Foto: Six Nations

Sábado será mesmo repleto de grandes jogos de rugby entre seleções que estarão na Copa do Mundo deste ano. Além da última rodada do Rugby Championship e da decisão da Pacific Nations Cup, o fim de semana terá dois grandes amistosos entre potências europeias. No sábado, Irlanda e Itália iniciam seu aquecimento para o Mundial duelando em Dublin, ao passo que no domingo tem em Londres o grande clássico britânico entre Inglaterra e Gales.

A Itália passou por muitas alterações em seu elenco com relação ao time lanterna do Six Nations, como esperado. O técnico Conor O’Shea colocou Dean Budd como capitão, pois ainda não terá Parisse, e seu oitavo será Jimmy Tuivaiti, para formar uma terceira linha com Maxime Mbanda e o jovem Giovanni Licata (22 anos). A primeira linha também é nova, de Nicola Quaglio, Oliviero Fabiani e Marco Riccioni (21 anos), ao passo que Guglielmo Palazzani e Carlo Canna farão desta vez a dupla de 9 e 10.

A Irlanda também será um laboratório para o técnico Joe Schmidt, que nomeou o debutante segunda linha Jean Kleyn entre os titulares. Jack McGrath, Herrirng e Porter igualmente formam uma primeira linha em teste, ao passo que o asa Ruddock terá a responsabilidade de pela primeira vez ser capitão. Luke McGrath e Carbery formarão a dupla de 9 e 10, ao passo que Garry Ringrose está recuperado e volta ao centro. Portanto, o jogo representa uma das últimas chances de alguns atletas se firmarem no elenco que irá ao Mundial, o qual ainda não foi anunciado.


O jogo de domingo entre Inglaterra e Gales seguirá a mesma lógica para os ingleses, que simplesmente colocarão em campo no time titular dois atletas debutantes: o srum-half Willi Heinz (que jogará com o abertura George Ford, buscando permanência no time), o ponta Ruaridh McConnochie, além de três debutantes no banco, sendo eles Lewis Ludlam, Joe Marchant e Jack Singleton. O técnico Eddie Jones ainda testará Piers Francis no centro e Charlie Ewels na segunda linha, além de voltar a dar espaço ao hooker Luke Cowan-Dickie. Billy Vunipola, Tom Cury e Sam Underhill formam um trio interessante na terceira linha.

- Continua depois da publicidade -

Gales, por sua vez, irá a Londres com time próximo do ideal, o que mostra uma proposta diferente do técnico Warren Gatland, que acredita ter um time formado após o título do Six Nations. Alun Wyn Jones será o capitão e irá a campo pela 135ª vez por Gales, quebrando o recorde do país. Adam Beard na segunda linha e Aaron Wainwright na asa foram confirmados e buscam afirmação, mas com experiência já, ao passo que a dupla de 9 e 10 será Gareth Davies e Gareth Anscombe. Tal composição significa que Gales terá leve favoritismo no jogo, apesar do jogo ser em Twickenham. Ainda assim, o time inglês é forte de todo modo.


 

*Horários de Brasília

Sábado, dia 10 de julho

versus copiar

10h00 – Irlanda x Itália, em Dublin

Árbitro: Luke Pearce (Inglaterra)

Histórico: 30 jogos, 26 vitórias da Irlanda e 4 vitórias da Itália. Último jogo: Itália 16 x 26 Irlanda, em 2019 (Six Nations);

Irlanda: 15 Jordan Larmour, 14 Andrew Conway, 13 Garry Ringrose, 12 Chris Farrell 11 Dave Kearney, 10 Joey Carbery, 9 Luke McGrath, 8 Jordi Murphy, 7 Tommy O’Donnell, 6 Rhys Ruddock (c), 5 Jean Kleyn, 4 Devin Toner, 3 Andrew Porter, 2 Rob Herring, 1 Jack McGrath;

Suplentes: 16 Niall Scannell, 17 Cian Healy, 18 John Ryan, 19 Iain Henderson, 20 Tadhg Beirne, 21 Kieran Marmion, 22 Jack Carty, 23 Mike Haley;

Itália: 15 Edoardo Padovani, 14 Angelo Esposito, 13 Tommaso Benvenuti, 12 Marco Zanon, 11 Giulio Bisegni, 10 Carlo Canna, 9 Guglielmo Palazzani, 8 Jimmy Tuivaiti, 7 Maxime Mbanda, 6 Giovanni Licata, 5 Dean Budd (c) 4 Alessandro Zanni, 3 Marco Riccioni, 2 Oliviero Fabiani, 1 Nicola Quaglio;

Suplentes: 16 Federico Zani, 17 Andrea Lovotti, 18 Simone Ferrari, 19 Marco Lazzaroni, 20 Renato Giammarioli, 21 Callum Braley, 22 Ian McKinley, 23 Matteo Minozzi;

 

Domingo, dia 11 de julho

versus copiar

10h00 – Inglaterra x Gales, em Londres – ESPN2 AO VIVO

Árbitro: Mathieu Raynal (França)

Histórico: 132 jogos, 62 vitórias da Inglaterra, 58 vitórias de Gales e 12 empates. Último jogo: Gales 21 x 13 Inglaterra, em 2019 (Six Nations);

Inglaterra: 15 Elliot Daly, 14 Ruaridh McConnochie, 13 Henry Slade, 12 Piers Francis, 11 Anthony Watson, 10 George Ford (c), 9 Willi Heinz, 8 Billy Vunipola, 7 Sam Underhill, 6 Tom Curry, 5 Charlie Ewels, 4 Joe Launchbury, 3 Dan Cole, 2 Luke Cowan-Dickie, 1 Ellis Genge;

Suplentes: 16 Jack Singleton, 17 Joe Marler, 18 Harry Williams, 19 George Kruis, 20 Lewis Ludlam, 21 Ben Youngs, 22 Joe Marchant, 23 Joe Cokanasiga;

Gales: 15 Liam Williams, 14 George North, 13 Jonathan Davies, 12 Hadleigh Parkes, 11 Josh Adams, 10 Gareth Anscombe, 9 Gareth Davies, 8 Ross Moriarty, 7 Justin Tipuric, 6 Aaron Wainwright, 5 Alun Wyn Jones (c), 4 Adam Beard, 3 Tomas Francis, 2 Ken Owens, 1 Nicky Smith;

Suplentes: 16 Elliot Dee, 17 Wyn Jones, 18 Dillon Lewis, 19 Jake Ball, 20 Aaron Shingler, 21 Tomos Williams, 22 Dan Biggar, 23 Owen Watkin;