Última chance para entrar nos eixos: fim de semana de amistosos internacionais!

Senhores passageiros, última chamada para quem quiser se preparar para a Copa do Mundo de Rugby! Esse sábado e domingo, 5 e 6, são os últimos dias de amistosos internacionais antes da Copa do Mundo e a última oportunidade das seleções arrumarem seus times antes do Mundial. Em Londres, a Inglaterra encara a Irlanda, com ambas vindo de derrotas para França e Gales, respectivamente. Em Paris, é a hora da França receber a Escócia, em embate de times em ascensão, enquanto, em Cardiff, Gales, em alta, recebe a Itália, em baixa.

 

A Austrália, por sua vez,  foi a Chicago para enfrentar os Estados Unidos, em jogo que promete ter público na casa dos cinco dígitos na Terra do Tio Sam. E ainda tem Japão contra Geórgia, em partida de times promissores, Romênia contra Tonga, na batalha dos forwards, e Canadá diante de Fiji, falando em partidas entre seleções nacionais.

 

Mas, tem jogo de seleção contra clube também, com a Argentina encarando o Leicester Tigers e Samoa duelando com o Wasps. Já o Uruguai pega a seleção regional do País Basco, em solo espanhol.

 

Mini-Six Nations em campo

O destaque vai ficar por conta dos jogos entre equipes do Six Nations. Para a partida de Twickenham, a Inglaterra teve cinco alterações no time derrotado em Paris, com as entradas de Brad Barritt no centro, Anthony Watson na ponta, Geoff Parling na segunda linha e Tom Wood e Ben Morgan na terceira linha. A Irlanda, por sua vez, terá força máxima para a partida, com a exceção do lesionado Rob Kearney. Sea O’Brien estará na terceira linha ao lado de Heaslip e O’Mahony, enquanto Jared Payne e Robbie Henshaw serão a dupla de centros. A partida é complicada para os ingleses, que perderam em Dublin o último duelo. A Irlanda vai forte para o jogo, enquanto a pressão penderá mais contra a Inglaterra, justamente por conta da aproximação da Copa do Mundo em casa. A terceira linha poderosa escalada por Joe Schmidt para o Trevo é exercerá muita pressão no breakdown, onde a Inglaterra vinha tendo muito desempenho, e ambas as seleções terão muito a provar em termos de formações.

 

Embalado por vitória sobre a Irlanda em Dublin, Gales apara as arestas contra a Itália em crise permanente. Warren Gatland terá a volta do capitão Sam Warburton e testará o novato Cory Allen no centro, James King na asa e Dominic Day na segunda linha. A Itália, por outro lado, comemora a volta do capitão Sergio Parisse. No total, sete mudanças com relação ao time atropelado contra a Escócia, com as entradas de Edoardo Gori, Andrea Masi, Leonardo Sarto, Gonzalo Garcia, Quintin Geldenhuys e Michele Rizzo. Sem pensar duas vezes, favoritismo pleno para os galeses.

 

Já a França recebe a Escócia com Thierry Dusautoir novamente como titular e capitão dos Bleus. O time que vai a campo, se bem sucedido contra os escoceses, deverá ser o titular da França na Copa do Mundo. A Escócia, por sua vez, terá os retornos de Tommy Seymour e Sean Maitland, que compõem a melhor linha escocesa dos últimos anos. John Hardie e Richie Gray entram no pack e a Escócia vai confiante após ter atropelado a Itália. Ao contrário do que prega a história, a França deverá prevalecer no pack, sobretudo nas formações, enquanto a Escócia após nas suas rápidas saídas com a linha para surpreender os franceses que ainda têm problemas defensivos no jogo aberto.

 

James Slipper como capitão dos Wallabies

Para o histórico jogo no Soldier Field em Chicago a Austrália terá capitão novo: o pilar James Slipper, que assume a posição no lugar do hooker Stephen Moore, poupado. Novidade na equipe também com o retorno de Matt Giteau ao elenco, enquanto Ben McCalman, Sean McMahon e Wycliff Palu entram na terceira linha, com todos sendo testados.

 

A Argentina, por sua vez, terá 29 jogadores escalados para a partida contra o Leicester Tigers. com Daniel Hourcade pronto para fazer experimentos no segundo tempo, pois o elenco escalado para o XV titular é forte.

 

Em breve, escalações dos demais jogos.

 

Sábado, dia 05 de setembro

*Horários de Brasília

 

inglaterra novoversus(8)irlanda copy

10h30 – Inglaterra x Irlanda, em Londres

Árbitro: Nigel Owens (Gales)

 

Inglaterra: 15 Mike Brown, 14 Anthony Watson, 13 Jonathan Joseph, 12 Brad Barritt, 11 Jonny May, 10 George Ford, 9 Ben Youngs, 8 Ben Morgan, 7 Chris Robshaw, 6 Tom Wood, 5 Geoff Parling, 4 Courtney Lawes, 3 Dan Cole, 2 Tom Youngs, 1 Joe Marler.

Suplentes: 16 Jamie George, 17 Mako Vunipola, 18 Kieran Brookes, 19 Joe Launchbury, 20 Billy Vunipola, 21 Richard Wigglesworth, 22 Owen Farrell, 23 Sam Burgess.

 

Irlanda: 15 Simon Zebo, 14 Tommy Bowe, 13 Jared Payne, 12 Robbie Henshaw, 11 Dave Kearney, 10 Jonathan Sexton, 9 Conor Murray, 8 Jamie Heaslip, 7 Sean O’Brien, 6 Peter O’Mahony, 5 Paul O’Connell (c), 4 Devin Toner, 3 Mike Ross, 2 Rory Best,/ 1 Jack McGrath.

Suplentes: 16 Richardt Strauss, 17 Tadhg Furlong, 18 Nathan White, 19 Donnacha Ryan, 20 Chris Henry, 21 Eoin Reddan, 22 Ian Madigan, 23 Darren Cave.

 

Histórico: 129 jogos, 74 vitórias da Inglaterra, 47 vitórias da Irlanda e 8 empates. Último jogo: Irlanda 19 x 9 Inglaterra, em 2015 (Six Nations).

 

Leicester Tigers copyversus(8)UAR_copy_copy.jpg

11h00 – Leicester Tigers x Argentina, em Leicester

 

Argentina: 1- Marcos Ayerza, 2- Julián Montoya, 3- Nahuel Tetaz Chaparro, 4- Guido Petti Pagadizabal, 5- Tomas Lavanini, 6- Javier Ortega Desio, 7- Juan Martin Fernández Lobbe, 8- Facundo Isa, 9- Tomas Cubelli (c), 10- Nicolás Sánchez, 11- Juan Imhoff, 12- Juan Martín Hernández, 13- Marcelo Bosch, 14- Santiago Cordero, 15- Joaquin Tuculet.

Suplentes: 16-   Lucas Noguera, 17- Juan Pablo Orlandi, 18- Matías Alemanno, 19- Mariano Galarza, 20- Juan Manuel Leguizamón, 21- Martín Landajo, 22-  Santiago González Iglesias, 23- Lucas González Amorosino, 24- Leonardo Senatore, 25- Pablo Matera, 26- Jerónimo De la Fuente, 27- Matías Moroni, 28- Juan Pablo Socino, 29- Horacio Agulla.

 

wasps logo novoversus(8)samoa copy

12h30 – Wasps x Samoa, em Coventry

 

Japan-Rugbyversus(8)georgia copy copy copy copy

12h45 – Japão x Geórgia, em Gloucester

Árbitro: John Lacey (Irlanda)

 

Japão: 15 Ayumu Goromaru, 14 Yoshikazu Fujita, 13 Male Sa’u, 12 Craig Wing, 11 Hendrik Tui, 10 Harumichi Tatekawa, 9 Fumiaki Tanaka, 8 Ryu Koliniasi Holani, 7 Michael Broadhurst, 6 Michael Leitch (c), 5 Hitoshi Ono, 4 Luke Thompson, 3 Hiroshi Yamashita, 2 Shota Horie, 1 Masataka Mikami.

Suplentes –  16 Takayuki Watanabe, 17 Takeshi Kizu, 18 Kensuke Hatakeyama, 19 Shinya Makabe, 20 Amanaki Lelei Mafi, 21 Atsushi Hiwasa, 22 Kosei Ono, 23 Kotaro Matsushima.

 

Histórico: 3 jogos, 2 vitórias do Japão e 1 vitória da Geórgia. Último jogo: Geórgia 35 x 24 Japão, em 2014.

 

galesversus(8)italia copy copy

13h00 – Gales x Itália, em Cardiff

Árbitro: Jérôme Garcès (França)

 

Gales: 15 Leigh Halfpenny, 14 Alex Cuthbert, 13 Cory Allen, 12 Scott Williams, 11 George North, 10 Dan Biggar, 9 Rhys Webb, 8 Taulupe Faletau, 7 Sam Warburton, 6 James King, 5 Dominic Day, 4 Jake Ball, 3 Tomas Francis, 2 Ken Owens, 1 Gethin Jenkins.

Suplentes: 16 Kristian Dacey, 17 Paul James, 18 Aaron Jarvis, 19 Luke Charteris, 20 Ross Moriarty, 21 Gareth Davies, 22 Rhys Priestland, 23 Matthew Morgan.

 

Itália: 15 Andrea Masi, 14 Leonardo Sarto, 13 Luca Morisi, 12 Gonzalo Garcia, 11 Giovanbattista Venditti, 10 Tommaso Allan, 9 Edoardo Gori, 8 Sergio Parisse (c), 7 Francesco Minto, 6 Alessandro Zanni, 5 Joshua Furno, 4 Quintin Geldenhuys, 3 Martin Castrogiovanni, 2 Leonardo Ghiraldini, 1 Michele Rizzo.

Suplentes: 16 Andrea Manici, 17 Matias Aguero, 18 Lorenzo Cittadini, 19 Valerio Bernabò, 20 Samuela Vunisa, 21 Guglielmo Palazzani, 22 Carlo Canna, 23 Luke McLean.

 

Histórico: 22 jogos, 19 vitórias, 2 vitórias da Itália e 1 empate. Último jogo: Itália 20 x 61 Gales, em 2015 (Six Nations).

 

romênia copy copyversus(8)tonga copy

15h00 – Romênia x Tonga, em Bucareste

Árbitro: Pascal Gaüzère (França)

 

Tonga: 15 Telusa Veainu, 14 David Halaifonua, 13 Will Helu, 12 Siale Piutau, 11 Fetu’u Vainikolo, 10 Kurt Morath, 9 Sonatane Takulua, 8 Sione Kalamafoni, 7 Nili Latu, 6 Steve Mafi, 5 Joe Tuineau, 4 Tukulua Lokotui, 3 Halani Aulika, 2 Elvis Taione, 1 Soane Tonga’uiha.

Suplentes: 16 Paula Ngauamo, 17 Sona Taumalolo, 18 Sila Puafisi, 19 Hale T Pole, 20 Viliami Ma’afu, 21 Sosefo Ma’ake, 22 Latiume Fosita, 23 Vungakoto Lilo.

 

Histórico: 1 jogo, 1 vitória da Romênia. Último jogo: Romênia 19 x 18 Tonga, em 2013.

 

França vermelhoversus(8)escocia

16h00 – França x Escócia, em Paris – AO VIVO na TV5 MONDE

Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)

 

França: 15 Scott Spedding, 14 Yoann Huget, 13 Mathieu Bastareaud, 12 Wesley Fofana, 11 Noa Nakaitaci, 10 Frédéric Michalak, 9 Sébastien Tillous-Borde, 8 Louis Picamoles, 7 Damien Chouly, 6 Thierry Dusautoir (c), 5 Alexandre Flanquart, 4 Pascal Papé (c), 3 Rabah Slimani, 2 Guilhem Guirado, 1 Eddy Ben Arous.

Suplentes: 16 Dimitri Szarzewski, 17 Vincent Debaty, 18 Nicolas Mas, 19 Bernard le Roux, 20 Yannick Nyanga, 21 Morgan Parra, 22 Rémi Talès, 23 Alexandre Dumoulin.

 

Escócia: 15 Sean Maitland, 14 Tommy Seymour, 13 Mark Bennett, 12 Matt Scott, 11 Tim Visser, 10 Finn Russell, 9 Greig Laidlaw, 8 David Denton, 7 John Hardie, 6 Ryan Wilson, 5 Jonny Gray, 4 Richie Gray, 3 Willem Nel, 2 Ross Ford, 1 Alasdair Dickinson.

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Gordon Reid, 18 Jon Welsh, 19 Tim Swinson, 20 Alasdair Strokosch, 21 Sam Hidalgo-Clyne, 22 Duncan Weir, 23 Sean Lamont.

 

Histórico: 88 jogos, 51 vitórias da França, 34 vitórias da Escócia e 3 empates. Último jogo: França 15 x 8 Escócia, em 2015 (Six Nations).

 

usa_copyversus(8)australia%281%29

20h30 – Estados Unidos x Austrália, em Chicago

Árbitro: Jaco Peyper (África do Sul)

 

Estados Unidos: 15. Blaine Scully, 14. Takudzwa Ngwenya, 13. Seamus Kelly, 12. Thretton Palamo, 11. Chris Wyles(C), 10. AJ MacGinty, 9. Mike Petri, 8. Samu Manoa, 7. Andrew Durutalo, 6. Al McFarland, 5. Greg Peterson, 4. Cameron Dolan, 3. Titi Lamositele, 2. Zach Fenoglio, 1. Eric Fry

Suplentes; 16. Phil Thiel, 17. Olive Kilifi,18. Chris Baumann, 19. Louis Stanfill, 20. John Quill, 21. Danny Barrett, 22. Shalom Suniula, 23. Folau Niua

 

Austrália: 15 Kurtley Beale, 14 Joe Tomane, 13 Henry Speight, 12 Matt Giteau, 11 Rob Horne , 10 Bernard Foley, 9 Nick Phipps, 8 Wycliff Palu, 7 Sean McMahon, 6 Ben McCalman, 5 Rob Simmons, 4 Kane Douglas, 3 Greg Holmes, 2 Tatafu Polota-Nau, 1 James Slipper (c).

Suplentes: 16 James Hanson, 17 Scott Sio, 18 Toby Smith, 19 Dean Mumm, 20 Sam Carter, 21 Quade Cooper, 22 Will Genia, 23 Taqele Naiyaravoro.

 

Histórico: 7 jogos, 7 vitórias da Austrália. Último jogo: Austrália 67 x 5 Estados Unidos, em 2011.

 

Domingo, dia 6 de setembro

canada copy copyversus(8)fiji logo(8)

10h30 – Canadá x Fiji, em Londres

Árbitro: George Clancy (Irlanda)

 

Histórico: 9 jogos, 6 vitórias de Fiji e 3 vitórias do Canadá. Último jogo: Canadá 20 x 18 Fiji, em 2013 (Copa das Nações do Pacífico)

 

pais bascoversus(8)uru novo copy copy

12h00 – País Basco x Uruguai, em Getxo

 

Uruguai: 1 Mateo Sanguinetti, 2 German Kessler, 3 Oscár Durán (Captain), 4 Franco Lamanna, 5 Mathias Palomeque, 6 Juan De Freitas, 7 Fernando Bascou, 8 Agustín Alonso, 9 Alejo Durán, 10 Manuel Blengio, 11 Rodrigo Silva, 12 Alberto Román, 13 Joaquín Prada, 14 Francisco Bulanti, 15 Jeronimo Etcheverry

Suplentes: 16 Carlos Arboleya, 17 Mario Sagario, 18 Alejo Corral, 19 Jorge Zerbino, 20 Diego Magno, 21 Matias Beer, 22 Felipe Berchesi, 23 Santiago Gibernau

 

Foto: ©INPHO/Dan Sheridan

 

Comentários