Foto: Irish Rugby

Escócia vinha na liderança do Six Nations: vitória com direito a ponto bônus na primeira rodada do torneio. A Irlanda, vinha de uma derrota em casa para a Inglaterra. O palco desta partida, Murrayfield em Edimburgo. A torcida majoritariamente escocesa até que empurrou, mas deu Irlanda.

A Escócia dominava as ações até os 6 minutos, quando em um penal de Bundee Aki por usar as mãos em um rock, marcou seus primeiros três pontos em chute de Greig Laidlaw. 3 x 0 Escócia.

4 minutos depois, em um contra ataque da Irlanda, Tommy Seymour fez lambança quando foi pressionado após um chute de Jacob Stockdale: passou errado e a bola sobrou limpa para Conor Murray anotar o primeiro try da partida. Irlanda virava para 5 x 3.

Aos 16 minutos, um belo ataque da Irlanda tramado por Sexton, Stockdale encontrou uma brecha na defesa escocesa e anotou o segundo try da Irlanda. Murray converteu e nesse momento a Irlanda ampliava para 12 x 3.

- Continua depois da publicidade -

O jogo seguia equilibrado. Maior parte no meio de campo que é onde Finn Russell roubou uma bola que estava sendo trabalhada pela Irlanda e saiu em disparada ao ingoal irlandês. Foi tackleado e, no chão, executou passe para Sam Johnson anotar o primeiro try da Escócia na partida. Greig Laidlaw converteu e então, Irlanda 12 x 10.

O jogo parou, recomeçou e o andamento seguia o mesmo. Até os 16 minutos da segunda etapa, quando Joey Carbery quebrou a marca da defesa escocesa, e correu em direção ao ingoal adversário e passou para Keith Earls para marcar mais um try para a Irlanda. O próprio Carbery converteu e ampliou a vantagem da Irlanda: 19 x 10.

5 minutos depois a Escócia descontou num penal convertido por Laidlaw. 19 x 13 para a Irlanda. Respondido aos 28 minutos com penal convertido por Carbery. 22 x 13 para a Irlanda.

A Escócia até tentou, mas não teve forças para mudar o placar que ficou mesmo 22 x 13 para a Irlanda.

Com esta vitória fora de casa, a Irlanda mostra que seu poderio ainda não acabou, mesmo com os desfalques. E a Escócia perdeu a chance de ouro de se manter na liderança do Six Nations.

Na próxima rodada, dia 23 de fevereiro, a Escócia visita a França e, dia 24, a Irlanda visita a Itália.

 

 

 

 

 13 versus copiar 22

Escócia 13 x 22 Irlanda, em Edimburgo – Centenary Quaich

Árbitro: Romain Poite (França)

Escócia

Try: Johnson

Conversão: Laidlaw

Penais: Laidlaw(2)

15 Stuart Hogg, 14 Tommy Seymour, 13 Huw Jones, 12 Sam Johnson, 11 Sean Maitland, 10 Finn Russell, 9 Greig Laidlaw (c), 8 Josh Strauss, 7 Jamie Ritchie, 6 Ryan Wilson, 5 Jonny Gray, 4 Grant Gilchrist, 3 Simon Berghan, 2 Stuart McInally, 1 Allan Dell;

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Jamie Bhatti, 18 D’arcy Rae, 19 Ben Toolis, 20 Rob Harley, 21 Ali Price, 22 Pete Horne, 23 Blair Kinghorn;

Irlanda

Tries: Murray, Stockdale, Earls

Conversões: Murray, Carbery

Penal: Carbery

15 Rob Kearney, 14 Keith Earls, 13 Chris Farrell, 12 Bundee Aki, 11 Jacob Stockdale, 10 Johnny Sexton, 9 Conor Murray, 8 Jack Conan, 7 Sean O’Brien, 6 Peter O’Mahony, 5 Quinn Roux, 4 James Ryan, 3 Tadhg Furlong, 2 Rory Best (c), 1 Cian Healy;

Suplentes: 16 Sean Cronin, 17 Dave Kilcoyne, 18 Andrew Porter, 19 Ultan Dillane, 20 Josh van der Flier, 21 John Cooney, 22 Joey Carbery, 23 Jordan Larmour;

 

 SeleçãoJogosPontos
Gales523
Inglaterra518
Irlanda514
França510
Escócia59
Itália50
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;