Você conhece o Raeburn Shield? No dia 31/10, a Nova Zelândia também o conquistou

Poucos ficaram sabendo, mas no dia 31 de outubro, a grande final da Copa do Mundo entre Nova Zelândia e Austrália valeu também outro título: o simbólico Raeburn Shield. Quem? O Raeburn Shield é uma taça que não existe fisicamente. É um título hipotético, mas que segue sendo calculado pelo www.raeburnshield.com.

 

O Raeburn Shield é calculado a partir da primeira partida entre seleções nacionais: o jogo entre Inglaterra e Escócia, em 1871, realizado no Raeburn Place, em Edimburgo, na Escócia. Os escoceses venceram aquela partida e se tornaram os primeiros detentores hipotéticos do título. Desde então, quem vence o detentor do título passa a ser o novo detentor. O sistema é o mesmo dos desafios do boxe ou, no rugby, do Ranfurly Shield neozelandês. Assim, o primeiro país a derrotar a Escócia após a vitória de 1871 foi a própria Inglaterra no ano seguinte. Depois, a Inglaterra só voltou a perder para a Escócia em 1877. A suposta taça passou entre as mãos de ingleses e escoceses até, em 1887, a Irlanda derrotar a Inglaterra.

 

Desde então, Gales, África do Sul, Nova Zelândia, Austrália, Argentina, França, Romênia, Samoa e Japão já foram os detentores do Raeburn Shield. Em 2015, Gales tomou o título da Irlanda durante o Six Nations, mas o perdeu para a própria Irlanda no primeiro amistoso de agosto entre as duas seleções. Gales o recuperou no jogo seguinte e perdeu sua posse durante a Copa do Mundo, quando caiu diante da Austrália. E, finalmente, os Wallabies perderam a taça justamente na grande final do Mundial contra a Nova Zelândia.

 

Com isso, a próxima defesa do Raeburn Shield ocorrerá no ano que vem, quando os All Blacks enfrentam em amistoso Gales em junho. É uma pena que o Raeburn Shield não seja oficial, mas ele é uma forma diferente de se contar o campeão do mundo.

 

O Ranking de conquistas e defesas está assim:

1 – Nova Zelândia – 39 conquistas e 130 defesas bem sucedidas;

2 – África do Sul – 31 conquistas e 129 defesas bem sucedidas;

3 – Inglaterra – 23 conquistas e 54 defesas bem sucedidas;

4 – Austrália – 27 conquistas e 39 defesas bem sucedidas;

5 – Irlanda – 17 conquistas e 23 defesas bem sucedidas;

6 – Gales – 14 conquistas e 22 defesas bem sucedidas;

7 – Escócia – 15 conquistas e 17 defesas bem sucedidas;

8 – França – 16 conquistas e 14 defesas bem sucedidas;

9 – Japão – 1 conquista e 2 defesas bem sucedidas;

10 – Argentina – 2 conquistas e 0 defesas bem sucedidas;

11 – Samoa – 1 conquista e 0 defesas bem sucedidas;

Romênia – 1 conquista e 0 defesas bem sucedidas;

Comentários