ARTIGO COM VÍDEOS – Hora do resumão do Campeonato Japonês!

Deu Zebra!

Os Eagles conseguiram balançar o campeonato derrubando o até então invicto Kobelco Steelers. Apesar do placar apertado de 31 a 26, a equipe da casa definiu o certame logo nos primeiros minutos da segunda etapa quando já vencia por 31 a 14.

- Continua depois da publicidade -

Com cinco belos tries para os Eagles, o resultado deste jogo derrubou mais um gigante. Eles foram marcados por Kosuke Hashino, Toshiki Hamano, Suguru Hidaka, Naoto Shimada e Hosea Saumaki. Para os vermelhos de Kobe que anotaram quatro tries com Ryang Jong Chu (2), Akihiro Shimizu e Itaru Taniguchi, sobrou o consolo do ponto bônus.


O Canon Eagles volta a brigar pela classificação no grupo B, estando apenas atrás do NEC Green Rockets por uma vitória simples. A derrota dos verdes para o Yamaha Júbilo por 15 a 35, culminou para a possível ultrapassagem da equipe de Tóquio que enfrentará na próxima rodada os Blues de Munakata, time que ainda não venceu ninguém na competição. Na vitória dos azuis de Iwata fora de casa, o destaque vai para o Sunwolf Yatomi. O Scrumhalf marcou 2 tries e fez as assistências para mais 2.

 

Sungoliath e Panasonic seguem invictos

Os Blues de Munakata e o Toyota Shuttles foram os adversários que Sungoliath e Wild Knights não tomaram conhecimento. No Príncipe Chichibu os amarelos atropelaram os azuis com o placar de 45 a 0. Os derrotados, que sofreram 7 tries,  se juntam aos Green Rockets como as únicas equipes que foram derrotas sem marcar uma penalidade sequer, entrando assim para o grupo dos “zerados”. O suntory teve a partida facilitada por duas expulsões temporárias por cartões amarelos que deixaram os adversários com apenas 13 atletas, quando a partida ainda estava 0 a 0, cerca de 20 minutos de bola rolando.

Os cavaleiros selvagens de Gunma entraram em campo com Takuya Yamasawa de meia, poupando assim Berrick Barnes, que permaneceu no banco até o soar do apito final. Os Shuttles foram derrotados por 32 a 3, uma boa vitória, mas que já sinaliza um declínio nas vitórias acachapantes das primeiras cinco rodadas. Nas últimas duas partidas os azuis têm diminuído a quantidade de tries marcados, mesmo se tratando de adversários mais modestos.


 

Tudo embolado no grupo A

Apenas dois pontos separam o 5º e o 8º colocado do grupo A. E a vitória do Toshiba Brave Lupus sobre o Coca-Cola por 33 a 24 colocaram os vermelhos na cola do Shining Arcs, que venceu os lanternas Hurricanes por 27 a 18 e ocupam a última vaga na classificação. Com isso, na próxima rodada há uma probabilidade alta dos Brave Lupus ultrapassarem os Arcs, pois o time do Michael Leitch pega o último colocado enquanto os amarelos, que talvez contarão com Elton Jantjies, irão até Shizuoka enfrentar o temido Yamaha Júbilo.




 

Top League copy copy

Top League – Campeonato Japonês

Green Rockets 15 x 35 Jubilo

Red Sparks 24 x 33 Brave Lupus

Liners 14 x 28 Spears

Black Rams 06 x 12 Verblitz

Wild Knights 32 x 03 Shuttles

Eagles 31 x 26 Steelers

Shining Arcs 27 x 18 Red Hurricanes

Sungoliath 45 x 00 Blues

ClubePrefeituraJogosPontos
Grupo A
Suntory SungoliathTóquio1355
Toyota VerblitzToyota1346
Toshiba Brave LupusTóquio1339
Kobelco SteelersKobe1337
NTT Shining ArcsChiba1331
Kubota SpearsChiba1326
NTT-Docomo Red HurricanesOsaka1326
Kintetsu LinersOsaka1317
Grupo B
Panasonic Wild KnightsGunma1363
Yamaha JubiloShizuoka1346
Ricoh Black RamsTóquio1343
NEC Green RocketsChiba1326
Canon EaglesTóquio1320
Toyota Industries ShuttlesNagoya1311
Munakata Sanix BluesMunakata 138
Coca-Cola West Red SparksFukuoka133
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1º e 2º colocados de cada grupo vão às semifinais;

 

Escrito por: Leandro Vieira

Foto: Top League – Sungoliath