ARTIGO COM VÍDEOS – A segunda rodada da Copa Europeia foi de tirar o fôlego e nada menos que 7 clubes alcançaram suas segundas vitórias. Vamos passar a limpo!

 

Grupo 1: La Rochelle vai passeando e Wasps renasce

O Grupo 1 tem um líder incontestável. É o caçula La Rochelle, que venceu o Ulster por avassaladores 41 x 17. O primeiro tempo foi apertado em apenas 13 x 10 para os franceses, com tries de Sinzelle para os donos da casa e do australiano Lealiifano para os irlandeses. Mas no segundo tempo La Rochelle deslanchou, correndo para mais 4 tries.

- Continua depois da publicidade -

Já o Wasps, que vive uma decepcionante temporada até o momento, mostrou que está pronto para se reerguer. No clássico inglês contra os Harlequins, antigo clássico londrino, os Wasps correram para 5 tries, com Chris Wade marcando duas vezes.

 

Grupo 2: Saracens sofre; Clermont vence mas lamenta

Atuais campeões, os Saracens tiveram muito trabalho para vencer, em casa, os Ospreys, sendo que os galeses, apesar da má fase, quase criaram uma zebrona em Londres. Foi um jogão de 36 x 34, que começou com o galês Dan Evans marcando 2 tries para os Ospreys no início do jogo, jogando a pressão contra os Sarries. Os donos da casa empataram antes do intervalo, abriram boa margem na volta dos vestiários com um penal try e tries de Liam Williams e Tompkins, mas viram os galeses reagirem e quase virarem, com Watkins e Cross cruzando o in-goal.

O Clermont, por sua vez, conseguiu boa vitória sobre o Northampton Saints para seguir na cola do Saracens, 24 x 07. O jovem scrum-half Charlie Cassang marcou 2 dos 4 tries dos amarelos, mas o jogo ficou marcado pela horrenda fratura de perna de Camille Lopez, que jogará mais neste ano.


Grupo 3: Leinster e Exeter saltam na frente do grupo da morte

O grupo da morte não parece tão letal para Leinster e Exeter Chiefs, que chegaram a 2 vitórias cada, colocando Montpellier e Glasgow contra a parede. O Leinster foi à Escócia e, com um poderoso jogo de forwards, frustrou os Warriors com uma imposição de 34 x 18 digna de um concorrente a título. Cian Healy guardou 2 tries para os irlandeses, enquanto Jonny Sexton e Noel Reid também cruzaram o in-goal.

Já na França o milionário Montpellier sucumbiu diante do campeão inglês Exeter Chiefs por 27 x 24. Com tries de Joe Tomano e Nemani Nadolo, os franceses abriram frente de 17 x 10 antes do intervalo e quando Nadolo rompeu para o terceiro try aos 45′ a vitória dos azuis parecia certa. Mas com try de Don Armand aos 63′ e um penal vencedor de Steenson aos 71′ os Chiefs voltaram para a Inglaterra com a preciosa vitória.

 

Grupo 4: Leicester Tigers brilha enquanto o Racing lamenta

Jogando em casa, o Leicester Tigers abocanhou uma vitória para ganhar moral. 54 x 29 sobre o Castres, em um jogo de 7 tries para os Tigers, que fizeram um primeiro tempo de gala, com 35 x 03 no marcador. Jogo aberto e envolvente dos ingleses, com Telusa Veainu fazendo 3 tries e Jonny May outros 2, em dia da linha de Leicester.

Enquanto isso, o embate mais aguardado entre Munster e Racing na Irlanda foi uma dura batalha que acabou em uma sofrida vitória irlandesa por 14 x 07. O primeiro tempo foi dominado pelos forwards e acabou em 0 x 0, mas o Munster levantou a torcida achando o caminho dos tries na reta final. Apenas aos 60′ o zero foi retirado do placar com Conor Murray fazendo o try em pintura pela ponta, e logo depois Conway aproveitou o momentâneo nocaute para marcar o segundo try vermelho. Mas os franceses reagiram com Nakarawa fazendo o try aos 75′, porém sem tempo para a virada.

 

Grupo 5: Italianos fazem poderoso Toulon sofrer

Na Itália, as chances de derrota do milionário Toulon contra os locais do Treviso parecia baixa, pelo fraco histórico italiano na competição. Mas o que se viu foi um jogão no Vêneto, que teve o placar aberto pelo novo fijiano (ex Rugby League) do Toulon, Semi Radradra, abrindo o placar com um try logo a 1′. Os italianos, porém, reagiram e incrivelmente se impuseram, com tries de Brex e Gori. Somente no segundo tempo Tuisova marcou para os franceses o segundo try. Depois, uma verdadeira batalha de penais entre McKinley, do Treviso, e Trinh-Duc, do Toulon, roubou a cena, com os milinários incapazes de se imporem. A vitória italiana parecia certa com penal aos 78′, mas aos dramáticos 82′ Trinh-Duc chutou os 3 pontos da vitória do Toulon.

No outro jogo do grupo, os Scarlets, campeões do PRO12, decepcionaram caindo em casa por 18 x 13 contra o Bath, debaixo de muita chuva em Gales. Steff Evans, dos Scarlets, fez o único try do jogo, e quem assegurou a vitória inglesa foi um galês, o chutador Rhys Priestland, com 6 penais.


Próxima rodada só em dezembro

A terceira rodada da Champions Cup será somente em dezembro, após os amistosos de fim de ano entre as seleções nacionais. Os jogos retornarão entre os dias 8 e 10. Os clubes agora retornam a seus campeonatos nacionais para o próximo fim de semana.

 

champions cup

EPCR Champions Cup – Copa Europeia de Rugby

Scarlets 13 x 18 Bath

Glasgow Warriors 18 x 34 Leinster

Clermont 24 x 07 Northampton Saints

Treviso 29 x 30 Toulon

Leicester Tigers 54 x 29 Castres

Munster 14 x 07 Racing

Saracens 36 x 34 Ospreys

Montpellier 24 x 27 Exeter Chiefs

La Rochelle 41 x 17 Ulster

Wasps 41 x 10 Harlequins

ClubePaisCidadeJogosPontos
Grupo 1
La RochelleFrançaLa Rochelle210
WaspsInglaterraCoventry25
UlsterIrlandaBelfast24
HarlequinsInglaterraLondres21
Grupo 2
SaracensInglaterraLondres210
ClermontFrançaClermont-Ferrand29
OspreysGalesSwansea23
Northampton SaintsInglaterraNorthampton20
Grupo 3
LeinsterIrlandaDublin210
Exeter ChiefsInglaterraExeter28
MontpellierFrançaMontpellier23
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow20
Grupo 4
Leicester TigersInglaterraLeicester26
MunsterIrlandaLimerick26
RacingFrançaParis25
CastresFrançaCastres23
Grupo 5
BathInglaterraBath28
ToulonFrançaToulon28
ScarletsGalesLlanelli22
Benetton TrevisoItáliaTreviso21
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- O 1º colocado de cada grupo e os 3 melhores 2ºs colocados se classificam às quartas de final.

 

Foto: Saracens x Ospreys – Henry Browne/Getty Images