Toulon cai e título do Top 14 fica entre Stade Français e Clermont

Um fim de semana de gala em Bordeaux, que recebeu em seu novo Stade de Bordeaux, as semifinais do Top 14 francês. Foram dois jogos do mais alto nível na terra dos vinhos: na sexta-feira, o campeão europeu e campeão francês de 2014, o Toulon enfim perdeu, com o Stade Français, de Paris, comemorando seu retorno a um a final de Top 14, o que não ocorria desde 2007.  33 x 16 para os parisienses. Ironicamente, naquela oportunidade, o Stade Français venceu o Clermont, seu adversário no próximo sábado, na final no Stade de France, em Paris. O Clermont se recuperou da frustrante derrota para o Toulon na final da Champions Cup europeia e venceu o Toulouse neste sábado, afastando a “zica”. Com a derrota por 18 x 14, o Toulouse deu adeus a seu histórico treinador Guy Novès, que esteve a frente da equipe desde 1993, conquistando quatro vezes a Copa Europeia e nove vezes o Campeonato Francês. Após a Copa do Mundo, Novès assumirá o comando da seleção francesa.

 

Outra dobradinha não!

As semifinais do Campeonato Francês começaram na sexta-feira com o campeão Toulon buscando seguir em busca de sua segunda dobradinha, uma vez que no ano passado o time galático já havia vencido tanto o Top 14 como a Copa Europeia. Porém, desta vez, o acúmulo de decisões pesou e o Stade Français voltou a comemorar a classificação a uma final com um triunfo inspirador por 33 x 16.

 

O Toulon começou forte dando suas cartas logo aos 5′, com Hernández armando pela ponta um belo chute para Drew Mitchell arrancar e anotar o primeiro try do jogo para os campeões. O Stade Français, no entanto, se impôs, jogou sem medo do bicho-papo da Provença e, sob a liderança de Sergio Parisse, em dia inspirado, os parisienses não tardaram a virara o marcador. Forte nas formações, o Stade Français arrancou seu primeiro penal aos para Morné Steyn reduzir a diferença. Steyn ainda trocou penais com Halfpenny, deixando o marcador em 10 x 6 para os rubronegros. Até que Parisse mostrou sua qualidade desferindo um passe mágico para Lakafia fazer o try parisiense e virar o placar para 13 x 10. Aos 32′, Halfpenny não desperdiçou nova chance de penal, mas o volume de jogo era maior do lado rosa e, aos 40′, o Toulon falhou no ruck e o Stade Français não perdoou, com Burban roubando a bola, quebrando o tackle e disparando para o try crucial para os parisienses, colocando-os em vantagem de 23 x 16.

 

O segundo tempo começou intenso e Halfpenny descontou para o Toulon aos 45′. Mas, o Stade Français era o dono do jogo, criando muito mais e dominando quase todos os setores do campo. O prêmio veio aos 57′, com Steyn colocando outro penal para sua equipe. A pressão do time da capital no scrum e nos rucks seguia intensa e, aos 70′, o Toulon mostrou que fisicamente já não aguentava mais o embate, cedendo a Steyn o penal que acabou com suas chances na partida. Os campeões europeus ainda tiveram maior território nos minutos finais, optaram pelo lateral quando tiveram penal favorável, mas a defesa parisiense se fechou e, aos 76′, Parisse sepultou as pretensões rubronegras roubando lateral decisivo. Aos 80′, com o jogo já definido, Steyn teve sua última chance com penal, mas a bola seguiu em jogo e Arrias aproveitou a bobeada da defesa toulonnais para cravar o try final do Stade Français. 33 x 16, números finais.

 

A eliminação também significou a aposentadoria de quatro grandes nomes do Toulon: Bakkies Botha (de 85 jogos e um título mundial pelos Springboks), Ali Williams (de 77 jogos e um título mundial pelos All Blacks), e Carl Hayman (de 45 jogos pelos All Blacks). Obrigado aos três por tudo!

 

Clermont afasta a zica e derrota Toulouse – Por Diego Gutierrez

Clermont e Toulouse fizeram um dos jogos mais emocionantes do ano, vencido pelo time amarelo por 18 a 14. As duas equipes optaram por um rugby mais conservador, com muita ênfase na defesa, resultando em um jogo extremamente truncado, com um excesso de penais e scrums.

 

O único try da partida foi marcado pelos occitanos, aos 5’ do segundo tempo, pelo fullback Máxime Médard. O try não foi suficiente para ajudar os maiores campeões franceses que deixaram o Clermont jogar a maior parte do tempo no campo de ataque, capitalizando penais com o scrum-half Morgan Parra e o abertura Brock James, que também anotou um drop goal aos 35’ do segundo tempo.

 

O Toulouse termina a temporada de cabeça erguida, pois, depois de um começo de temporada decepcionante, mostra que tem um grande potencial e pode voltar a sonhar com títulos. O Clermont se dirige mais uma vez para Paris e tenta acabar com a sina de eterno vice-campeão. O último e único título dos Vulcões foi em 2010, quando derrotaram o Perpignan na decisão. Desde então, o Clermont não disputou mais nenhuma final do Top 14.

 

Top 14 logo novo

Top 14 – Campeonato Francês

Semifinais

Toulon copy16versus copiar33stade français logo novo copy copy copy

Toulon 16 x 33 Stade Français, em Bordeaux

 

clermont copy copy18versus copiar14Toulouse badge copy

Clermont 18 x 14 Toulouse, em Bordeaux

 

Final – dia 13 de junho

stade français logo novo copy copy copyversus copiarclermont copy copy

16h00 (hora de Brasília) – Stade Français x Clermont, em Paris

 

Foto: www1.skysports.com

Comentários