ARTIGO COM VÍDEO – Salta foi o palco para o segundo duelo no The Rugby Championship entre Argentina e África do Sul. E a fase dos Pumas segue mesmo ruim, com os Springboks se impondo sem maiores sustos com um 41 x 23 indiscutível, que jogou os argentinos para o último lugar geral.

Os sul-africanos entraram em campo estreando seu novo uniforme vermelho, em comemoração aos 25 anos do fim do regime do apartheid. O jogo começou ruim para os Boks, com Elton Jantjies perdendo 2 penais em sequência. Boffelli, assumindo a condição de chutador da Argentina, foi bem em sua primeira oportunidade e os Pumas abriram o marcador em 3 x 0. E a primeira grande chance de try argentina, aos 10′, com Moyano roubando passe sul-africano e disparando rumo ao ataque, sendo tacleado. Na reciclagem, com o campo aberto para concluir o lance com try, Hernández errou ao chutar cruzado, colocando força demais na bola.

A situação logo virou contra os Pumas. Lavanini recebeu amarelo e o homem a mais foi aproveitado no lance final de vantagem, com Jesse Kriel fazendo uma pintura com um chapéu em velocidade, servindo Siya Kolisi para arrancar rumo ao primeiro try dos visitantes. 7 x 3.

Jantjies colocaria logo sua mira no lugar e ampliou com novo penal para os Boks aos 28′, Mas, a África do Sul ainda não estava rendendo o bastante e cometeu um erro defensivo crasso, com o chute levando confusão à defesa vermelha para a bola sofrer nas mãos de Moyano. Try argentino e empate aos 30′, 10 x 10.

- Continua depois da publicidade -

A resposta quase foi imediata, com Andries Coetzee disparando para try, no entanto, anulado por passe para a frente de Kolisi. Hernández respondeu com um drop goal errado e, antes do fim, quem acabou rompendo para produzir a desigualdade no placar foram os Boks, com Elton Jantjies escapando ao tackle para cravar o try que pôs 17 x 10 no marcador a favor dos sul-africanos.

Os Pumas voltaram focados e Hernández reduziu o marcador com penal certeiro. Contudo, a África do Sul estava implacável e, aos 48′, os Boks arrancaram um turnover e Coetzee, Skosan e Kriel trocaram passes, com Kolisi finalizando seu segundo try no jogo, colocando 24 x 13 no placar. Foi um balde de água fria que desestabilizou os argentinos.

O nocaute nos Pumas veio aos 56′, com Lavanini recebendo cartão vermelho por penal infantil, ao dar um tapa na bola para evitar troca de passes sul-africana que parecia letal. O lance foi punido com um penal try, que sacramentou o triunfo dos Boks. A Argentina ainda esboçou uma reação com try de Moroni, aos 61′, e Coetzee ainda recebeu amarelo, igualando os times em 14 homens de cada lado.

Boffelli e Jantjies trocaram penais ainda e o placar foi finalizado com try de Jean-Luc Du Preez para os Boks, fechando o duelo em 41 x 23. Try crucial para assegurar uma merecida vitória bonificada para o renascido time sul-africano, que vai mostrando evolução em 2017.

O Rugby Championship terá uma pausa no próximo fim de semana e retornará no dia 9 de setembro com a África do Sul visitando a Austrália e a Argentina visitando a Nova Zelândia.

23versus copiar41

Argentina 23 x 41 África do Sul, em Salta

Árbitro: Pascal Gaüzère (França) / *Horário de Brasília

África do Sul

Tries: Kolisi (2), Jantjies, Penalty try e Du Preez

Conversões: Jantjies (4)

Penais: Jantjies (2)

15 Andries Coetzee, 14 Raymond Rhule, 13 Jesse Kriel, 12 Jan Serfontein, 11 Courtnall Skosan, 10 Elton Jantjies, 9 François Hougaard, 8 Uzair Cassiem, 7 Jaco Kriel, 6 Siya Kolisi, 5 Franco Mostert, 4 Eben Etzebeth (c), 3 Coenie Oosthuizen, 2 Malcolm Marx, 1 Tendai Mtawarira;

Suplentes: 16 Bongi Mbonambi, 17 Steven Kitshoff, 18 Trevor Nyakane, 19 Pieter-Steph du Toit, 20 Jean-Luc du Preez, 21 Rudy Paige, 22 Curwin Bosch, 23 Damian de Allende;

Argentina

Tries: Moyano e Moroni

Conversões: Hernandez (1) e Sanchez (1)

Penais: Boffelli (2) e Hernandez (1)

15 Joaquin Tuculet, 14 Ramiro Moyano, 13 Matias Orlando, 12 Jeronimo de la Fuente, 11 Emiliano Boffelli, 10 Juan Martin Hernandez, 9 Tomas Cubelli, 8 Juan Manuel Leguizamón, 7 Tomas Lezana, 6 Pablo Matera, 5 Tomas Lavanini, 4 Matías Alemanno, 3 Ramiro Herrera, 2 Agustin Creevy (c), 1 Lucas Noguera;

Suplentes: 16 Julian Montoya, 17 Santiago García Botta, 18 Enrique Pieretto, 19 Marcos Kremer, 20 Javier Ortega Desio, 21 Martin Landajo, 22 Nicolas Sanchez, 23 Matias Moroni;

 

PaísApelidoJogosPontos
Nova ZelândiaAll Blacks628
AustráliaWallabies615
África do SulSpringboks614
ArgentinaLos Pumas60

 

Foto: UAR