Leinster é o único invicto do PRO14 no momento de sua pausa. Foto: INPHO/Pro14

ARTIGO COM VÍDEOS – O PRO14 – a liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul – rolou neste fim de semana a todo vapor e viu um dos seus invictos cair: o Cheetahs, da África do Sul, não resistiu aos galeses do Scarlets, perdendo por 17 x 13.

Enquanto isso, os quatro times irlandeses brilharam, com o Leinster vencendo (e mantendo liderança invicta) o Dragons, o Munster derrotando o Cardiff Blues, o Ulster superando o Zebre e o Connacht vencendo fora de seus domínios o Ospreys.




Destaque ainda para o reerguimento dos escoceses do Glasgow, que atropelaram os Kings (com arbitragem da irlandesa Joy Neville), e para a importante vitória dos italianos do Benetton Treviso contra o Edinburgh.

Guinness PRO14 – Liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul

Glasgow 50 x 00 Kings

- Continua depois da publicidade -

Leinster 50 x 15 Dragons

Ulster 22 x 07 Zebre

Scarlets 17 x 13 Cheetahs

Ospreys 10 x 20 Connacht

Benetton 18 x 16 Edinburgh

Cardiff 23 x 33 Munster

 ClubePaísCidadeJogosPontos
Conferência A
LeinsterLeinsterIrlandaDublin1361
Ulster copy copyUlsterIrlandaBelfast1241
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow1334
CheetahsÁfrica do SulBloemfontein1332
DragonsGalesNewport1322
ZebreItáliaParma1214
OspreysGalesSwansea1213
Conferência B
EdinburghEscóciaEdimburgo1347
Munster copyMunsterIrlandaLimerick/Cork1345
ScarletsGalesLlanelli1337
ConnachtIrlandaGalway1335
Cardiff BluesCardiff BluesGalesCardiff1329
Benetton TrevisoItáliaTreviso1229
KingsÁfrica do SulPorto Elizabeth137
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1ºs colocados de cada grupo = classificação direto às Semifinais e à Champions Cup;
- 2ºs e 3ºs lugares de cada grupo - classificação à Repescagem para as Semifinais e à Champions Cup;
- 4ºs colocados - repescagem pela Champions Cup;
- Nota: as equipes sul-africanas não podem se classificar à Champions Cup;

 

Top 12 italiano segue com tudo – por Giorgio Vuerich

Os venezianos Petraca se impuseram, dentro dos muros amigos, ao recém-promovido Lyons Piacenza, com uma pontuação de 31×8. Para os homens de Andrea Marcato, quatro tries no total, dois por tempo (Michele Rizzo e Nicolò Fadalti no primeiro, fecharam em 17xo8, Andrea De Masi e Andrea Trotta no segundo), corroborados pelo pé preciso de Nicolò Fadalti. Vitória com bônus que vale a liderança junto ao Calvisano.

Os campeões italianos, por outro lado, derrotaram um combativo San Donà no estádio San Michele, capaz de permanecer a uma distância de “brek” por três quartos da partida. Depois de ir às 12×00 no primeiro quarto de hora, com os penais de Paolo Pescetto, os gladiadores de Calvisano viram os venezianos voltarem à partida, na parte final da primeira parte, com o tride Valentine Meachen (transformado por Scott Lyle) e mais um penal do próprio Lyle por 12×10. Antes do intervalo, no entanto, a equipe de Brunello estendeu o placar com um try de Morelli (17-10). Na segunda metade, os brescianos encerram definitivamente a prática do encontro, com os tries de Federico Mori e Samuela Vunisa (bônus ofensivo), para os 27 x 10 final.

O Valorugby venceu os toscanos I Medicei em Reggio Emilia com uma pontuação de 38×3. Cinco as assinaturas pesadas dos anfitriões (Chistolini, Ngaulafe e Rimpelli, além de dois tries de pebalidade), três no primeiro tempo e dois no segundo, às quais os convidados responderam apenas com o Penal de Newton.

O Tupi Matteo Dell’Acqua do Valorugby jogou tudo o encontro.

No clássico da capital, o Fiamme Oro confirmou o excelente momento de forma, obtendo, sem muitas preocupações, uma vitória preciosa com bônus contra a Lazio. Um jogo já decidido durante o primeiro tempo, fechado pela equipe dos policiais ao 18’ 14×0 (tries de Simone Marinaro e Giovanni D´Onofrio, ambos transformados por Maicol Azzolini). Na segunda etapa, apesar da inferioridade numérica do amarelo para Giuseppe Di Stefano, o Fiamme Oro esticou com a terceira marcação pesada, marcada por Alain Moriconi e a conversão de Maicol Azzolini (21×0, para 48 ‘).

Após a resposta ao 51’ do Lazio, que marcou um tray de penalidade 21-7, os policiais aos 56’ fecharam a prática com o try do bônus de Ugo D’Onofrio. Na final, os tries de Quiroga e Bossola do Lazio marcaram o placar na final de 34×22.

A surpresa do dia são os Bersaglieri de Rovigo que fatigando venceram em Colorno 23×20, no último segundo. O Penal de Menniti-Ippolito foi decisivo no final de uma corrida muito cansativa sob uma chuva torrencial.

Por fim Mogliano derrota Viadana 16×05, subindo para o terceiro lugar na classificação atrás de Calvisano e Petrarca.

 

Peroni TOP12 – Campeonato Italiano

Colorno 20×23 Rovigo

Calvisano 27×10 San Donà

Fiamme Oro 34×22 Lazio

Petrarca 31×08 Lyons Piacenza

Valorugby Emilia 38×3 I Medicei

Mogliano 16×05 Viadana

 ClubeCidadeJogosPontos
rovigo rugbyRovigoRovigo1251
Valorugby EmiliaReggio Emilia1244
Fiamme OroRoma1244
CalvisanoCalvisano1243
PetrarcaPadova1242
MoglianoMogliano Veneto1225
I MediceiFlorença1225
ViadanaViadana1224
San DonàSan Donà di Piave1222
ColornoColorno1216
LyonsPiacenza1214
LazioRoma1211
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- 1º a 4º colocados = Semifinais
- 11º e 12º colocados = Rebaixamento

*Viadana e Valorugby tiveram um jogo com resultado cancelado.