ARTIGO COM VÍDEOS – Muitos jogos envolvendo seleções das Américas rolaram nesse sábado, mas todos resultando em derrotas dos times da região. O Canadá teve o maior desafio, encarando em Dublin e Irlanda, que vinha de vitória sobre os All Blacks. Os Canucks produziram um belo espetáculo, mas caíram, como esperado, por 52 x 21. O Uruguai, por sua vez, foi a Alemanha como favorito e perdeu para o time da casa no fim, 24 x 21, ao passo que os Estados Unidos caíram contra a Romênia por 23 x 10.

 

Quem também entrou em campo foi o Paraguai, na sexta, quando encarou a largada da quarta divisão do Campeonato Argentino, e sofreu duas derrotas para as humildes seleções da Terra do Fogo e de Formosa, dando adeus ao sonho de promoção.

 

- Continua depois da publicidade -

Em outros dos amistosos de sábado, a Espanha, diante de grande público, não resistiu a Tonga, 28 x 13, ao passo que Portugal “lavou a alma” vencendo a Bélgica por 26 x 21. Pelo Rugby Europe Trophy, a Moldávia venceu dérbi da ex União Soviética contra a Ucrânia, 54 x 15, em jogo que poderá beneficiar o Brasil no Ranking Mundial, enquanto a Tunísia foi derrotada em casa pelo Senegal na final da segunda divisão da Copa da África.

 

Amanhã, Coreia do Sul e Chile duelarão em Santiago (jogo domingo, e não sábado, como antes informado aqui).

 

Canadá “vende caro” derrota para a Irlanda

A Irlanda estava de ressaca de uma história vitória sobre a Nova Zelândia e voltou a jogar em Dublin com um time cheio de mudanças, dando oportunidades a mais atletas vestirem a camisa verde titular. O oponente, o Canadá, no entanto, não facilitou em nada a vida dos irlandeses, e deixou o placar se alargar apenas na reta final do jogo.

 

O Trevo começou tranquilo, abrindo 14 x 00 com tries de Keith Earls, aos 5′, e Luke Marshall, aos 21′. Mas, em interceptação esperta, DTH van der Merwe arrancou para o try que colocou o Canadá no páreo, aos 23′. A Irlanda se desconcentrou e os Canucks empataram a peleja pelas mãos de Taylor Paris, aos 28′, em jogada a partir de lateral. O 14 x 14 jogou a pressão sobre a Irlanda, que só chegou a seu terceiro try aos 38′, em boa troca de passes finaliza por Tiernan O’Halloran.

 

Os verdes arrancaram o quarto try a partir de penal try em scrum logo na relargada, mas o Canadá ainda tinha fôlego para se manter no páreo e, aos 58′, com o fullack Matt Evans, após por pressão em O’Halloran. Porém, o quarto final de jogo se provou insustentável para os visitantes, com o físico irlandês prevalecendo. Aos 62′, Dillane rompeu para o quinto try verde e, aos 67′, foi a vez de Marmion finalizar após pressão do pack irlandês. O Canadá já não conseguia mais resistir ao ritmo e a Irlanda fechou o jogo com mais dois tries, de O’Halloran  e Tracy.  52 x 21.

 

No sábado que vem, a Irlanda receberá a Nova Zelândia para o segundo duelo no mês e tentará repetir o que parecia possível para muitos. Já o Canadá visitará a Romênia.

 

irlanda copy52versus(12)21canada copy copy

Irlanda 52 x 21 Canadá, em Dublin

Árbitro: Marius van der Westhuizen (África do Sul)

 

Irlanda

Tries: O’Halloran (2), Earls, Marshall, penal try, Dillane, Marmion e Tracy

Conversões: Jackson (6)

15 Tiernan O’Halloran, 14 Craig Gilroy, 13 Garry Ringrose, 12 Luke Marshall, 11 Keith Earls, 10 Paddy Jackson, 9 Kieran Marmion, 8 Jack O’Donoghue, 7 Sean O’Brien, 6 Peter O’Mahony (c), 5 Billy Holland, 4 Ultan Dillane, 3 Finlay Bealham, 2 Sean Cronin, 1 Cian Healy;

Suplentes: 16 James Tracy, 17 Dave Kilcoyne, 18 John Ryan, 19 Donnacha Ryan, 20 Dan Leavy, 21 Luke McGrath, 22 Joey Carbery, 23 Niyi Adeolokun;

 

Canadá

Tries: Van der Merwe, Paris e Evans

Conversões: McRorie (3)

1 Djustice Sears-Duru 2 Ray Barkwill 3 Jake Ilnicki 4 Brett Beukeboom 5 Evan Olmstead 6 Kyle Baillie 7 Lucas Rumball 8 Aaron Carpenter (capt.) 9 Gordon McRorie 10 Connor Braid 11 Taylor Paris 12 Ciaran Hearn 13 Conor Trainor 14 DTH van der Merwe 15 Matt Evans;

Suplentes: 16 Eric Howard 17 Rob Brouwer 18 Matt Tierney 19 Admir Cejvanovic 20 Matt Heaton 21 Phil Mack 22 Patrick Parfrey 23 Nick Blevins;

Alemanha vence Uruguai no primeiro jogo entre as seleções

Pela primeira vez na história, Alemanha e Uruguai se enfrentaram no rugby. Uruguai é uma seleção que já disputou Copas do Mundo, a Alemanha, ainda não. A Alemanha perdeu sua chance de ir à última Copa do Mundo em uma disputa com a Rússia, que foi eliminada justamente pelo Uruguai. Quis o destino que não se enfrentassem antes e hoje, em Frankfurt, elas se enfrentaram.

 

O jogo foi disputado ponto a ponto, metro a metro. Uruguai abriu o placar e a Alemanha sempre no encalço. Uruguai obtinha vantagem no placar, mas a Alemanha sempre empatava e em uma oportunidade conseguiu virar o placar: para 21 x 18. Próximo do fim do jogo, Uruguai empatou. Mas no último lance da partida, em um chute penal cobrado por Chris Hilsenbeck, a Alemanha vence a partida por 24 x 21.

 

Agora a Alemanha recebe o Brasil no próximo sábado, dia 19, e o Uruguai enfrentará a Espanha no mesmo dia 19.

 

alemanha logo aguia24versus(12)21uru novo copy copy

Alemanha 24 x 21 Uruguai, em Frankfurt

Árbitro: Lloyd Linton (Escócia)

Tonga bate Espanha em Madri

Jogando em Madri, diante de 12.500 torcedores, a Espanha recebeu Tonga em um de seus maiores desafios recentes e não resistiu à pressão física dos polinésios, apesar de fazer um bom jogo. 28 x 13 para Tonga, com 14 x 3 (dois tries) no primeiro tempo. A Espanha encostou no marcador com um try no começo da segunda etapa, mas Tonga se impôs com mais dois tries.

 

Tonga mede forças com os Estados Unidos no próximo sábado, em campo neutro, em San Sebastián, na Espanha, ao passo que os Leões espanhóis receberão o Uruguai em Málaga.

 

espanha(3)13versus(12)28tonga copy

Espanha 13 x 28 Tonga, em Madri

Árbitro: Shuhei Kubo (Japão)

 

Portugal prova sua força

O orgulho do rugby português esteve ferido neste ano após rebaixamento para o “Six Nations C” e outro rebaixamento na Série Mundial de Sevens. Jogando em Setúbal, os Lobos afastaram os problemas e venceram a Bélgica (que subiu no lugar de Portugal para jogar o próximo Rugby Europe Championship, o “Six Nations B”) por 26 x 21. Os portugueses abriram 26 x 00, com tries de Gonçalo Foro (duas vezes), Tomás Appleton e Francisco Pinto Magalhães, mas sofreram a reação dos Diabos Negros no fim.

 

No próximo sábado, Portugal enfrenta a Suíça, em seu primeiro jogo pelo Rugby Europe Trophy.

 

portugal(1)26versus(12)21belgica logo

Portugal 26 x 21 Bélgica, em Setúbal

Árbitro: Iñigo Atorrasagasti (Espanha)

 

Romênia quebra jejum e derrota Estados Unidos

A Romênia não derrotava os Estados Unidos desde a Copa do Mundo de 1999 e, finalmente, reencontrou o sabor da vitória sobre as Águias. 23 x 10 em Bucareste, com direito a um grande primeiro tempo romeno. Foram três tries antes do intervalo para os donos da casa, como segunda linha Van Heerden, aos 6′, o fullback Fercu, aos 10′, em verdadeira blitz inicial, e o asa Lucaci, aos 31′. O abertura Holder, aos 51′, ensaiou a reação americana, mas a força do pack romeno garantiu a vantagem até o fim.

 

Os romenos receberão os canadenses no próximo sábado, enquanto os Estados Unidos irão encarar na Espanha, em solo neutro, Tonga.

 

romênia copy copy23versus(12)10estados unidos

Romênia 23 x 10 Estados Unidos, em Bucareste

Árbitro: Paul Williams (Nova Zelândia)

 

Ucrânia flerta com rebaixamento no Rugby Europe Trophy

Três partidas ainda movimentaram a Europa pelas divisões inferiores da Rugby Europe. Jogando pelo Trophy, o “Six Nations C”, a Ucrânia conheceu sua terceira derrota seguida e agora se vê fortemente ameaçada de rebaixamento. Desta vez, os ucranianos enfrentaram seus vizinhos da Moldávia, em clássico regional, e foram atropelados, 54 x 15.

 

Uma divisão abaixo, na Conference 1, duas partidas agitaram a tabela. Pelo Gruo Norte, a República Tcheca conquistou apertada vitória e casa sobre a Lituânia, 15 x 06, e segue na liderança, ao passo que Israel derrotou fora de casa Chipre por 38 x 28 e seguiu na briga no Grupo Sul.

 

rugby europe copyrwc 2019

Rugby Europe Trophy – 2ª divisão da Rugby Europe – Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019

Moldávia 54 x 15 Ucrânia, em Balti

 

SeleçãoJogosPontos
Portugal524
Holanda515
Suíça513
Polônia512
Moldávia56
Ucrânia50
- Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
- Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto

- Campeão - classificado à Repescagem de Promoção contra o último colocado do Rugby Europe Championship (1ª divisão) e classificado ao mata-mata da Repescagem Europeia das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019;
- Último colocado - Rebaixado à Conference 1 (3ª divisão);

 

Rugby Europe Conference 1 – Grupo Sul – 3ª divisão da Rugby Europe – Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019

Chipre 28 x 38 Israel, em Paphos

 

PaísApelidoJogosPontos
Nova ZelândiaAll Blacks630
AustráliaWallabies613
África do SulSpringboks610
ArgentinaPumas605

 

Rugby Europe Conference 1 – Grupo Norte – 3ª divisão da Rugby Europe – Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019

República Tcheca 15 x 06 Lituânia, em Praga

 

EquipeCidade (Estado)PtsEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4
CuritibaCuritiba (PR)7918182518
NiteróiNiterói (RJ)7721250625
São JoséSão José dos Campos (SP)7525210821
SPACSão Paulo (SP)5715151512
DeltaTeresina (PI)4704122110
Band SaracensSão Paulo (SP)4610101808
DesterroFlorianópolis (SC)3812081206
CharruaPorto Alegre (RS)3506041015
VitóriaVitória (ES)2208060404
BH RugbyBelo Horizonte (MG)1203030303
ToledoToledo (PR)4020002
MelinaCuiabá (MT)300020001
Leoas da ParaisópolisSão Paulo (SP)30102
USPSão Paulo (SP)101000000
CentaurosEstrela (RS)101
GoianosGoiânia (GO)00000
TsunamiSão Paulo (SP)00000
GuarulhosGuarulhos (SP)0000000
MaringáMaringá (PR)000
WallysLouveira (SP)000
Rio RugbyRio de Janeiro (RJ)000

 

Senegal promovido para a elite africana

Teve rugby na África também. Em Monastir, na Tunísia, a seleção da casa falhou em sua tentativa de voltar à primeira divisão da Copa da África. Na grande final da segunda divisão africana, a Tunísia sucumbiu diante de Senegal com um penal no apagar das luzes, 15 X 14, que garantiu a promoção dos senegaleses para a elite em 2017. Assim, a primeira divisão africana do ano que vem deverá contar com Namíbia, Quênia, Zimbábue e Senegal. Como é a primeira divisão de 2018 que valerá vaga na Copa do Mundo de 2019, a Tunísia ainda está viva nas eliminatórias.

 

rugby afrique

Copa da África – 1ª Divisão B – 2ª divisão da Copa da África

Final

Tunísia 14 x 15 Senegal, em Monastir

 

Paraguai decepciona na quarta divisão argentina

Na sexta-feira, o Paraguai fez sua estreia no Campeonato Argentino de Seleções Provinciais, disputando o sui generis Super 9, a quarta divisão. Diferente de tudo que se conhece, o Super 9 é jogado ao longo de apenas dois dias, em sede única, com 9 equipes sendo distribuídas em 3 grupos com 3 times cada. Todos os jogos da primeira ocorrem na sexta-feira, com cada equipe fazendo dois jogos de 20 minutos por 20 minutos cada.

 

Jogando na cidade de Posadas, capital de Misiones, o Paraguai decepcionou profundamente, perdendo suas duas partidas e deixando escapar as chances de ser promovido. Foram insucessos diante da Terra do Fogo, 19 x 10, e da vizinha Formosa, 9 x 3. No domingo, os primeiros colocados de cada grupo farão o triangular final pelo título, enquanto os segundos colocados jogarão triangular pelo quarto lugar e os terceiros colocados lutarão contra a última colocação, novamente com duas partidas de 20 minutos por 20 minutos para cada time. O Paraguai terá pela frente Jujuy e Santa Cruz, ao passo que o título será disputado entre Misiones, Austral e Terra do Fogo.

 

super 9 argentino

Super 9 – 4ª divisão do Campeonato Argentino – em

1ª fase – Sexta, dia 11/11 (jogos de 20 min x 20 min)

Grupo 1

Misiones 61 x 00 Jujuy

Andina 43 x 07 Jujuy

Misiones 16 x 10 Andina

 

Grupo 2

Austral 45 x 00 Santa Cruz

San Luis 36 x 00 Santa Cruz

Austral 46 x 00 San Luis

 

Grupo 3

Tierra del Fuego 19 x 10 Paraguai

Tierra del Fuego 09 x 06 Formosa

Formosa 09 x 03Paraguai

 

Fase finalDomingo, dia 13/11 (jogos de 20 min x 20 min)

Disputa de 7º lugar: Paraguai, Santa Cruz e Jujuy

Disputa de 4º lugar: Formosa, San Luis e Andina

Triangular Final (disputa de 1º lugar): Tierra del Fuego, Austral e Misiones

 

Foto: Uruguai x Alemanha – DRV Facebook