Foto: Kings x Dragons - INPHO/PRIO14

O Kings, equipe sul-africana de Port Elizabeth que disputou o Super Rugby em 2013, 2016 e 2017 e o PRO14 entre 2017 e 2020, vive novamente à beira do caos financeiro.

Em 2019, a Eastern Province Rugby Union, federação da região de Port Elizabeth que tinha maior controle sobre a franquia, entrou em colapso e vendeu 76% do controle dos Kings para o grupo privado “Greatest Rugby Company” que, no entanto, não conseguiu resolver o problema dos Kings e não cumpriu com suas obrigações contratuais. Assim, foi confirmado nesta semana que a South Africa Rugby assumirá o controle de 76% da entidade, declaradamente de modo relutante, para evitar o fim da equipe e colocar em ordem a administração da equipe.

Sob controle majoritário da South Africa Rugby, os Kings seguirão por enquanto no PRO14 (a liga de Irlanda, Gales, Escócia e Itália que, desde 2017, tem dois times sul-africanos, Kings e Cheetahs).

O histórico dos Kings é certamente dos piores entre todos os times profissionais das grandes ligas do mundo. Foram até o momento:

- Continua depois da publicidade -
  • 46 jogos no Super Rugby (em 2013, 2016 e 2017):
    • 11 vitórias
    • 1 empate
    • 34 derrotas;
  • 55 jogos no PRO14 (entre 2017 e 2020):
    • 4 vitórias;
    • 1 empate;
    • 50 derrotas;
  • Total:
    • 101 jogos;
    • 15 vitórias;
    • 2 empates;
    • 84 derrotas;