ARTIGO COM VÍDEOS – O Uruguai é campeão do Campeonato Sul-Americano de 2017! Os Teros receberam e derrotaram o Chile neste sábado por 27 x 11, assegurando sua classificação à fase decisiva da zona americana das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019 . No ano que vem, os uruguaios irão enfrentar quem perder da série de duas partidas entre Estados Unidos e Canadá, que acontece no mês que vem, valendo vaga no Mundial.

 

Os Teros impuseram seu jogo no começo, com Felipe Berchesi conquistando o primeiro try logo aos 10′ e Leivas marcando o segundo aos 16′. 14 x 00 logo de saída. Berchesi ainda ampliou a vantagem na base dos penais e o Uruguai somava 20 x 00 antes do intervalo.

 

- Continua depois da publicidade -

O Chile somente conseguiu somar na volta dos vestiários, com penal aos 43′. Mas o Uruguai logo definiria seu triunfo com o terceiro try, pelas mãos de Rodrigo Silva. Antes do fim, Francisco De La Fuente correu para o try de honra dos Cóndores, mas sem tempo para a virada. 27 x 11 e Teros, sem sustos, subiram mais um degrau.

 

Foi o terceiro título dos Teros em quatro edições desde a saída da Argentina do Sul-Americano.  O Chile segue sem bater o Uruguai em Montevidéu desde 1971.

 

uru novo copy copy27versus copiar11

Uruguai 27 x 11 Chile, em Montevidéu

 

Uruguai

Tries: Berchesi, Leivas e Silva

Conversões: Berchesi (3)

Penais: Berchesi (2)

1 Mateo Sanguinetti, 2 Martín Espiga, 3 Mario Sagario, 4 Ignacio Dotti, 5 Manuel Leindekar, 6 Juan Manuel Gaminara (c), 7 Franco Lamanna, 8 Alejandro Nieto, 9 Agustín Ormaechea, 10 Felipe Berchesi, 11 Gastón Mieres, 12 Andrés Vilaseca, 13 Juan Manuel Cat, 14 Leandro Leivas, 15 Rodrigo Silva;

Suplentes
: 16 Germán Kessler, 17 Matías Benítez, 18 Juan Echeverría, 19 Gonzalo Soto, 20 Diego Magno, 21 Santiago Arata, 22 Germán Albanell, 23 Santiago Hernández;

 

Chile

Try: De La Fuente

Penais: González Moller (1) e Urroz (1)

1 José Ramón Ayarza, 2 Manuel Gurruchaga, 3 José Tomás Munita, 4 Pablo Huete, 5 Mario Mayol, 6 Ignacio Silva, 7 Anton Petrowitsch, 8 Benjamín Soto, 9 Jan Hasenlachner, 10 Francisco González, 11 Franco Velarde, 12 Francisco de la Fuente, 13 Matías Nordenflycht, 14 Felipe Brangier, 15 Tomás Ianiszewski;

Suplentes: 16 Tomás Dussaillant, 17 Vittorio Lastra, 18 Maximiliano Hurtado, 19 Nikola Bursic, 20 Alfonso Rioja, 21 Beltrán Vergar, 22 Francisco Urroz, 23 José Ignacio Larenas;

 

EquipeApelidoPJVED4+-7PPPCSP
UruguaiTeros153300301135756
ChileCóndores9320110924448
BrasilTupis6310211946232
ParaguaiYakarés030030032168-136

 

Alemanha ganha pontos valiosos no Ranking Mundial

Nairóbi, capital queniana, recebeu neste sábado o primeiro jogos da série internacional de amistosos. O Quênia, 23º do mundo, encarou a Alemanha, 25º, e os dois produziram uma partida empolgante decidida com um try e um drop goal alemães no apagar das luzes. 30 x 29 que renderão à Alemanha mais posições no Ranking.

 

quenia copy copy29versus copiar30

Quênia 29 x 30 Alemanha, em Nairóbi

Árbitro: Cwengile Jadezweni (África do Sul)


 

Quênia: 1 Moses Amusala, 2 Peter Karia, 3 Dennis Karani, 4 Wilson Kopondo (c), 5 Simon Muniafu, 6 Eric Kerre, 7 Davies Chenge, 8 Martin Owila, 9 Samson Onsomu, 10 Biko Adema, 11 Jacob Ojee, 12 Patrice Agunda, 13 David Ambunya, 14 Darwin Mukidza, 15 Tony Onyango;

Suplentes: 16 Bram Mayaka, 17 Philip Ikambili, 18 Oscar Simyu, 19 Oliver Mangeni, 20 George Nyambua, 21 Kevin Masai, 22 Leo Seje, 23 Dennis Muhanji;

 

Alemanha: 1 Julius Nostadt, 2 Mika Tyumenev, 3 Samy Füchsel, 4 Eric Marks, 5 Michael Poppmeier (c), 6 Kehoma Brenner, 7 Jaco Otto, 8 Jarrid Els, 9 Tim Menzel, 10 Christopher Hilsenbeck, 11 Mathieu Ducau, 12 Raynor Parkinson, 13 Marcel Coetzee, 14 Ben Ellermann, 15 Harris Aounallah;

 

Tchecos preparados para encararem Portugal

Em Praga, a República Tcheca, campeã da terceira divisão da Rugby Europe, recebeu a Hungria, campeã da quarta divisão, em partida válida pelo mata-mata da repescagem europeia para a Copa do Mundo de 2019. O jogo foi de um time só, com os tchecos prevalecendo por 47 x 19 como esperado.

 

Na próxima fase, a República Tcheca visitará em novembro Portugal, campeão do “Six Nations C”, a segunda divisão da Rugby Europe. Quem vencer irá encarar em 2018 o segundo colocado entre a Romênia, Rússia, Espanha, Alemanha e Bélgica, em partida que valerá a vaga europeia na Repescagem Mundial das Eliminatórias.

 

47versus copiar19

República Tcheca 47 x 19 Hungria, em Praga

 

Hong Kong se firma como segunda força asiática

Na Ásia, o sábado foi do primeiro confronto entre Coreia do Sul e Hong Kong, pela penúltima jornada do Campeonato Asiático de 2017. Jogando em casa, a Coreia foi totalmente dominada por Hong Kong, que se impôs or 43 x 17. As duas seleções se enfrentarão no próximo sábado no encerramento do torneio. O título já é do Japão e não haverá rebaixamento neste ano.

 

17versus copiar43hong kong rfu logo

Coreia do Sul 17 x 43 Hong Kong, em Yesan

 

SeleçãoJogosPontos
Japão419
Hong Kong410
Coreia do Sul401
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 4 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

 

México e Trinidad e Tobago triunfam no Rugby Americas North Championship

No Campeonato da América do Norte e Caribe, dois jogos movimentaram a rodada, com México e Trinidad e Tobago comemorando. Las Serpientes mexicanas bateram os Panthers, a seleção de desenvolvimento do Sul dos Estados Unidos, por 36 x 30, em um grande jogo em Puebla. Já os trinitenses derrotaram seus vizinhos de Barbados por 36 x 16, eliminando o rival da luta pelo título.

 

Rugby Americas North Championship – Campeonato da América do Norte e Caribe

México 36 x 30 USA South, em Puebla

Trinidad e Tobago 36 x 16 Barbados, em Port of Spain

 

SeleçãoJogosPontos
Grupo Norte
USA South312
Ilhas Cayman310
México310
Bermuda300
Grupo Sul
Guiana209
Trinidad e Tobago206
Barbados201

 

Foto: Uruguai x Chile – URU

2 COMENTÁRIOS

  1. Algumas conclusões deste sul-americano na minha humilde opinião: 1- uru/bra/chi continuam evoluindo; 2- o Uruguai mantém a liderança firme, mas bra/chi estão no retrovisor; 3- bra/chi estamos praticamente no mesmo nível, e os jogos agora serão decididos nos detalhes; 4- o Brasil evoluiu em todos os fundamentos desde os jogos com a Alemanha/15, mas focaria agora no scrum. 5- o Paraguai precisa achar um saída, raça, Honra e coração só duram 20 minutos neste nível.