália? Para a Inglaterra, jamais. A ferocidade das Red Rose logo apareceu e o placar final não foi nada do quê o começo aparentou: 42 x 07. Poppy Cleall, Abigail Dow e Ellie Kildunne mostraram a habilidade para avançar no território alheio, mas a força incomparável ainda é da capitã Sarah Hunter, com 3 tries na partida e dando a afeição inglesa de sempre.

 

07versus copiar42

Itália 07 x 42 Inglaterra, em Reggio Emilia

Inglaterra

Tries: Poppy Cleall, Abigail Dow, Ellie Kildunne, Sara Bern, Sarah Hunter (3)

Conversões: Katy McClean (2)

15 Ellie Kildunne, 14 Abigail Dow, 13 Lauren Cattell, 12 Rachael Burford, 11 Danielle Waterman, 10 Katy Daley-McClean, 9 Leanne Riley; 1 Rochelle Clark, 2 Lark Davies, 3 Sarah Bern, 4 Abbie Scott, 5 Tamara Taylor, 6 Poppy Cleall, 7 Marlie Packer, 8 Sarah Hunter (c).

Suplentes: 16 Amy Cokayne, 17 Vickii Cornborough, 18 Justine Lucas, 19 Rowena Burnfield, 20 Izzy Noel-Smith, 21 Caity Mattinson, 22 Zoe Harrison, 23 Charlotte Pearce

Itália

Try: Valentina Ruzza

Conversão: Michela Sillari

15 Manuela Furlan, 14 Sofia Stefan, 13 Michela Sillari, 12 Beatrice Rigoni,  11 Maria Magatti, 10 Veronica Madia, 9 Sara Barattin, 1 Eleonora Ricci, 2 Melissa Bettoni, 3 Lucia Gai, 4 Valentina Ruzza, 5 Valeria Fedrighi, 6 Ilaria Arrighetti, 7 Elisa Giordano, 8 Isabella Locatelli

Suplentes:  16 Silvia Turani, 17 Giorgia Durante, 18 Michela Merlo, 19 Giordana Duca, 20 Beatrice Veronese, 21 Arianna Corbucci, 22 Jessica Busato, 23 Aura Muzzo;

SeleçãoJogosPontos
Inglaterra210
França210
Irlanda24
Gales24
Escócia21
Itália20
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

Foto: Irlanda x França – SixNations-INPHO