Vai ser dada a largada para a Currie Cup 2015, o Campeonato Sul-Africano

Pode ter The Rugby Championship e Copa do Mundo, mas quem disse que o rugby não estará fervendo em solo sul-africano neste segundo semestre? No dia 7 de agosto, será dada a largada para a ABSA Currie Cup 2015, o centenário Campeonato Sul-Africano. Disputado desde 1889 pelas seleções provinciais da África do Sul, a Currie Cup pode ter deixado de ser a mais importante competição do país a partir de 1996, quando foi criado o Super Rugby, mas segue prestigiada e atraindo multidões aos estádio. No ano passado, a média de público foi de 11.125 torcedores por jogo, perdendo somente para Super Rugby, Top 14 e Premiership, e o grande campeão foi o Western Province, da Cidade do Cabo, que bateu na final o Lions por 19 x 16, chegando à incrível marca de 34 títulos sul-africanos, o maior campeão da história.

 

A competição de 2015 contará com oito equipes, cada uma filiada a uma das seis franquias sul-africanos do Super Rugby. Os oito times se enfrentam em um total de dez rodadas na primeira fase, com cada equipe enfrentando todos os oponentes ao menos uma vez e mais outros três times uma segunda vez. Ao final da temporada regular, os quatro primeiros colocados avançarão às semifinais, com vantagem de mando de jogo no mata-mata para as equipes com melhor classificação. Das oito equipes, seis têm imunidade com relação ao rebaixamento, por serem donas majoritárias das franquias do Super Rugby: Western Province (Stormers), Blue Bulls (Bulls), Golden Lions (Lions), Natal Sharks (Sharks), Free State Cheetahs (Cheetahs) e Eastern Province Kings (Kings). As outras duas equipes, Mpumalanga Pumas e Griquas, lutarão contra o rebaixamento, destinado ao pior entre os dois times (entretanto, se ambos se classificarem às semifinais, não haverá rebaixamento).

 

Por conta da Copa do Mundo, neste ano nenhum atleta convocado para os Springboks poderá disputar a Currie Cup, que seguirá com suas disputa normalmente durante o período do Mundial, com sua final marcada para o dia 24 de outubro. Com isso, os times aguardam a convocação final do técnico Heyneke Meyer para saberem com quais atletas poderão contar a longo do torneio. Quem tiver menos atletas na seleção sul-africana poderá sair em vantagem na disputa do campeonato, o que significa que o resultado do Super Rugby pouco dirá sobre o potencial desempenho das equipes da Currie Cup. Pelo Super Rugby, a vantagem seria de Stormers, Bulls e Lions, mas sem os Springboks quem poderá crescer é o Cheetahs, que teve o pior desempenho no primeiro semestre. O Sharks, por outro lado, engana, pois, apesar da fraca campanha no Super Rugby, deverá perder atletas importantes para a seleção. Kings, Pumas e Griquas são as forças menores da competição e devem correr por fora.

 

blue bulls

Blue Bulls

Cidade/Estádio: Pretória – Loftus Versfeld (51.700 lugares)

Filiação no Super Rugby: Bulls

Títulos: 3 títulos do Super Rugby, 23 títulos da Currie Cup e 3 títulos da Vodacom Cup

2014: 4º lugar (semifinalista)

 

Free_State_Cheetahs_logo

Free State Cheetahs

Cidade/Estádio: Bloemfontein – Free State Stadium (46.000 lugares)

Filiação no Super Rugby: Cheetahs

Títulos: 4 títulos da Currie Cup e 1 título da Vodacom Cup

2014: 5º lugar

 

griquas

Griquas

Cidade/Estádio: Kimberley – Griquas Park (11.000 lugares)

Filiação no Super Rugby: Cheetahs

Títulos: 3 títulos da Currie Cup e 5 títulos da Vodacom Cup

2014: 7º lugar

 

eastern province kings

Eastern Province Kings

Cidade/Estádio: Porto Elizabeth – Nelson Mandela Bay Stadium (46.000 lugares)

Filiação no Super Rugby: Kings (retorna em 2016)

Títulos: 0

2014: 8º lugar

 

golden lions(1)

Golden Lions

Cidade/Estádio: Joanesburgo – Ellis Park (62.000 lugares)

Filiação no Super Rugby: Lions

Títulos: 10 títulos da Currie Cup e 5 títulos da Vodacom Cup

2014: Vice-campeão

 

mpumalanga pumas

Mpumalanga Pumas

Cidade/Estádio: Nelspruit – Mbombela Stadium (40.900 lugares)

Filiação no Super Rugby: Lions

Títulos: 1 titulo da Vodacom Cup

2014: 6º lugar

 

natal sharks

Natal Sharks

Cidade/Estádio: Durban – Kings Park (52.000 lugares)

Filiação no Super Rugby: Sharks

Títulos: 7 títulos da Currie Cup

2014: 3º lugar (semifinalista)

 

Western Province

Western Province

Cidade/Estádio: Cidade do Cabo – Newlands Stadium (51.000 lugares)

Filiação no Super Rugby: Stormers

Títulos: 34 títulos da Currie Cup e 1 título da Vodacom Cup

2014: Campeão

 

Lista de campeões da Currie Cup

1 – Western Province – 34 títulos

2 – Blue Bulls – 23 títulos

3 – Golden Lions – 10 títulos

4 – Natal Sharks – 7 títulos

5 – Free State Cheetahs – 4 títulos

5 – Griquas – 3 títulos

6 – Border Bulldogs – 2 títulos

Comentários