Vai começar o Grand Prix Europeu de Sevens, valendo vaga no Rio 2016

Nesse sábado e domingo, a Europa volta suas atenções ao seven-a-side masculino, pois começa a temporada 2015 do Grand Prix Europeu, a primeira divisão do circuito europeu de sevens masculino, valendo, desta vez, vaga direta a seu campeão nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Moscou, capital da Rússia, receberá a primeira etapa do circuito, que conta com três etapas. Após Moscou, as seleções vão a Lyon, na França, nos dias 13 e 14 de junho, e a Exeter, na Inglaterra, nos dias 11 e 12 de julho.

 

O Grand Prix Europeu Masculino reúne as 12 melhores seleções do continente. Neste ano, estão na elite europeia França (atual campeã), Inglaterra, Gales, Portugal, Rússia, Espanha, Bélgica, Itália, Geórgia, Alemanha, Romênia e Lituânia (promovida da segunda divisão). Dessas doze equipes, Inglaterra e Gales, além da Escócia, não disputam vaga nos Jogos Olímpicos, uma vez que a seleção britânica já está garantida por conta do quarto lugar obtido pelo ingleses na temporada da Série Mundial de Sevens 2014-15. Os escoceses, inclusive, desistiram do Grand Prix Europeu, como política de corte de gastos.

 

As demais dez seleções jogam por um lugar no Rio 2016, com o campeão garantindo vaga direta e com o segundo colocado se classificando ao torneio Pré-Olímpico mundial, que acontece no ano que vem e valerá a última vaga no Rio. A Europa ainda terá mais duas vagas no Pré-Olímpico mundial – informação ainda a ser oficializada – e tais vagas serão definidas por meio de um torneio a ser realizado em Lisboa, Portugal, nos dias 18 e 19 de julho, envolvendo doze seleções: as oito equipes que não garantirem classificação ao Rio 2016 por meio do Grand Prix e mais quatro seleções vindas da segunda e terceira divisões da Europa, que também serão disputadas nos meses de junho e julho.

 

A segunda divisão começará já nesse fim de semana, com a primeira das duas etapas rolando em Esztergom, na Hungria, ao passo que a etapa final será em Gdansk, na Polônia, nos dias 20 e 21 de junho. Já a quarta divisão ocorre também nos dias 6 e 7 de junho, em Zenica, na Bósnia, valendo vaga no torneio único da terceira divisão, que ocorre em Zagreb, na Croácia, nos dias 20 e 21 deste mês, com destaque para a entrada da Irlanda, finalmente, no sevens europeu. Por sua vez, o Grand Prix Feminino terá início no próximo fim de semana, em Kazan, na Rússia, tendo o mesmo sistema de disputas do masculino.
 
Além do Rio 2016, o Grand Prix também vale as tradicionais vagas no Hong Kong Sevens, a segunda divisão mundial no ano que vem. Porém, ainda não houve nenhuma confirmação oficial sobre o torneio de Hong Kong em 2016, com especulações sobre a criação de um circuito propriamente para a segunda divisão da Série Mundial de Sevens. Caso o sistema atual seja mantido, o Grand Prix também valerá duas vagas no Hong Kong Sevens para as seleções europeias que não estão na elite mundial. Em 2015-16, jogarão a Série Mundial de Sevens os seguintes europeus: Inglaterra, Escócia, Gales, França, Portugal e Rússia. Por fim, ainda há a disputa contra o rebaixamento no Grand Prix, destinado ao último colocado após as três etapas.

 

Em Moscou, as partidas terão como palco o grandioso estádio Luzhniki, palco da Copa do Mundo de Sevens de 2013. As 12 seleções foram divididas em 3 grupos com 4 equipes cada, e os dois primeiros colocados de cada grupo, mais os dois melhores terceiros colocados, avançam às quartas de final.

 

Grupo A: França, Gales, Geórgia e Romênia

Grupo B: Inglaterra, Portugal, Bélgica e Lituânia

Grupo C: Rússia, Espanha, Alemanha e Itália

 

Quer saber mais sobre os demais torneios pré-olímpicos? Clique aqui.

 

Circuito Europeu Masculino de Sevens

Grand Prix Europeu – 1ª Divisão

6 e 7 de junho – 1ª etapa – em Moscou, Rússia

13 e 14 de junho – 2ª etapa – em Lyon, França

11 e 12 de julho – 3ª etapa – em Exeter, Inglaterra

Seleções: França, Inglaterra, Gales, Portugal, Rússia, Espanha, Bélgica, Itália, Geórgia, Alemanha, Romênia e Lituânia

 

18 e 19 de julho – Repescagem Europeia – em Lisboa, Portugal

 

Division A – 2ª Divisão

06 e 07 de junho – 1ª etapa – em Esztergom, Hungria

20 e 21 de junho – 2ª etapa – em Gdansk, Polônia

Seleções: Polônia, Chipre, Ucrânia, Suécia, Letônia, Israel, Moldávia, Dinamarca, República Tcheca e Hungria

 

Division B – 3ª Divisão

20 e 21 de junho – etapa única – em Zagreb, Croácia

Seleções: Croácia, Bulgária, Suíça, Noruega, Eslovênia, Eslováquia, Grécia + 5 equipes vindas da Division C

 

Division C – 4ª Divisão

06 e 07 de junho – etapa única – em Zenica, Bósnia-Herzegóvina

Seleções: Irlanda, Bósnia-Herzegóvina, Turquia, Estônia, Sérvia, Bielorrússia, Áustria, Islândia, Montenegro, Liechteinstein, San Marino e Malta.

 

Não se inscreveram: Escócia, Holanda, Andorra, Finlândia, Luxemburgo, Mônaco e Azerbaijão

 

Circuito Europeu Feminino de Sevens

Grand Prix Europeu – 1ª Divisão

13 e 14 de junho – 1ª etapa – em Kazan, Rússia

20 e 21 de junho – 2ª etapa – em Brive, França

Seleções: Rússia, França, Inglaterra, Holanda, Espanha, Portugal, Itália, Irlanda, Gales, Alemanha, Ucrânia e Escócia

 

18 e 19 de julho – Repescagem Europeia – em Lisboa, Portugal

 

Division A – 2ª Divisão

13 e 14 de junho – etapa única – em Kaunas, Lituânia

Seleções: Bélgica, Suécia, Romênia, Geórgia, Moldávia, Finlândia, República Tcheca, Polônia, Suíça, Noruega, Hungria e Lituânia

 

Division B – 3ª Divisão

20 e 21 de junho – etapa única – em Zagreb, Croácia

Seleções: Dinamarca, Croácia, Israel, Letônia, Malta, Turquia, Eslováquia, Luxemburgo, Bulgária, Sérvia, Áustria e Eslovênia

Comentários