Foto: ©INPHO/James Crombie/Irish Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – Pela primeira vez em sua história, a seleção da Irlanda é a líder do Ranking Mundial do World Rugby – a ser confirmado oficialmente na segunda-feira. A Irlanda recebeu Gales, campeão do Six Nations, e conseguiu sua segunda vitória seguida sobre os Dragões, triunfando por 19 x 10 que asseguraram os pontos necessários para o Trevo ir ao Mundial no topo do mundo. O jogo marcou a despedida do capitão irlandês Rory Best da torcida verde, pois o primeira linha se aposentará após o Mundial.

Gales começou o jogo perdendo penal com Halfpenny, de forma atípica. A partida começou com equilíbrio total, como esperado, e somente aos 21′ a Irlanda conseguiu criar o primeiro try do duelo, nascido de lateral, com Stander ganhando metros no contato e a bola viajando rapidamente a Rob Kearney na ponta. A linha verde, munida desta vez de Conor Murray e Jonny Sexton, estava encaixando.

Halfpenny reduziu com penal para os visitantes aos 26′ e, aos 29′, Gales quase deu o troco, com Dan Biggar interceptando passe verde e disparando rumo ao try e sendo tacleado milagrosamente por Henshaw e Kearney impedindo o apoio no in-goal. Biggar ainda deu show de espírito do rugby confirmando ao árbitro Mathieu Raynal que não fizera o try.

- Continua depois da publicidade -

Ainda assim, o momento do fim do primeiro tempo favorecia Gales, que conseguiu seu try antes da pausa com Hadleigh Parkes rompendo a defesa verde como primeiro receptor após  a fase, correndo na negativa. Gales na frente no intervalo, 10 x 07.

O segundo tempo foi do Trevo, aproveitando um time galês faltoso, que perdeu a batalha do breakdown, cedendo muitos turnovers, e que foi incapaz de manter a posse de bola. Conor Murray, perfeito na condução das jogadas, liderou aos 51′ a sequência de fases que resultou no try de Furlong, virando o placar para a Irlanda.

Gales não conseguiu mais impor seu jogo e, aos 59′, outra vez o pack irlandês falou mais alto, com James Ryan rompendo no físico e cravando o terceiro e decisivo try.

A liderança irlandesa no Ranking se deu pelo fato dos irlandeses ganharem mais pontos no Ranking por esta vitória do que a Nova Zelândia, que venceu uma seleção com bem menos pontos, Tonga.

A Irlanda estreará na Copa do Mundo o dia 22 diante da Escócia e Gales irá a campo no dia 23 contra a Geórgia.

 

19versus copiar10

Irlanda 19 x 10 Gales, em Dublin

Árbitro: Mathieu Raynal (França)

Irlanda

Tries: Kearney, Furlong e Ryan

Conversões: Sexton (2)

15 Rob Kearney, 14 Jordan Larmour, 13 Robbie Henshaw, 12 Bundee Aki, 11 Keith Earls, 10 Jonathan Sexton, 9 Conor Murray, 8 Jack Conan, 7 Josh van der Flier, 6 CJ Stander, 5 Jean Kleyn, 4 James Ryan, 3 Tadhg Furlong, 2 Rory Best (c), 1 Cian Healy;

Suplentes: 16 Sean Cronin, 17 Dave Kilcoyne, 18 Andrew Porter, 19 Iain Henderson, 20 Rhys Ruddock, 21 Luke McGrath, 22 Jack Carty, 23 Garry Ringrose;

Gales

Try: Parkes

Conversão: Halfpenny (1)

Penal: Halfpenny (1)

15 Leigh Halfpenny, 14 George North, 13 Jonathan Davies, 12 Hadleigh Parkes, 11 Josh Adams, 10 Rhys Patchell, 9 Tomos Williams, 8 Ross Moriarty, 7 Justin Tipuric, 6 Aaron Wainwright, 5 Alun Wyn Jones (c), 4 Jake Ball, 3 Tomas Francis, 2 Elliot Dee, 1 Wyn Jones;

Suplentes: 16 Ken Owens, 17 Nicky Smith, 18 Dillon Lewis, 19 Adam Beard, 20 Josh Navidi, 21 Gareth Davies, 22 Dan Biggar, 23 Liam Williams;