Eben Etzebeth foi para a França e Brodie Retallick para o Japão. Dois craques que dão a tônica do mercado do rugby para 2019-20. Foto: Photosport

Quase todo mundo está pensando na Copa do Mundo, mas o rugby de clubes profissionais não está nada esquecido. As equipes do Top 14 francês, Premiership inglesa, PRO14 (isto é, irlandeses, galeses, escoceses, italianos e sul-africanos) e Top League japonesa foram às compras no meio de ano, movimentando o mercado da bola oval. Confira as contratações de destaque para a temporada que começará neste segundo semestre – com os grandes reforços aparecendo nos gramados após a Copa do Mundo.

Para uma análise do mercado, recomendamos o artigo do Fair Play português: clique aqui.

 

Franceses e ingleses foram às compras

- Continua depois da publicidade -

Enquanto o Top 14 francês terá início no dia 24 de agosto, antes mesmo do início da Copa do Mundo, a Premiership inglesa esperará a reta final do Mundial para começar, com pontapé inicial no dia 18 de outubro. As duas ligas, no entanto, se equiparam quando o assunto são as contratações, com os clubes dos dois países indo à compras, sobretudo contratando atletas que estavam no Super Rugby (a liga do Hemisfério Sul), contratando All Blacks, Wallabies, Springboks e Pumas.

Na França, o Bordeaux contratou o ponta argentino Santiago Cordero, ao passo que o Montpellier é o destino do abertura sul-africano Handré Pollard após o Mundial. Ben Smith, o fullback dos All Blacks, jogará pelo Pau, ao passo que Nehe Milner-Skudder defenderá as cores do Stade Français, junto com o segunda linha e capitão sul-africano Eben Etzebeth e do terceira linha argentino Pablo Matera. Por sua vez, o segunda linha dos Wallabies Rory Arnold jogará pelo Toulouse, que também testará o ex melhor do mundo Werner Kok, que deixa a seleção sul-africana.

Já na Inglaterra, ninguém contratou mais que o recém promovido London Irish, que se reforçou com o ponta neozelandês Naholo os australianos Kepu (primeira linha),Coleman (segunda linha) e Phipps (scrum-half australiano), além de Sean O’Brien (ídolo irlandês). O Northampton Saints levou Owen Franks (pilar dos All Blacks), ao passo que Fekitoa (centro neozelandês) trocou o rugby francês pelos Wasps. Já o segunda linha argentino Tomás Lavanini defenderá o Leicester Tigers, ao passo que seu compatriota Martin Landajo será o scrum-half dos Harlequins. O Sale Sharks, por sua vez, está mais sul-africano do que nunca e, entre os reforços, destaca-se Lood de Jager. Nota ainda para o fullback escocês Stuart Hogg, trocando o Glasgow pelo Exeter Chiefs.

O PRO14, por sua vez, foi humilde nas contratações, com poucos destaques. A maior novidade talvez seja o gigante fijiano Eroni Sau indo ao rugby escocês.

 

Japoneses levam dezenas de nomes do Super Rugby

O grande destaque das contratações, na verdade, foi o Japão. A Top League, a liga do país, começará apenas depois da Copa do Mundo e simplesmente drenou o Super Rugby de grandes craques mundiais. Pórém, é bom notar que a Top League terá final em março, permitindo o retorno de alguns atletas ao Super Rugby.

Para a “Terra do Sol Nascente” irão os All Blacks Brodie Retallick, Sam Whitelock, Kieran Read, Ryan Crotty, Liam Squire e Matt Todd (além do veterano Stephen Donald), os Wallabies Bernard Foley, Christian Lealiifano, Samu Kerevi, Will Genia e (o ex-seleção) Quade Cooper e os Springboks Duane Vermeulen, Jesse Kriel, RG Snyman, Andre Esterhuizen, Kwagga Smith e Damian de Allende. Incrível, não?

 

Principais contratações

*Ex clube e nacionalidade entre parênteses. Em negrito os grandes destaques.

 

TOP 14 (Campeonato Francês)

AGEN: Xavier Chauveau (francês, Racing);

BAYONNE: Edwin Maka (tonganês, Racing), Alofa Alofa (samoano, Harlequins), Census Johnston (samoano, Racing), Djibril Camara (francês, Stade Français);

BORDEAUX: Rémi Lamerat (francês, Clermont), Santiago Cordero (argentino, Exeter Chiefs), Scott Higginbotham (australiano, Reds), Alexandre Flanquart (francês, Stade Français);

BRIVE: Alex Dunbar (escocês, Glasgow);

CASTRES: Matt Tierney (canadense, Pau);

CLERMONT: Rudy Paige (sul-africano, Cheetahs), JJ Engelbrecht (sul-africano, Stormers), Faifili Levave (samoano, Mitsubishi Dynaboars);

LA ROCHELLE: Facundo Bosch (argentino, Agen), Brock James (australiano, Bordeaux);

LYON: Xavier Chiocci (francês, Toulon), Demba Bamba (francês, Brive), Patricio Fernández (argentino, Clermont), Josua Tuisova (fijiano, Toulon);

MONTPELLIER: Caleb Timu (australiano, Reds), Guilhem Guirado (francês, Toulon), Handré Pollard (sul-africano, Bulls), Kahn Fotuali’i (samoano, Bath);

PAU: Alexandre Dumoulin (francês, Montpellier), Ben Smith (neozelandês, Highlanders), Siegfried Fisi’ihoi (tonganês, Stade Français), Luke Whitelock (neozelandês, Highlanders), Dominiko Waqaniburotu (fijiano, Brive);

RACING: Sam Hidalgo-Clyne (escocês, Scarlets), Francois Trinh-Duc (francês, Toulon),

STADE FRANÇAIS: Tolu Latu (australiano, Waratahs), Pablo Matera (argentino, Jaguares), Sefa Naivalu (australiano, Reds), Ruan Combrinck (sul-africano, Lions), Lionel Mapoe (sul-africano, Lions);

TOULON: Christopher Tolofua (francês, Saracens), Baptiste Serin (francês, Bordeaux), Eben Etzebeth (sul-africano, Stormers), Nehe Milner-Skudder (neozelandês, Hurricanes), Duncan Paia’aua (australiano, Reds), Bryce Heem (neozelandês, Worcester), Beka Gigashvili (georgiano, Grenoble), Sergio Parisse (italiano, Stade Français), Ben Te’o (inglês, Worcester Warriors);

TOULOUSE: Rory Arnold (australiano, Brumbies), Werner Kok (sul-africano, seleção de sevens);

 

PREMIERSHIP (Campeonato Inglês)

BATH: Will Stuart (inglês, Wasps), Lewis Boyce (inglês, Harlequins);

BRISTOL BEARS: Dave Attwood (inglês, Bath), Nathan Hughes (inglês, Wasps);

EXETER CHIEFS: Stuart Hogg (escocês, Glasgow);

GLOUCESTER: Joe Simpson (inglês, Wasps), Chris Harris (escocês, Newcastle Falcons);

HARLEQUINS: Santiago Garcia Botta (argentino, Jaguares), Martin Landajo (argentino, Jaguares), Michele Campagnaro (italiano, Wasps), Scott Baldwin (galês, Ospreys), Vereniki Goneva (fijiano, Newcastle Falcons), Tevita Cavubati (fijiano, Newcastle Falcons);

LEICESTER TIGERS: Jordan Taufua (neozelandês, Crusaders), Noel Reid (irlandês, Leinster), Jaco Taute (sul-africano, Munster), Tomás Lavanini (argentino, Jaguares), EW Viljoen (sul-africano, Stormers);

LONDON IRISH: Allan Dell (escocês, Edinburgh), Nick Phipps (australiano, Waratahs), Curtis Rona (australiano, Waratahs), Sean O’Brien (irlandês, Leinster), Sekope Kepu (australiano, Waratahs), Paddy Jackson (irlandês, Perpignan), Waisake Naholo (neozelandês, Highlanders), Adam Coleman (australiano, Rebels), Ruan Botha (sul-africano, Sharks), Steve Mafi (tonganês, Castres);

NORTHAMPTON SAINTS: Matt Proctor (neozelandês, Hurricanes), Owen Franks (neozelandês, Crusaders), Ryan Olowofela (inglês, seleção de sevens), Michael van Vuuren (sul-africano, Bath);

SALE SHARKS: Robert du Preez (sul-africano, Sharks), Akker van der Merwe (sul-africano, Bulls), Lood de Jager (sul-africano, Bulls), Coenie Oosthuizen (sul-africano, Sharks), Dan du Preez (sul-africano, Sharks), Jean-Luc du Preez (sul-africano, Sharks), Mark Wilson (inglês, Newcastle Falcons);

SARACENS: Elliot Daly (inglês, Wasps), Jack Singleton (inglês, Worcester Warriors);

WASPS: Jeffery Toomaga-Allen (neozelandês, Hurricanes), Malakai Fekitoa (neozelandês, Toulon), Matteo Minozzi (italiano, Zebre), Sione Vailanu (tonganês, Saracens);

WORCESTER WARRIORS: Graham Kitchener (inglês, Leicester Tigers), Melani Nanai (samoano, Blues), Conor Carey (irlandês, Connacht);

 

PRO14 (liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul)

BENETTON TREVISO (Itália): Ian Keatley (irlandês, London Irish), Leonardo Sarto (italiano, Leicester Tigers);

CARDIFF BLUES (Gales): Hallam Amos (galês, Dragons), Josh Adams (galês, Worcester), Jason Tovey (galês, Dragons);

CHEETAHS (África do Sul): Ruan Pienaar (sul-africano, Montpellier);

CONNACHT (Irlanda): John Porch (australiano, seleção de sevens), Paddy McAllister (irlandês, Gloucester);

DRAGONS (Gales): Sam Davies (galês, Ospreys);

EDINBURGH (Escócia): Jamie Bhatti (escocês, Glasgow), Eroni Sau (fijiano, Perpignan), Mesulame Kunavula (fijiano, seleção de sevens), Nic Groom (sul-africano, Lions);

GLASGOW WARRIORS (Escócia): Andrew Davidson (escocês, Newcastle Falcons), Mesu Dolokoto (fijiano, Fijian Drua), Kyle Steyn (escocês, seleção de sevens);

KINGS (África do Sul): Demetri Catrakilis (sul-africano, Harlequins), Jerry Sexton (irlandês, Jersey Reds);

LEINSTER (Irlanda): Cian Kelleher (irlandês, Connacht);

MUNSTER (Irlanda): Nick McCarthy (irlandês, Leinster);

OSPREYS (Gales): Gareth Anscombe (galês, Cardiff Blues), Shaun Venter (sul-africano, Cheetahs);

SCARLETS (Gales): Sam Lousi (tonganês, Hurricanes);

ULSTER (Irlanda): Sam Carter (australiano, Brumbies), Matt Faddes (neozelandês, Highlanders);

ZEBRE (Itália): Luca Bigi (italiano, Benetton), Alexandru Țăruș (romeno, Sale Sharks);

 

TOP LEAGUE (Campeonato Japonês)

CANON EAGLES: Jesse Kriel (sul-africano, Bulls), Kobus van Dyk (sul-africano, Stormers);

HINO RED DOLPHINS: Augustine Pulu (neozelandês, Blues);

HONDA HEAT: RG Snyman (sul-africano, Bulls);

KOBELCO STEELERS: Brodie Retallick (neozelandês, Chiefs), Ataata Moeakiola (neozelandês, Blues), Richard Buckman (neozelandês, Highlanders);

KUBOTA SPEARS: Ryan Crotty (neozelandês, Crusaders), Duane Vermeulen (sul-africano, Bulls), Wharenui Hawera (neozelandês, Brumbies), Bernard Foley* (australiano, Waratahs);

MUNAKATA SANIX BLUES: Andre Esterhuizen (sul-africano, Sharks);

MITSUBISHI DYNABOARS: Jackson Hemopo (neozelandês, Highlanders);

NEC GREEN ROCKETS: Stephen Donald (neozelandês, Chiefs);

NTT-DOCOMO RED HURRICANES: Liam Squire (neozelandês, Highlanders), Marty Banks (neozelandês, Highlanders);

NTT SHINING ARCS: Christian Lealiifano (australiano, Brumbies), Jimmy Tupou (neozelandês, Blues), Malcolm Marx (sul-africano, Lions), Robert Kruger (sul-africano, Lions);

PANASONIC WILD KNIGHTS: David Pocock (australiano, Brumbies), Sam Whitelock (neozelandês, Crusaders), Harold Vorster (sul-africano, Lions), Damian de Allende (sul-africano, Stormers);

RICOH BLACK RAMS: Matt Lucas (australiano, Brumbies), Ben Funnell (neozelandês, Crusaders);

SUNTORY SUNGOLIATH: Samu Kerevi (australiano, Reds), Sam Talakai (australiano, Reds), Tevita Li (neozelandês, Highlanders);

TOSHIBA BRAVE LUPUS: Matt Todd (neozelandês, Crusaders);

TOYOTA VERBLITZ: Kieran Read (neozelandês, Crusaders), Jason Jenkins (sul-africano, Bulls);

YAMAHA JUBILO: Kwagga Smith (sul-africano, Lions);

*a confirmar;

 

TOP CHALLENGE (2ª divsão japonesa)

COCA-COLA RED SPARKS: James Marshall (neozelandês, Hurricanes);

KINTETSU LINERS: Will Genia (australiano, Rebels), Quade Cooper (australiano, Rebels);

KURITA WATER GUSH: Tom English (australiano, Rebels);

2 COMENTÁRIOS