Vai começar o Nacional de Clubes na Argentina! Saiba como é o rugby de clubes por lá

Passados os compromissos pelo Americas Rugby Championship, a Argentina segue apaixonada torcendo pelos Jaguares no Super Rugby. Porém, a partir dessa quinta-feira, dia 24, feriado na Argentina, as atenções do rugbier do país vizinho irão se dividir entre o Super Rugby e o Nacional de Clubes, mais importante competição de clubes amadores do país, que terá seu pontapé inicial.

 

Na Argentina, o rugby de clubes é amador, sendo que as remunerações a atletas são ilegais, a fim de se manter o espírito amador do jogo. Até 1993, a Argentina não possuía um campeonato nacional de clubes, sendo que os clubes jogavam apenas suas ligas locais. A partir de 1993, com o fortalecimento dos clubes do interior, foi lançado o Nacional de Clubes, que já passou por vários formatos e foi completamente remodelado em 2014, quando assumiu sua forma atual.

 

Seu formato se assemelha ao da Copa Europeia. Nenhum clube está previamente assegurado nele, pois a classificação ao Nacional de Clubes ocorre por meio das ligas regionais. A Argentina possui um total de 8 campeonatos regionais, que cobrem todo o território nacional. Têm vaga no Nacional de Clubes hoje os 7 primeiros colocados do URBA Top 14, o Torneio de Buenos Aires, os 3 primeiros colocados do Torneio do Centro, de Córdoba e região, os 3 primeiros colocados do Torneio do Litoral, que reúne clubes de Rosario, Santa Fe e Entre Ríos, e os 2 primeiros colocados do Torneio do Noroeste, que envolve equipes de Tucumán, Salta, Jujuy e Santiago del Estero.

 

Os clubes das demais províncias têm vaga no Torneio do Interior, a segunda divisão para clubes de todo país, exceto Buenos Aires. O campeonato do clube campeão do Torneio Interior adquire uma vaga extra no Nacional de Clubes e para 2016 essa vaga extra ficou com o Torneio do Noroeste. O campeonatos do Oeste, Pampas, Patagônia e Nordeste terão vaga somente no Torneio do Interior. A novidade em 2016 é a entrada de clubes do Uruguai no Torneio do Interior B, a terceira divisão. As equipes de Buenos Aires (URBA) não classificadas ao Nacional de Clubes disputarão a fase classificatória para o URBA Top 14 (no qual já estão garantidos os 7 clubes que estão no Nacional de Clubes).

 

O Nacional de Clubes tem um formato bem simples: 16 clubes, divididos em 4 grupos com 4 clubes cada, que se enfrentam em turno e returno dentro de seus grupos, totalizando 6 rodadas. Os dois primeiros colocados de cada grupo avançarão às quartas de final. A grande final ocorre no dia 21 de maio. E a partir de junho começam as competições regionais, valendo vaga no Nacional seguinte.

 

Para 2016, o favoritismo está novamente com os grandes clubes de Buenos Aires, em especial com o Hindú, campeão de 2015 de tudo, do Nacional de Clubes e do URBA Top 14. Newman, CUBA e Belgrano são os mais fortes concorrentes vindos de Buenos Aires, mas o interior também fará dura oposição, em especial o laureado Duendes, de Rosario, campeão do Litoral, o Tucumán RC, campeão do Noroeste, e a dupla forte de Córdoba, Tala e La Tablada.

 

Grupo A: Hindú (URBA), Universitario (Tucumán/Noroeste), Atlético del Rosario (URBA), Gimnasia y Esgrima (Rosario/Litoral)

Grupo B: CUBA (URBA), Tala (Córdoba/Centro), Duendes (Rosario/Litoral), Tucumán Lawn Tennis (Tucumán/Noroeste)

Grupo C: Newman (URBA), La Plata (URBA), CRAI (Santa Fe/Litoral), La Tablada (Córdoba/Centro)

Grupo D: Tucumán (Tucumán/Noroeste), Belgrano Athletic (URBA), San Luis (URBA), Urú Curé (Córdoba/Centro)

 

Lista de campeões do Nacional de Clubes

1 – Hindú (Don Torcuato, Buenos Aires/URBA) – 6 títulos

2 – SIC (San Isidro, Buenos Aires/URBA) – 4 títulos

3 – Duendes (Rosario/Litoral) – 3 títulos

4 – Alumni (Tortuguitas, Buenos Aires/URBA) – 1 título

CASI (San Isidro, Buenos Aires/URBA) – 1 título

CUBA (Buenos Aires/URBA) – 1 título

Jockey Club de Rosario (Rosario/Litoral) – 1 título

La Plata (La Plata/URBA) – 1 título

San Cirano (Villa Celina, Buenos Aires/URBA) – 1 título

San Luis (La Plata/URBA) – 1 título

La Tablada (Córdoba/Centro) – 1 título

 

Títulos por província

1 – URBA – 16 títulos

2 – Rosario – 4 títulos

3 – Córdoba – 1 título

 

Competições de clubes na Argentina

Março a maio

1ª divisão

Nacional de Clubes: 7 melhores de Buenos Aires (URBA Top 14), 3 melhores do Litoral, 3 melhores do Centro e 3 melhores do Noroeste.

 

2ª divisão

Torneio do Interior A: 4 clubes do Noroeste, 3 do Centro, 3 do Litoral, 3 do Oeste e 3 do Pampeano. O clube campeão garante 1 lugar a mais para sua região no Nacional de Clubes seguinte. Clique aqui para ver os grupos de 2016.

URBA Grupo I (apenas Buenos Aires): 20 clubes (dois grupos de 10), jogando por 7 vagas no URBA Top 14 do mesmo ano;

 

3ª divisão

Torneio do Interior B: 3 clubes do Noroeste, 3 do Oeste, 2 do Centro, 2 do Litoral, 2 do Pampeano, 2 do Nordeste, 2 da Patagônia e 2 do Uruguai. O clube campeão garante 1 lugar a mais para sua região no Torneio do Interior A seguinte. Clique aqui para ver os grupos de 2016;

URBA Grupo II: 24 clubes (dois grupos de 12), jogando por 13 vagas no Torneio “Reubicación” do mesmo ano

 

Junho a Outubro

URBA Top 14 (Buenos Aires): Divisão máxima de Buenos Aires, com 14 clubes (os 7 que jogaram o Nacional de Clubes e os 7 melhores do URBA Grupo I). Os 7 primeiros garantem vaga no Nacional de Clubes do ano seguinte. Os 7 piores jogarão o URBA Grupo I;

Reubicación (Buenos Aires): 26 clubes (dois grupos de 13), que jogam por 13 vagas no URBA Grupo I do ano seguinte;

Torneio do Centro: Divisão máxima de Córdoba e Andina (La Rioja e Catamarca);

Torneio do Litoral: Divisão máxima de Rosario, Santa Fe e Entre Ríos;

Torneio do Noroeste: Divisão máxima de Tucumán, Salta, Santiago del Estero e Jujuy;

Torneio do Oeste: Divisão máxima de Cuyo (Mendoza), San Juan e San Luis;

Torneio Pampeano: Divisão máxima de Mar del Plata, Oeste de Buenos Aires e Sur (Bahia Blanca e La Pampa);

Torneio do Nordeste: Divisão máxima do Nordeste (Corrientes e Chaco), Misiones e Formosa;

Torneio Patagônico: Divisão máxima das províncias da Patagônia (Alto Valle, Lagos, Chubut, Austral, Santa Cruz e Terra do Fogo).

 

Novembro

Campeonato Argentino – seleções provinciais de XV

 

Dezembro

Seven de la República – seleções provinciais de sevens

 

mapa ligas argentinas

Comentários