Toulouse vence super clássico europeu contra o Wasps. Foto: INPHO/EPRC

ARTIGO COM VÍDEOS – O fim de semana europeu foi de Heineken Champions Cup, a Copa Europeia, máxima competição de clubes da Europa, que fechou sua 3ª rodada da fase de grupos com apenas 4 clubes invictos: os franceses de Toulouse e Racing, os ingleses do Saracens e os irlandeses do Munster. Vamos ao resumão da jornada!

Grupo 1: Toulouse volta a ser gigante

O Grupo 1 tem quatro gigantes do rugby europeu, mas só dois estão brilhando: Toulouse, da França, e Leinster, da Irlanda. Os ingleses do Wasps e do Bath conheceram novas derrotas neste fim de semana e se afastaram da briga por vagas nas quartas de final.

O Toulouse fez duelo de ex campeões europeus com o Wasps e se impôs sobre os Wasps por 24 x 16 na Inglaterra, com o sul-africano Cheslin Kolbe disparando para belo try logo no começo do jogo a favor do clubes francês. Rowlands na potência respondeu com try para os Wasps antes do intervalo, mas Giutoune rompeu a defesa inglesa no segundo tempo para o try decisivo para o Toulouse.

O Leinster, por sua vez, foi a Bath e venceu o time da casa em jogo duro e físico por sofridos 17 x 10, com Jordan Larmour marcando o try decisivo para os irlandeses na segunda etapa.

- Continua depois da publicidade -


Grandes em casa, pequenos fora: Exeter e Castres minguam no Grupo 2

Exeter Chiefs, atual vice campeão inglês, e Castres, último campeão francês, são fortalezas em seus países, mas não conseguem engrenar em competições europeias.

Na Irlanda, o poderoso Munster mostrou que ele é mesmo o favorito à chave se impondo sobre o Castres por 30 x 05, em jogo com tries somente no segundo tempo. Hanrahan, Scannell e Stander marcando para os donos da casa, dominando o jogo no contato.

Já na Inglaterra, o Exeter Chiefs caiu em casa e se complicou de vez diante do conterrâneo Gloucester, que é o vice líder da chave agora. 27 x 19, em jogo empolgante que começou com lindo try dos Chiefs, em jogada de mãos iniciada em corrida do argentino Cordero e finalizada por Armand. Mas Heinz deu o troco para o Gloucester com lindo try de contra-ataque pouco depois e o time visitante falou mais alto no segundo tempo com tries decisivos de Visagie e Ben Morgan.

Munster, da Irlanda, vence o campeão francês Castres. Foto: INPHO/EPRC

Saracens e Glasgow dominam o Grupo 3

O Grupo 3 tem dois donos: o Saracens, campeão inglês, e o Glasgow Warriors, melhor time da Escócia hoje.

Os Saracens têm a melhor campanha da competição e fizeram chover tries em Londres em vitória por 51 x 25 sobre os galeses do Cardiff Blues. O time visitante teve lindo try com Matthew Morgan quebrando tackles em contra golpe fulminante. Mas os donos da casa falaram mais alto e correram para 7 tries, conduzidos pela brilhante dupla Brad Barritt e Alex Lozowski. Maitland e Earl foram destaques com 2 tries cada.

Glasgow também produziu uma tempestade de tries em vitória fora de casa sobre os franceses do Lyon por 42 x 22. 5 tries a 3 para os escoceses, com Adam Ashe marcando o primeiro e o último tries dos Warriors.


Ninguém segura o Racing no Grupo 4

No Grupo 4, o Racing, de Paris, é a força dominante e provou isso fazendo 36 x 26 sobre os ingleses do Leicester Tigers. O primeiro tempo foi devastador, com 4 tries para os franceses, com Vakatawa, o argentino Imhoff, o irlandês Zebo (com estilo e potência) e Chouzenoux. No segundo tempo, o try de Manu Tuilagi fazia os Tigers esboçarem reação, mas Klemenczak cruzou o in-goal para try decisivo para os donos da casa aos 59′.

A decepção da competição é o Scarlets, melhor time de Gales do PRO14 atualmente, que está praticamente fora da briga pelo mata-mata ao sofrer sua terceira derrota, agora em casa contra os irlandeses do Ulster, em Llanelli. 25 x 24, com Jacob Stockdale fazendo lindo try para os visitantes no começo e o sul-africano Marcell Coetzee marcando o try decisivo aos 64′, antes de tardia reação dos Scarlets.


Toulon se ergue contra Montpellier e Edinburgh dispara no Grupo 5

No Grupo 5, a disputa pela liderança ficou entre os times menos badalados: Edinburgh, da Escócia, e Newcastle Falcons, da Inglaterra (atual lanterna da Premiership inglesa, mas que vinha se destacando na Champions Cup). Os dois clubes entraram na rodada como líder e vice líder e duelaram em Murrayfield, o templo do rugby escocês, com o time da casa levando a melhor fazendo 31 x 13, em jogo de 3 tries a 1.

Desesperados, os poderosos franceses Toulon e Montpellier fizeram um jogo muito bom na Riviera com Toulon conseguindo importante triunfo por 38 x 28. Foram 4 tries para cada lado em duelo estrelado, com um segundo tempo de arrepiar de 4 tries nos últimos 10 minutos, que tiveram Jean Monribot e Nakosi marcando os tries decisivos do Toulon, enquanto Nagusa cruzou 2 vezes o in-goal pelo Montpellier.


Os mesmos confrontos vão ocorrer no próximo fim de semana, mas com os mandos de jogos invertidos, pela 4ª rodada.

 

Heineken Champions Cup – Copa Europeia 2018-19

Edinburgh 31 x 13 Newcastle Falcons

Scarlets 24 x 25 Ulster

Exeter Chiefs 19 x 27 Gloucester

Lyon 22 x 42 Glasgow Warriors

Bath 10 x 17 Leinster

Toulon 38 x 28 Montpellier

Wasps 16 x 24 Toulouse

Munster 30 x 05 Castres

Saracens 51 x 25 Cardiff Blues

Racing 36 x 26 Leicester Tigers

ClubePaisCidadeJogosPontos
Grupo 1
LeinsterIrlandaDublin625
ToulouseFrançaToulouse621
BathInglaterraBath610
WaspsInglaterraCoventry64
Grupo 2
MunsterIrlandaLimerick621
Exeter ChiefsInglaterraExeter614
CastresFrançaCastres614
GloucesterInglaterraGloucester69
Grupo 3
SaracensInglaterraLondres628
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow619
Cardiff BluesGalesSwansea610
LyonFrançaLyon60
Grupo 4
RacingFrançaParis626
UlsterIrlandaBelfast622
ScarletsGalesLlanelli67
Leicester TigersInglaterraLeicester67
Grupo 5
EdinburghEscóciaEdimburgo623
MontpellierFrançaMontpellier616
ToulonFrançaToulon610
Newcastle FalconsInglaterraBath69
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- O 1º colocado de cada grupo e os 3 melhores 2ºs colocados se classificam às quartas de final.