Top 14: Clermont perde para Montpellier e vê Racing encostar após vitória em clássico

Enquanto o mundo assistia as semifinais da Copa do Mundo à França se voltava para o Top 14, que continua a todo vapor. Não há mais invictos com o Clermont (1º) sendo derrotado fora de casa pelo Montpellier (2º), que vem jogando melhor a cada rodada. O Toulouse (4º) perdeu a segunda posição ao ser derrotado na terra dos vinhos pelo Bordeaux (7º), o Racing (3º) venceu o clássico de Paris afundado os atuais campeões do Stade Français (12º). O todo poderoso Toulon (6º), que vem fazendo uma temporada de altos e baixos, não teve dó do Oyonnax (13º), aplicando a maior lavada do campeonato. A grande surpresa da competição o Brive (5º) não teve dificuldades para bater, fora de casa, o Section Paloise (11º). Na parte de baixo da tabela o Castres (9º) decepcionou mais uma vez sendo derrotado em casa pelo Grenoble (8º) enquanto o La Rochelle (10º) passou em casa pelo Agen (14º).

 

Clermont sofre primeira derrota

O time amarelo viajou até Montpellier tentando manter a invencibilidade e a primeira posição no campeonato, mas esbarrou em uma grande equipe, sendo derrotado por 24 a 19. Os comandados de Jake White, o lendário técnico sul-africano, fizeram uma grande partida, entrando no in-goal duas vezes com o segundo centro Timoci Nagusa e o Robins Tchale Watchou. O Clermont contou com um try salvador no ultimo minuto do ponta Alivereti Rakapara para marcar um ponto bônus defensivo que manteve a equipe na liderança. O Montpellier tem outra parada dura na próxima semana, quando recebe o Toulouse, enquanto o Clermont volta para casa enfrentar o Castres.

 

Racing vence o grande clássico de Paris

A Cidade Luz mais uma vez parou para ver suas duas grandes equipes de rugby se enfrentarem, com o jogo sendo disputado dessa vez na casa do Racing, que saiu vitorioso por 27 a 18. O jogo foi truncado, como costumam ser os grandes clássicos franceses, com o Stade Français cometendo um grande número de penais, que no final custou a partida ao time, já que as equipes empataram em tries com o hooker Camille Chat e o ponta Marc Andreu anotando para os donos da casa e o asa Sekou Macalou e o scrum-half Clement Daguin fazendo para os visitantes.

O Racing continua em Paris onde segue no encalço dos líderes e tenta mais uma vitória diante do Brive. O Stade Français acumula quatro derrotas em seis jogos e já começa a pensar nos perigos da zona de rebaixamento, o time viaja muito pressionado para Agen, onde enfrenta o último colocado, com uma derrota sendo catastrófica.

 

Toulon mostra sua força

A temporada tem sido de altos e baixos para a equipe mais rica da Europa, se na rodada passada o time não teve forças para bater o Brive, nessa o time não teve piedade do Oyonnax, que viajou para ser atropelado por 61 a 3. Os donos da casa dominaram em todos os quesitos, desde as formações fixas até o jogo aberto, marcando incríveis oito tries, com o segundo centro Mathieu Bastareaud, o asa Juan Smith, o ponta Josua Tuisova, o segunda linha Romain Taofifenua, o fullback Delon Armitage, o centro Maxime Mermoz e o centro reserva Sereli Bobo. O Toulon tenta manter o bom momento quando viaja para enfrentar o Grenoble, que é sempre muito forte quando joga nos Alpes, mais do que a derrota o que fica para o Oyonnax é a humilhação, o time agora precisa se recompor e enfrenta, em casa, o Section Paloise.

 

Toulouse é surpreendido na terra dos vinhos

Os maiores campeões franceses viajaram até Bordeaux buscando mais uma vitória fora de casa para se manter no encalço do Clermont, os donos da casa, porém tinha outros planos. Jogando um rugby eficiente e pragmático o Bordeaux surpreendeu o Toulouse, graças principalmente a uma grande atuação dos jogadores que vieram do banco, vencendo por 12 a 10. O único try do jogo foi marcado pelos occitanos, com o ponta Vincent Clerc, que perderam a partida na indisciplina, cedendo um grande número de penais. O Bordeaux, aos poucos, vai crescendo no campeonato, a equipe agora recebe o La Rochelle, e tem tudo para fazer mais uma grande atuação diante de sua torcida, que deu ao clube a maior média de público do rugby mundial. O Toulouse viaja para Montpellier, na batalha quer vale a segunda posição da competição.

 

Castres perde primeira em casa

O Castres dava sinais que podia retornar aos dias de glória, depois de quase ser rebaixado temporada passada, mas ainda não conseguiu encaixar uma boa sequencia de jogos, sendo, dessa vez, derrotada em casa, por 31 a 23, pelo Grenoble, tendo jogado 55 minutos com um a menos devido a um cartão vermelho. Em tries as equipes empataram com os pontas Remy Grosso e David Smith e o fullback Geoffrey Palis fazendo para os donos da casa enquanto os Alpinos anotaram com o asa Peter Kimlin, o segundo centro Chris Farrell e o ponta Xavier Mignot. O Castres viaja para enfrentar o Clermont enquanto o Grenoble tenta fazer valer o fator casa diante do Toulon.

 

Brive cava seu espaço

O pequeno time de Brive, sem grandes estrelas e com pouco dinheiro, vem se mantendo na elite do rugby francês há algum tempo, e esse ano parece que pode ser a grande surpresa da competição. Nessa rodada a equipe bateu, fora de casa, o Section Paloise, por 18 a 13, que estava invicto em casa. Mesmo o penal-try dos mandantes não foi suficiente para vencer o jogo, ganho nos pés do abertura Gaëtan Germain, que acertou tudo que chutou. A derrota coloca o Section Paloise perigosamente perto da zona de rebaixamento, enfrentando, fora de casa, na próxima rodada um rival direto na luta contra o descenso, o Oyonnax. O Brive, em 5º lugar, tem a dura missão de se manter no topo, viajando para Paris enfrentar o Racing.

 

La Rochelle respira na competição

O Agen viajou até o Atlântico tentando fugir da ultima colocação, enfrentando um rival direto na luta contra o rebaixamento, no final, porém, a experiência do La Rochelle prevaleceu com a equipe vencendo a partida por 23 a 6 e conquistando um importante ponto bônus ofensivo. A equipe da casa entrou no in-goal três vezes, com o centro Levani Botia (duas vezes) e o fullback Benjamin Lapeyre. O La Rochelle, agora mais distante da zona perigosa, viaja para enfrentar o Bordeaux enquanto Agen recebe o também desesperado Stade Français.

 

Lyon na ponta da Por D2

Na segunda divisão francesa, a primeira posição é do Lyon, que assumiu a ponta ao bater com tranquilidade o Carcassonne, 47 x 11. Os Lobos se beneficiaram da derrota do Aurillac em um jogo de outro mundo contra o Béziers, encerrado em sonoros 54 x 40. No clássico da rodada, que já valeu as primeiras colocações do Top 14 em seu passado glorioso, os catalães de Perpignan assumiram a vice liderança derrotando os bascos do Biarritz por 29 x 18, afundando o BO ainda mais na lanterna da competição.

 

Escrito por: Diego Gutierrez

 

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Racing 27 x 18 Stade Français

Castres 23 x 31 Grenoble

Pau 13 x 18 Brive

Toulon 61 x 3 Oyonnax

Bordeaux 12 x 10 Toulouse

Montpellier 24 x 19 Clermont

La Rochelle 23 x 6 Agen

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Clermont Clermont-Ferrand 26 88
Toulon Toulon 26 82
Montpellier Montpellier 26 81
Racing Paris 26 81
Toulouse Toulouse 26 79
Castres Castres 26 71
Union Bordeaux-Bègles Bordeaux 26 67
Brive Brive 26 62
La Rochelle La Rochelle 26 54
Grenoble Grenoble 26 47
Pau Pau 26 46
Stade Français Paris 26 41
Agen Agen 26 26
Oyonnax Oyonnax 26 24

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

prod2

Pro D2 2015-16 – 2ª divisão do Campeonato Francês

Perpignan 29 x 18 Biarritz

Mont de Marsan 38 x 15 Bayonne

Albi 26 x 10 Narbonne

Provence 29 x 27 Montauban

Lyon 47 x 11 Carcassonne

Colomiers 29 x 9 Dax

Tarbes 13 x 19 Bourgoin

Béziers 54 x 40 Aurillac

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Lyon Lyon 30 117
Bayonne Bayonne 30 86
Aurillac Aurillac 30 81
Mont-de-Marsan Mont-de-Marsan 30 78
Colomiers Colomiers 30 78
Béziers Béziers 30 77
Perpignan Perpignan 30 73
Biarritz Biarritz 30 64
Bourgoin* Bourgoin-Jallieu 30 62
Albi Albi 30 62
Narbonne Narbonne 30 60
Montauban Montauban 30 58
Tarbes* Tarbes 30 53
Carcassonne Carcassonne 30 49
Dax Dax 30 48
Provence Aix-en-Provence 30 46
*Tarbes e Bourgoin penalizados com rebaixamento por problemas financeiros

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento


Comentários