Foto: World Rugby

ARTIGO COM VÍDEO – O Japão se sagrou campeão da 2ª etapa do World Rugby Sevens Challenger Series (a 2ª divisão mundial masculina), disputada em Montevidéu (Uruguai) neste fim de semana. O título foi conquistado de modo dramático, em final que foi ao segundo tempo da prorrogação contra o Uruguai e que valeu a liderança para os japoneses no circuito.

As duas primeiras etapas somadas definiram os 8 times que jogarão a etapa final (que seria em Hong Kong, mas, por conta da crise do coronavírus está com a sede e a data pendentes de confirmação). Garantiram-se na etapa final (que valerá promoção à primeira divisão mundial para o campeão): Japão, Hong Kong, Alemanha, Chile, Uruguai, Tonga, Uganda e Zimbábue. Itália, Jamaica, Papua Nova Guiné, Portugal e Brasil foram eliminados (assim como Colômbia, México e Paraguai, que eram somente convidados).

A grande surpresa da reta final do torneio foi a eliminação da Alemanha (campeã da primeira etapa) nas quartas de final diante do Chile, por 17 x 12. Já a Itália, que buscava recuperação após etapa inaugural decepcionante, foi eliminada por Hong Kong com try na última bola, ao passo que o Uruguai se impôs sobre Tonga, para o delírio da torcida. Favorito, o Japão se impôs sem problemas sobre a Jamaica. A Itália suou frio até o fim, mas viu sua classificação ao G8 ser perdida por Uganda e Zimbábue alcançarem a decisão de 9º lugar, o que rendeu aos dois africanos classificação.

Na semifinal, o Japão despachou o Chile por contundentes 31 x 10, ao passo que o Uruguai fez história vencendo Hong Kong por 12 x 00.

- Continua depois da publicidade -


Na grande final, Japão e Uruguai travaram um duelo épico, que ficou incrivelmente empatado em 00 x 00 durante 3 tempos. Somente no segundo tempo da prorrogação os japoneses fizeram valer o favoritismo e vencer com try de Matsui. Incrível.


Os 8 classificados aguardam agora a confirmação do local e data da etapa final por parte do World Rugby.

World Rugby Sevens Challenger Series – 2a divisão mundial masculina de sevens – 2a etapa – em Montevidéu

 

Tupis: Adrio de Melo (Pasteur), Ariel Rodrigues (Poli), Bryan Alves (Pasteur), David Páscoa (Jacareí), Douglas Rauth (Curitiba), Gabriel Quirino (São José), Laurent Bourda-Couhet (Band Saracens), Matheus Cláudio (Jacareí), Matheus Santos (Desterro), Murillo Bonesso (Farrapos), Rafael “Latrel” dos Santos (São José), Robert Tenório (Poli);

 

*Horários de Brasília

Sábado, dia 22 de fevereiro

11h03 – Tonga 14 x 07 Portugal

11h25 – Chile 29 x 10 Colômbia

11h47 – Zimbábue 12 x 35 Itália

12h09 – Japão 71 x 05 Paraguai

12h31 – Uganda 00 x 10 Jamaica

12h53 – Hong Kong 41 x 05 Brasil

13h15 – Papua Nova Guiné 10 x 26 Uruguai

13h37 – Alemanha 38 x 07 México

 

14h09 – Tonga 40 x 19 Colômbia

14h31 – Chile 14 x 10 Portugal

14h53 – Zimbábue 31 x 12 Paraguai

15h15 – Japão 26 x 12 Itália

15h57 – Uganda 19 x 12 Brasil

16h09 – Hong Kong 31 x 07 Jamaica

16h31 – Papua Nova Guiné 12 x 17 México

16h53 – Alemanha 26 x 10 Uruguai

 

17h25 – Portugal 31 x 19 Colômbia

17h47 – Chile 12 x 19 Tonga

18h09 – Itália 47 x 19 Paraguai

18h31 – Japão 26 x 12 Zimbábue

19h18 – Brasil 10 x 38 Jamaica

19h35 – Hong Kong 38 x 12 Uganda

20h02 – Uruguai 34 x 05 México

20h30 – Alemanha 24 x 10 Papua Nova Guiné

 

Grupo A: 1 Alemanha, 2 Uruguai, 3 México, 4 Papua Nova Guiné

Grupo B: 1 Hong Kong, 2 Jamaica, 3 Uganda, 4 Brasil

Grupo C: 1 Japão, 2 Itália, 3 Zimbábue, 4 Paraguai

Grupo D: 1 Tonga, 2 Chile, 3 Portugal, 4 Colômbia

 

Domingo, dia 23 de fevereiro

11h33 – Quartas de final pelo 9º lugar – México 17 x 24 Colômbia

11h56 – Quartas de final pelo 9º lugar – Zimbábue 21 x 15 Brasil

12h19 – Quartas de final pelo 9º lugar – Portugal 17 x 19 Papua Nova Guiné

12h42 – Quartas de final pelo 9º lugar – Uganda 56 x 07 Paraguai

13h15 – Quartas de final pelo 1º lugar – Alemanha 12 x 17 Chile

13h38 – Quartas de final pelo 1º lugar – Japão 32 x 00 Jamaica

14h01 – Quartas de final pelo 1º lugar – Tonga 07 x 27 Uruguai

14h24 – Quartas de final pelo 1º lugar – Hong Kong 17 x 14 Itália

 

14h57 – Semifinal pelo 13º lugar – México 22 x 00 Brasil

15h20 – Semifinal pelo 13º lugar – Portugal 26 x 10 Paraguai

15h43 – Semifinal pelo 9º lugar – Colômbia 17 x 33 Zimbábue

16h06 – Semifinal pelo 9º lugar – Papua Nova Guné 19 x 22 Uganda

16h39 – Semifinal pelo 5º lugar – Alemanha 40 x 05 Jamaica

17h02 – Semifinal pelo 5º lugar – Tonga 15 x 26 Itália

17h25 – Semifinal pelo 1º lugar – Chile 10 x 31 Japão

17h48 – Semifinal pelo 1º lugar – Uruguai x Hong Kong

18h11 – Decisão de 13º lugar – México 07 x 30 Portugal

 

19h03 – Decisão de 9º lugar – Zimbábue 24 x 26 Uganda

19h28 – Decisão de 5º lugar – Alemanha 19 x 10 Itália

19h54 – Decisão de 3º lugar – Chile 07 x 12 Hong Kong

20h23 – FINAL – Japão 05 x 00 Uruguai

 

 SeleçãoPontuação totalEtapa 1 (Viña)Etapa 2 (Punta)Etapa 3 (Hong Kong)
Japão391722
Hong Kong361917
Alemanha352213
Chile301515
Uruguai27819
Tonga241311
Zimbábue19127
Uganda19118
Itália18612
Papua Nova Guiné16106
Jamaica17710
Portugal954
Brasil422
Campeão por etapa
- 8 primeiros colocados se classificarão ao torneio final em Hong Kong;

Obs: tabela com somente as 13 equipes fixas. Colômbia, Paraguai e México jogam como convidados e não poderão se classificar para o torneio de Hong Kong;