Foto: Bruno Ruas (ruasmidia)

Três notícias agitaram a segunda-feira do Mundial.

 

Lavanini volta pra casa mais cedo

Primeiro, o segunda linha da Argentina, Tomás Lavanini, teve sua suspensão confirmada após o cartão vermelho contra a Inglaterra. O jogador pegou 4 semanas de gancho e não enfrentará os EUA na despedida da Copa.

- Continua depois da publicidade -

A Argentina ainda teve uma troca no elenco por lesão, com a saída do scrum-half Tomás Cubelli e a convocação de Gonzalo Bertranou, dos Jaguares.

 

Itália convocou dois pilares

Enquanto isso, a Itália convocou dois pilares para o último desafio do Mundial contra os All Blacks. Após Simone Ferrari e Marco Riccioni saírem de campo lesionados na derrota para os Springboks, o técnico Conor O’Shea precisou convocar Giosue Zilocchi, de 22 anos (e 2 tests pela Itália), e Danilo Fischetti, de 21 anos (que ganha sua primeira convocação), ambos do Zebre.

 

Etzebeth acusado de racismo

Já na África do Sul, o segunda linha Eben Etzebeth virou notícia negativa em seu país por conta de uma acusação de racismo. O jogador foi intimado a comparecer a uma audiência da comissão que julga casos do gênero no país, tendo 10 dias para tal. Ou seja, Etzebeth precisaria deixar os Springboks em pleno Mundial. A federação de rugby ainda não abordou a questão publicamente.