ARTIGO COM VÍDEOS – Inglaterra contra França na final da Challenge Cup, a segunda copa europeia! Os duelos das semifinais rolaram neste fim de semana, com ingleses e franceses colidindo e com uma vitória saindo para cada lado. No sábado, o Gloucester derrubou o líder do Top 14, La Rochelle, por 16 x 14 em solo francês e carimbou a vaga para sua terceira final de Challenge Cup, seguindo na busca por seu terceiro título. Depois, no domingo, o Stade Français fez valer o mando de jogo e despachou o Bath em um jogo proibido para cardíacos, resolvido em 28 x 25 para o clube de Paris, que fará pela segunda vez uma final do torneio, perseguindo ainda seu primeiro título internacional.

 

No dia 12 de maio, uma sexta-feira, o estádio de Murrayfield, em Edimbugo, na Escócia, receberá Gloucester e Stade Français.

 

- Continua depois da publicidade -

Grande feito para Gloucester

O primeiro duelo das semifinais foi na França, em La Rochelle, onde o time da casa não havia perdido ainda nenhuma vez nesta temporada. O desafio foi abraçado pelo Gloucester, que já não briga por nada na Premiership inglesa, e o resultado foi um jogão de altos e baixos, que começou pegado e sem espaços, indo ao intervalo em apenas 6 x 6, com Brock James chutando os penais para os Atlânticos e Freddie Burns pelos Cherry and Whites, com um cartão amarelo ainda para cada lado.

 

No segundo tempo, Burns recolocou os ingleses em vantagem com penal e, aos 58′, veio o lance capital da partida, com Burns interceptando passe de James e correndo para o try do Gloucester, abrindo 16 x 06. O La Rochelle batalhou até o fim. Aos 63′, James reduziu com penal e, aos 68′, La Grange cravou o try precioso que poderia ter dado o empate aos Rochellais, mas James errou a conversão. O abertura australiano fez de tudo para superar os erros, arriscando um drop goal e um penal antes do fim, ambos sem sucesso. Vitória do Gloucester, 16 x 14.

 

No apagar das luzes para os homens de Sergio Parisse

No domingo, outro jogo de tensão até o fim abrilhantou a Challenge Cup, com o Stade Français recebendo o Bath. A partida começou com troca de penais entre Plisson e Ford. Os franceses mostraram logo qualidade com a bola em mãos e trabalharam de um lado ao outro do campo até o centro Doumayrou achar o espaço para o primeiro try, aos 12′. A situação pendida a favor dos donos da casa e Plisson ainda adicionou novo penal, com Ford respondendo apenas aos 34′ na mesma moeda, em momento que o domínio já era todo inglês no território. 16 x 06 para os francês, mas 70% de território para os ingleses.

 

Na volta dos vestiários, o Stade Français mostrou eficiência e brilhantismo, com Will Genia, em grande jogada, deixando para Plisson fazer o segundo try parisiense. Mas, a partida estava em aberto, com o Bath tendo volume de jogo e, aos 63′, Rokoduguni desferiu seu hand-off e correu para o try que recolocou os visitantes no páreo. O Bath cresceu e 5 minutos depois Robbie Fruean fez o try do empate e, aos 71′, Stooke caiu para o try da virada, em uma blitz avassaladora do Bath. Todavia, o improvável ocorreu. O Stade Français foi para cima e Hugh Pyle correu meio campo para marcar o try do heróico empate aos 78′. E tinha mais. No minuto final, Plisson desferiu o drop goal da vitória para Paris, mas não sem ainda um pouco mais de drama. O jogo não acabara e com o tempo já esgotado o Bath teve o penal do empate. Ford teve a chance e jogou para a fora, para o delírio do torcedor francês. 28 x 25, fim de papo.

 

Russos no paraíso e garantidos na próxima Challenge Cup

Já no Continental Shield, a terceira copa europeia, os dois gigantes russos, Enisei e Krasny Yar, ambos da cidade siberiana de Krasnoyarsk, alcançaram um inédito feito: pela primeira vez a Rússia terá dois clubes na Challenge Cup. Ambos alcançaram a grande do Shield nesse sábado. O Enisei carimbou sua vaga vencendo novamente por larga margem os italianos do Mogliano, 51 x 07, e estará pela terceira vez seguida. Já o Krasny Yar chegou à competição pela primeira vez revertendo desvantagem na casa dos romenos do Timisoara, que haviam vencido o primeiro duelo. Na Romênia, os russos prevaleceram com 27 x 18, avançando no placar agregado.

 

challenge cup eprc

EPCR Challenge Cup – Copa Desafio Europeu – 2ª copa europeia

Semifinais

la rochelle14versus copiar16Gloucester copy copy

La Rochelle 14 x 16 Gloucester, em La Rochelle

 

stade français logo novo copy copy copy28versus copiar25Bath rugby badge copy

Stade Français 28 x 25 Bath, em Paris

 

FINAL – dia 12 de maio

16h00 – Gloucester x Stade Français, em Edimburgo (Escócia)

 

EPCR Continental Shield – 3ª copa europeia

Semifinais – jogos de volta

Enisei (Rússia) 51 x 07 Mogliano (Itália), em Moscou – agregado: 97 x 07

Timisoara Saracens (Romênia) 18 x 27 Krasny Yar (Rússia), em Timisoara – agregado: 35 x 39

 

FINAL – dia 13 de maio

08h00 – Enisei x Krasny Yar

 

*Horários de Brasília

 

Foto: Stade Français x Bath ©INPHO/Tommy Dickson