Vem aí a segunda rodada dos tests de junho, recheada de clássicos mundiais!

Vinte e dois países em campo entre sábado e domingo, contando apenas os grandes amistosos internacionais e as copas do World Rugby (Copa das Nações e Copa do Pacífico). O rugby mundial está em movimento nesse segundo fim de semana dos tests de junho.

 

Séries já em decisão

Nova Zelândia, Inglaterra e Irlanda poderão comemorar vitória em suas séries já nesse sábado. A Nova Zelândia venceu o primeiro dos três jogos com Gales no sábado passado por 39 x 21 e recebe os galeses para o segundo duelo ostentando o tabu de jamais ter perdido em casa para Gales.

 

Os All Blacks tiveram duas mudanças, com as voltas de Sam Whitelock e Israel Dagg, que voltará a vestir a 15 no posto de Ben Smith, deslocado para a ponta para substituir Julian Savea, que não passa por bom momento. Gales também teve apenas duas mudanças depois de bom jogo com os neozelandeses, comemorando a volta do segunda linha Luke Charteris. A novidade maior será Rhys Patchell com a camisa 15, após Liam Williams ser deslocado para a ponta para substituir o lesionado George North.

 

A Inglaterra, por sua vez, bateu a Austrália em Brisbane por 39 x 28 e vai a Melbourne em busca de seu segundo triunfo para sair vitoriosa de uma série na casa de seu algoz da Copa do Mundo de 2015 pela primeira vez na história.

 

David Pocock será o desfalque dos Wallabies para o jogo e será substituído por Sean McMahon, enquanto a primeira linha teve seus dois pilares trocados por desempenho, com os retornos de Sekope Kepu e James Slipper. Enquanto isso, a Inglaterra terá a volta de George Ford à camisa 10, com Farrell passando para o centro e Nowell indo para a ponta. Marland Yarde foi quem saiu.

 

Já a Irlanda derrotou a África do Sul em solo sul-africano no último sábado por 26 x 20 pela primeira vez na história e poderá selar uma história série vitória no Ellis Park, em Joanesburgo. Assim como para a Austrália, para a África do Sul é vencer ou vencer.

 

O Trevo terá cinco mudanças no XV, tendo como grande novidade a estreia do segunda linha sul-africano naturalizado irlandês Quinn Roux. Rhys Ruddock entrará no lugar de Murphy com a 7, enquanto o suspenso CJ Stander será substituído por Ian Henderson, que abriu lugar para Roux na segunda linha. Na linha, Craig Gilroy entra na ponta no posto de Earls, enquanto Stuart Olding assume a vaga de Marshall no centro. Os Springboks, por sua vez, apesar da derrota na primeira partida, só terão duas trocas no XV, e ambas por lesões, com Pieter-Steph du Toit e Elton Jantjies assumindo as vagas de Lood de Jager e Pat Lambie na segunda linha e na abertura. Confiança e paciência para o começo do trabalho do novo técnico Allister Coetzee.

 

Largadas na Ásia e na América do Sul

Outras duas séries de dois confrontos terão largada. Em Toyota, na Grande Nagoya, o Japão fará no sábado o primeiro de dois jogos em casa com o Japão buscando sua primeira vitória na história sobre os escoceses em um test match oficial no reencontro entre as duas seleções após a vitória escocesa por 45 x 10 na Copa do Mundo – que teve insatisfação japonesa pelos poucos dias que os nipônicos tiveram de descanso com relação à partida anterior.

 

Vern Cotter, técnico da Escócia, apostou em alguns novidades no grupo com relação ao time que encerrou o Six Nations. Na linha, o jovem ponta Damien Hoyland ganhou sua chance, enquanto Ruaridh Jackson será o abertura. No pack, a novidade é o hooker Stuart McInally e a volta do segunda linha Jonny Gray. Do lado do Japão, o scrum-half Fumiaki Tanaka ficou de fora, assim como o fullback Ayumu Goromaru. Será o primeiro grande desafio do novo técnico Jamie Joseph, neozelandês que terá o peso de seguir o brilhante trabalho de Eddie Jones no comando dos Brave Blossoms.

 

No domingo, a Argentina (só com atletas que jogam o Super Rugby) medirá forças em Tucumán na primeira de duas partida com a França, desfalcada dos atletas de Clermont, Racing, Toulon e Montpellier. Os times ainda não foram escalados.

 

banner padrim

 

Olho no Pacífico, na América do Norte e na Romênia

Além das séries, a noite de sexta contará com a reedição do duelo de packs gigantes entre Tonga e Geórgia, que já marcou a última Copa do Mundo, ao passo que o sábado ainda terá o Canadá recebendo a Rússia e a Itália visitando os Estados Unidos, em jogo que será importante para a sequência do trabalho de Conor O’Shea no comando dos Azzurri e mostrará o efeito do PRO Rugby profissional sobre a seleção americana.

 

Destaque também para o clássico do Pacífico Sul entre Fiji e Samoa, em Fiji, válido pela Copa das Nações do Pacífico e pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019. A vitória dará o título aos fijianos.

 

E em Bucareste, capital da Romênia, a Copa das Nações do World Rugby chegará ao fim com três partidas em sequência, começando com os duelos entre Uruguai e Espanha, na primeira partida, e Namíbia e Italia Emergenti (time de desenvolvimento da Itália). A última partida será a mais importante, com Romênia e Argentina XV (seleção argentina de desenvolvimento) se enfrentando em jogo em que quem vencer será campeão.

 

*Horários de Brasília

Sexta-feira, dia 17 de junho

tonga copyversus copiargeorgia copy copy copy copy

21h00 – Tonga x Geórgia, em Suva (Fiji)

Árbitro: Nick Briant (Nova Zelândia)

 

Tonga: 1 Eddie Aholeilei, 2 Elvis Taione, 3 Sione Faletau, 4 Uili Kolo’ofai, 5 Daniel Falefa, 6 Nili Latu (c), 7 Jack Ram, 8 Sione Tau, 9 Tane Tukulua, 10 Kali Hala, 11 Viliami Iongi, 12 Latiume Fosita, 13 Apapuki Ma’afu, 14 Otulea Katoa, 15 David Halaifonua

Suplentes: 16 Kamalia Sakalia, 17 Sione Anga’eelangi, 18 Sila Puafasi, 19 Opeti Fonua, 20 Mikaele Mafi, 21 Wayne Ngaluafe, 22 Viliami Hakalo, 23 Daniel Kilioni.

 

Geórgia: 1 Zurab Zhvania, 2 Jaba Bregvadze, 3 Anton Peikrishvili, 4 Giorgi Chkhaidze, 5 Giorgi Nemsadze, 6 Shalva Sutiashvili (c), 7 Giga Tkhilaishvili, 8 Beka Bitsadze, 9 Giorgi Begadze, 10 Lasha Khmaladze, 11 Sandro Todua, 12 Merab Sharikadze, 13 Davit Kacharava, 14 Tamaz Mchedlidze, 15 Merab Kvirikashvili.

Suplentes: 16 Shalva Mamukashvili, 17 Karlen Asieshvili, 18 Irakli Mirtskhulava, 19 Nodar Cheishvili, 20 Lasha Lomidze, 21 Vazha Khutsishvili, 22 Lasha Malaguradze, 23 Giorgi Pruidze.

 

Histórico: 4 jogos, 2 vitórias de Tonga e 2 vitórias da Geórgia. Último jogo: Tonga 10 x 17 Geórgia, em 2015 (Copa do Mundo);

 

Sábado, dia 18 de junho

fiji copyversus copiarsamoa copy

03h00 – Fiji x Samoa, em Suva – Copa das Nações do Pacífico – WorldRugby.org ao vivo

Árbitro: George Clancy (Irlanda)

 

Fiji: 15 Samisoni Viriviri, 14 Waisea Nayacalevu, 13 Vereniki Goneva, 12 Eroni Vasiteri, 11 Patrick Osborne, 10 Seremaia Bai, 9 Henry Seniloli, 8 Eremasi Radrodro, 7 Naulia Dawai, 6 Leone Nakarawa, 5 Tevita Cavubati, 4 Api Ratuniyarawa, 3 Leeroy Atalifo, 2 Sunia Koto (c), 1 Campese Maáfu.

Suplentes: 16 Viliame Veikoso, 17 Peni Ravai, 18 Taniela Koroi, 19 Nemia Soqeta, 20 Mosese Voka, 21 Serupepeli Vularika, 22 Ben Volavola, 23 Benito Masilevu.

 

Samoa: 15 Albert Nikoro, 14 Faatoina Autagavaia, 13 Reynold Lee-Lo, 12 Faialaga Afamasaga, 11 David Lemi (c), 10 Tusiata Pisi, 9 Dwayne Polataivao, 8 Alafoti Faosiliva, 7 Greg Foe, 6 Faifili Levave, 5 Teofilo Paulo, 4 Faatiga Lemalu, 3 James Johnston, 2 Motu Matuu, 1 Sakaria Taulafo.

Suplentes: 16 Maatulimanu Leiataua, 17 Sam Aiono, 18 Census Johnston, 19 Jeff Lepa, 20 TJ Ioane, 21 Pelefofoga Cowley, 22 Patrick Faapale, 23 Malu Falaniko

 

Histórico: 52 jogos, 29 vitórias de Fiji, 19 vitórias de Samoa e 4 empates. Último jogo: Fiji 39 x 29 Samoa, em 2015 (Copa das Nações do Pacífico);

 

all blacks logoversus copiargales

04h35 – Nova Zelândia x Gales, em Wellington – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Jaco Peyper (África do Sul)

 

Nova Zelândia: 15 Israel Dagg, 14 Ben Smith, 13 Malakai Fekitoa, 12 Ryan Crotty, 11 Waisake Naholo, 10 Aaron Cruden, 9 Aaron Smith, 8 Kieran Read (c), 7 Sam Cane, 6 Jerome Kaino, 5 Sam Whitelock, 4 Brodie Retallick, 3 Owen Franks, 2 Dane Coles, 1 Joe Moody.

Suplentes: 16 Nathan Harris, 17 Wyatt Crockett, 18 Charlie Faumuina, 19 Patrick Tuipulotu, 20 Ardie Savea, 21 TJ Perenara, 22 Beauden Barrett, 23 Seta Tamanivalu.

 

Gales: 15 Rhys Patchell, 14 Liam Williams, 13 Jonathan Davies, 12 Jamie Roberts, 11 Hallam Amos, 10 Dan Biggar, 9 Rhys Webb, 8 Taulupe Faletau, 7 Sam Warburton (c), 6 Ross Moriarty, 5 Alun Wyn Jones, 4 Luke Charteris, 3 Samson Lee, 2 Ken Owens, 1 Gethin Jenkins.

Suplentes: 16 Scott Baldwin, 17 Rob Evans, 18 Tomas Francis, 19 Bradley Davies, 20 Ellis Jenkins, 21 Gareth Davies, 22 Rhys Priestland, 23 Scott Williams

 

Histórico: 31 jogos, 28 vitórias da Nova Zelândia e 3 vitórias de Gales. Último jogo: Nova Zelândia 39 x 21 Gales, em 2016 (amistoso);

 

Wallabies copyversus copiarengland rugby

07h00 – Austrália x Inglaterra, em Melbourne – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Craig Joubert (África do Sul)

 

Austrália: 15 Israel Folau, 14 Dane Haylett-Petty, 13 Tevita Kuridrani, 12 Samu Kerevi, 11 Rob Horne, 10 Bernard Foley, 9 Nick Phipps, 8 Sean McMahon, 7 Michael Hooper, 6 Scott Fardy, 5 Sam Carter, 4 Rory Arnold, 3 Sekope Kepu, 2 Stephen Moore (c), 1 James Slipper.

Suplentes: em breve

 

Inglaterra: 15 Mike Brown, 14 Anthony Watson, 13 Jonathan Joseph, 12 Owen Farrell, 11 Jack Nowell, 10 George Ford, 9 Ben Youngs, 8 Billy Vunipola, 7 James Haskell, 6 Chris Robshaw, 5 George Kruis, 4 Maro Itoje, 3 Dan Cole, 2 Dylan Hartley, 1 Mako Vunipola.

Suplentes: 16 Jamie George, 17 Matt Mullan, 18 Paul Hill, 19 Joe Launchbury, 20 Courtney Lawes, 21 Jack Clifford, 22 Danny Care, 23 Elliot Daly.

 

Histórico: 45 jogos, 25 vitórias da Austrália, 19 vitórias da Inglaterra e 1 empate. Último jogo: Austrália 28 x 39 Inglaterra, em 2016 (amistoso);

 

japão logo novo copiarversus copiarescocia logo

07h20 – Japão x Escócia, em Toyota

Árbitro: Ben O’Keefe (Nova Zelândia)

 

Japão: 15 Kotaro Matsushima, 14 Mifiposeti Paea, 13 Tim Bennetts, 12 Harumichi Tatekawa, 11 Yasutaka Sasakura, 10 Yu Tamura, 9 Kaito Shigeno, 8 Amanaki Mafi, 7 Shokei Kin, 6 Hendrik Tui, 5 Naohiro Kotaki, 4 Hitoshi Ono, 3 Kensuke Hatakeyama, 2 Shota Horie, 1 Keita Inagaki.

Suplentes: 16 Takeshi Kizu, 17 Masataka Mikami, 18 Shinnosuke Kakinaga, 19 Kotaro Yatabe, 20 Hiroki Yamamoto, 21 Keisuke Uchida, 22 Kosei Ono, 23 Rikiya Matsuda

 

Escócia: 15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Duncan Taylor, 12 Matt Scott, 11 Damien Hoyland, 10 Ruaridh Jackson, 9 Greig Laidlaw, 8 Ryan Wilson, 7 John Hardie, 6 John Barclay, 5 Jonny Gray, 4 Richie Gray, 3 Willem Nel, 2 Stuart McInally, 1 Alasdair Dickinson.

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Rory Sutherland, 18 Moray Low, 19 Tim Swinson, 20 David Denton, 21 Henry Pyrgos, 22 Peter Horne, 23 Sean Maitland.

 

Histórico: 5 jogos e 5 vitórias da Escócia. Último jogo: Escócia 45 x 10 Japão, em 2015 (Copa do Mundo);

 

uru novo copy copyversus copiarespanha(3)

10h00 – Uruguai x Espanha, em Bucareste (Romênia) – Copa das Nações do World Rugby

Histórico: 7 jogos, 4 vitórias do Uruguai e 3 vitórias da Espanha. Último jogo: Uruguai 16 x 15 Espanha, em 2013 (amistoso);

 

namibia logoversus copiaritalia copy copy

12h00 – Namíbia x Italia Emergenti, em Bucareste (Romênia) – Copa das Nações do World Rugby

 

cvc julho 2016 horizontal

 

springboks logoversus copiarirlanda copy

12h00 – África do Sul x Irlanda, em Joanesburgo – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Glen Jackson (Nova Zelândia)

 

África do Sul: 15 Willie le Roux, 14 JP Pietersen, 13 Lionel Mapoe, 12 Damian de Allende, 11 Lwazi Mvovo, 10 Elton Jantjies, 9 Faf de Klerk, 8 Duane Vermeulen, 7 Siya Kolisi, 6 Francois Louw, 5 Pieter-Steph du Toit, 4 Eben Etzebeth, 3 Frans Malherbe, 2 Adriaan Strauss (c), 1 Tendai Mtawarira.

Suplentes: 16 Bongi Mbonambi, 17 Trevor Nyakane, 18 Julian Redelinghuys, 19 Franco Mostert, 20 Warren Whiteley, 21 Rudy Paige, 22 Morne Steyn, 23 Ruan Combrinck.

 

Irlanda: 15 Jared Payne, 14 Andrew Trimble, 13 Robbie Henshaw, 12 Stuart Olding, 11 Craig Gilroy, 10 Paddy Jackson, 9 Conor Murray, 8 Jamie Heaslip, 7 Rhys Ruddock, 6 Iain Henderson, 5 Quinn Roux, 4 Devin Toner, 3 Tadhg Furlong, 2 Rory Best, 1 Jack McGrath.

Suplentes: 16 Richardt Strauss, 17 David Kilcoyne, 18 Finlay Bealham, 19 Donnacha Ryan, 20 Sean Reidy, 21 Kieran Marmion, 22 Ian Madigan, 23 Tiernan O’Halloran

 

Histórico: 23 jogos, 16 vitórias da África do Sul, 6 vitórias da Irlanda e 1 empate. Último jogo: África do Sul 20 x 26 Irlanda, em 2016 (amistoso);

 

romênia copy copyversus copiarUAR_copy_copy.jpg

14h00 – Romênia x Argentina XV, em Bucareste – Copa das Nações do World Rugby

 

canada copy copyversus copiarrussia copy copy copy copy copy

18h00 – Canadá x Rússia, em Calgary

Árbitro: Shuhei Kubo (Japão)

 

Canadá: 1 Djustice Sears-Duru 2 Ray Barkwill 3 Jake Ilnicki 4 Jamie Cudmore (c) 5 Evan Olmstead 6 Kyle Baillie 7 Lucas Rumball 8 Aaron Carpenter 9 Gordon McRorie 10 Patrick Parfrey 11 Taylor Paris 12 Nick Blevins 13 Mozac Samson 14 Dan Moor 15 Matt Evans.

Suplentes: 16 Eric Howard 17 Tom Dolezel 18 Matt Tierney 19 Cameron Pierce 20 Alistair Clark 21 Jamie Mackenzie 22 Liam Underwood 23 Jordan Wilson-Ross

 

Rússia: em breve

 

Histórico: 3 jogos e 3 vitórias do Canadá. Último jogo: Canadá 35 x 03 Rússia, em 2012 (amistoso);

 

estados unidosversus copiaritalia copy copy

22h00 – Estados Unidos x Itália, em San Jose

Árbitro: Marius van der Westhuyzen (África do Sul)

 

Estados Unidos: 1 Titi Lamositele 2 James Hilterbrand 3 Chris Baumann 4 Nate Brakeley 5 Greg Peterson 6 Andrew Durutalo 7 Todd Clever (c) 8 Cam Dolan 9 Nate Augspurger 10 AJ MacGinty 11 Blaine Scully 12 Shalom Suniula 13 Thretton Palamo 14 Takudzwa Ngwenya 15 Will Holder.

Suplentes: 16 Joe Taufete’e 17 Ben Tarr 18 Angus MacLellan 19 Harry Higgins 20 Tony Lamborn 21 Stephen Tomasin 22 Chad London 23 Mike Te’o

 

Itália: 15 Luke McLean, 14 Leonardo Sarto, 13 Michele Campagnaro, 12 Tommaso Castello, 11 David Odiete, 10 Carlo Canna, 9 Edoardo Gori, 8 Andries Van Schalkwyk, 7 Simone Favaro, 6 Robert Barbieri, 5 Marco Fuser, 4 Quintin Geldenhuys, 3 Lorenzo Cittadini, 2 Ornel Gega, 1 Andrea Lovotti.

Suplentes: 16 Oliviero Fabiani, 17 Sami Panico, 18 Pietro Ceccarelli, 19 Valerio Bernabò, 20 Maxime Mbandà, 21 Guglielmo Palazzani, 22 Tommaso Allan, 23 Giovanbattista Venditti.

 

Histórico: 4 jogos e 4 vitórias da Itália. Último jogo: Estados Unidos 10 x 30 Itália, em 2012 (amistoso).

 

Domingo, dia 19 de junho

UAR_copy_copy.jpgversus copiarFrança vermelho

18h10 – Argentina x França, em Tucumán – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: John Lacey (Irlanda)

 

Argentina: em breve

 

França: em breve

 

Histórico: 48 jogos, 34 vitórias da França, 13 vitórias da Argentina e 1 empate. Último jogo: França 13 x 18 Argentina, em 2014 (amistoso);

Comentários