Vitória dos sul-africanos do Stormers sobre os argentinos do Jaguares em Newlands. Foto: Stormers

ARTIGO COM VÍDEOS – A insanidade e o terror tomaram conta da Nova Zelândia na última sexta por conta do ataque terrorista que deixou 50 mortos em mesquitas de Christchurch. Por tal razão, o duelo de sábado pelo Super Rugby entre Crusaders e Highlanders, clássico da Ilha do Sul da Nova Zelândia foi cancelado e, por conta do calendário corrido em ano de Copa do Mundo, a partida foi declarada empate, com cada time ganhando com 2 pontos na classificação.

Na sexta, horas após a notícia do atentado, Chiefs e Hurricanes entraram em campo em dérbi neozelandês e os Chiefs mostraram poder de reação, após seu pior início de temporada desde 1999. O time de Hamilton começou forte com Lienert-Brown marcando o primeiro try aos 2′, após bloqueio de chute de Tiatia. Proctor respondeu aos 15′ com try para os Hurricanes, mas os anfitriões estavam bem e responderam com try de Damian McKenzie aos 20′, em contra-ataque após erro dos visitantes. Após o intervalo, Wes Goosen marcou o try da virada dos ‘Canes, aos 51’, mas McKenzie chutou logo depois o penal que decretou o empate em 23 x 23.

Na Austrália, Canberra recebeu clássico nacional entre Brumbies e Waratahs e o time da casa levou a melhor por 19 x 13, com Folau Fainga’a sendo decisivo com 2 tries para os Brumbies. Mas foi um penal try de maul na segunda etapa que assegurou a vitória da equipe da capital australiana.

O Reds foi outro australiano vitorioso na jornada, derrotando os Sunwolves em visita ao Japão por 34 x 31 de arrepiar, em um jogão de 5 tries a 4 para Queensland. O final foi de arrepiar, com Hoopert e Paenga-Amosa marcando 2 tries para os Reds que abriam boa frente, mas o try de Uchida e o penal de Parker devolviam a frente aos japoneses nos instantes finais. Porém, o empate dos Reds foi abocanhada com try aos 75′ de McDermott, após chute bloqueado nas 22. E a virada aveio aos 78′ com penal preciso de Hamish Stewart.

Na Cidade do Cabo, os Stormers receberam os Jaguares argentinos e se impuseram com categoria: 35 x 08 indiscutíveis que colocaram dúvidas sobre a forma do time do técnico Gonzalo Quesada. Os Jaguares inauguraram o placar logo aos 5′ com try de Delguy, mas foi só. Os sul-africanos controlaram todo o jogo e cruzaram o in-goal 4 vezes, com Daniel Du Plessis, Siya Kolisi, Hershel Jantjies e Justin Phillips.

Por fim, em Joanesburgo, o atual vice campeão Lions tirou a invencibilidade dos Rebels australianos, com uma virada espetacular encerrada em 36 x 33 para os sul-africano. Malcolm Marx inaugurou o placar com try para os Lions, mas os Rebels voaram baixo e marcaram 5 tries seguidos – incluindo um de Quade Cooper – para abrirem grande frente no começo do segundo tempo. Mas a reação dos Lions foi incrível, com Schoeman, Coetzee, Mapo e e Skosan cruzando o in-goal para os donos da casa, empatando o duelo com 15 minutos para o fim. Os Rebels resistiram à virada até onde conseguiram e ela só ocorreu já com o tempo esgotado com Gianni Lombard chutando penal dramático.

Sharks, Bulls e Blues folgaram n rodada.

 

- Continua depois da publicidade -

Super Rugby 2019

Chiefs 23 x 23 Hurricanes

Brumbies 19 x 13 Waratahs

Stormers 35 x 08 Jaguares

Sunwolves 31 x 34 Reds

Lions 36 x 33 Rebels

Highlanders 00 x 00 Crusaders – cancelado

 EquipeConferênciaPaísCidadeJogosPontos
CrusadersNova ZelândiaNova ZelândiaChristchurch1349
BullsÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulPretória1232
Brumbies logo copyBrumbiesAustrália/JapãoAustráliaCanberra1229
HurricanesNova ZelândiaNova ZelândiaWellington1340
JaguaresÁfrica do Sul/ArgentinaArgentinaBuenos Aires1232
LionsÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulJoanesburgo1230
sharks SR copy copySharksÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulDurban1229
Highlanders NZ rugby union team logo.svgHighlandersNova ZelândiaNova ZelândiaDunedin1329
RebelsAustrália/JapãoAustráliaMelbourne1228
WaratahsAustrália/JapãoAustráliaSydney1226
BluesNova ZelândiaNova ZelândiaAuckland1226
Stormers_Rugby.svgStormersÁfrica do Sul/ArgentinaÁfrica do SulCidade do Cabo1226
RedsAustrália/JapãoAustráliaBrisbane1223
ChiefsChiefsNova ZelândiaNova ZelândiaHamilton1323
SunwolvesAustrália/JapãoJapãoTóquio1212
- Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Vencer marcando 3 ou mais tries que o oponente = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- Classificam-se às quartas de final o 1º colocado de cada uma das 3 conferências + os 5 melhores da classificação geral;