ARTIGO COM VÍDEOS – O Japão se sagrou campeão do World Rugby U20s Trophy (Troféu Mundial M20) em São José dos Campos ao conquistar dramática vitória sobre Portugal na grande final por 35 x 34, assegurando sua promoção à primeira divisão mundial.

O jogo começou com superioridade do Japão, que não tardou a marcou os dois primeiros tries da peleja, com Maruo e Vailea (em linda corrida). Mas Portugal empatou rapidamente, com tries de Rodrigo Marta, em corrida relâmpago, e Rodrigo Bento, em maul, logo após Kawase deixar o Japão com 14 homens por amarelo. Portugal ainda desperdiçou penal, mas virou o marcador aos 37′, com o artilheiro Storti correndo na ponta para abrir 21 x 14. E antes da pausa o Japão novamente pecou na disciplina com mais um amarelo.

- Continua depois da publicidade -

Portela capitalizou para os Lobitos na largada do segundo tempo com penal certeiro, mas o pack japonês era superior nas formações e os Baby Blossoms encostaram no marcador com try de maul de Harada. Toma lá, dá cá, e Portugal respondeu prontamente com outra corrida imparável de Storti. Os asiáticos voltaram a apostaram na força dos avançados e novamente encostaram no placar com maul, resultando em penal try aos 66′ para colocar o 29 x 28 no placar.

O fim de jogo prometia drama e aos 69′ a linha portuguesa de novo funcionou com a bola encontrando Salgado na ponta para novo try. Mas o Japão manteve a bola viva no ataque e com seus avançados até conseguir try crucial no pick and go de Ryosuke Kawase. Com a conversão, Japão virou o placar para 35×34, o suficiente para que a tática no fim fosse manter a posse de bola e chutar para fora após o tempo regulamentar e dar a vaga para o Japão, que volta à elite mundial de forma dramática!

 


35versus copiar34

Japão 35 x 34 Portugal

Árbitro: Damian Schneider (Argentina) / Assistentes: Luke Rogan (EUA) e Cauã Ricardo (Brasil)

Japão

Tries: Maruo, Vailea, Harada, penal try e Kawase

Conversões: Fukuyama (4)

15 Ryosuke Kawase, 14 Yuichiro Wada, 13 Tomoki Osada, 12 Taihei Kusaka, 11 Futo Yamaguchi, 10 Ryuto Fukuyama, 9 Kaisei Tamura, 8 Takamasa Maruo, 7 Shota Fukui (c), 6 Halatoa Vailea, 5 Ryusei Koike, 4 Ougi Yamamoto, 3 Sho Maeda, 2 Mamoru Harada, 1 Yota Kamimori;

Suplentes: 16 Daiki Nishiyama, 17 Gun Tajima, 18 Shohei Tsujimura, 19 Terutaka Oka, 20 Kohki Matsumoto, 21 Akito Okui, 22 Hayato Fukunishi, 23 Ryota Tomoike, 24 Takumi Aoki, 25 Moeki Fukushi, 26 Keita Inayoshi;

Portugal

Tries: Storti (2), Marta, Bento e Salgado

Conversões: Portela (3)

Penais: Portela (1)

15 Simão Bento, 14 Raffelle Storti, 13 Rodrigo Marta, 12 José do Carmo, 11 Francisco Salgado, 10 Jerónimo Portela, 9 Joaquim Félix, 8 José Roque (c), 7 Manuel Pinto, 6 Manuel Maia, 5 Martim Belo, 4 Helano Alberto, 3 Duarte Conde, 2 Rodrigo Bento, 1 David Costa;

Suplentes: 16 Márcio Pinheiro, 17 António Cunha, 18 Federico Simões, 19 André Gouveia, 20 José Madeira, 21 Sebastião Silva, 22 Pedro Lucas, 23 Tomás Lamboglia, 24 João Vieira, 25 José Santos, 26 Francisco Afra Rosa;

 

AnoSedeCampeão
2008ChileUruguai
2009QuêniaRomênia
2010RússiaIItália
2011GeórgiaSamoa
2012Estados UnidosEstados Unidos
2013ChileItália
2014Hong KongJapão
2015PortugalGeórgia
2016ZimbábueSamoa
2017UruguaiJapão
2018RomêniaFiji
2019BrasilJapão
2020Espanha-