Montpellier e Harlequins farão a grande final da Challenge Cup

ARTIGO COM VÍDEOS – Foram conhecidos os finalistas da Challenge Cup, a segunda copa da Europa. Na sexta-feira, o Harlequins, da Inglaterra, maior campeão do torneio, derrotou os franceses do Grenoble na sexta-feira por 30 x 6, ao passo que os franceses do Montpellier asseguraram vaga pela primeira vez na decisão da competição derrotando no sábado os galeses do Dragons por 22 x 12.

 

No dia 13 de maio, Montpellier e Harlequins irão decidir a taça em Lyon, na França.

 

Harlequins na busca pelo tetra

Tricampeão da Challenge Cup (2001, 2004 e 2011), o Harlequins recebeu em Londres o Grenoble, da França, que alcançava pela primeira vez em sua história a semifinal da segunda competição europeia. Mas, a experiência dos Quins no torneio fez a diferença e a vitória veio sem maiores problemas: 30 x 6.

 

Já de fora da briga real pelas semifinais da Premiership inglesa, o Harlequins depositou toda a sua gana na partida e dominou as ações do início da partida, com Botica abrindo o placar com penal, aos 6′, e Jamie Roberts, aos 11′, marcou o primeiro try da peleja, com Danny Care enxergando o centro galês em explosão correndo no sentido contrário da defesa francesa. O Grenoble igualou as ações no restando do primeiro tempo e Wisniewski reduziu a diferença com 2 penais certeiros, contra 1 de Botica para os Quins.

 

Mas, na segunda etapa, os donos da casa não deram margem ao infortúnio e, aos 52′, depois da sequência de fases nas 22, o abertura neozelandês Nick Evans fez mágica, chutando rasteiro para o in-goal e mergulhando para fazer o segundo try londrino. Os alpinos não conseguiram mais reagir e, aos 68′, o centro George Lowe fez o try que sacramentou a vitória dos Quins, apanhando o chute de Care para o in-goal, em jogada de grande perspicácia após o scrum. 30 x 6, números finais no The Stoop.

 

Com a vaga na decisão, a torcida dos Quins já esfrega as mãos: jamais na história da Challenge Cup o Harlequins foi derrotado em uma final.

Montpellier despacha Dragons

Na França, no sábado, foi a vez do Montpellier receber os galeses do Newport Gwent Dragons na outra semifinal do torneio. Era a primeira vez que o time do Mediterrâneo alcançava a semifinal da Challenge Cup, tendo em seu currículo apenas o título do humilde European Shield de 2003-04, a extinta terceira copa europeia. O Dragons, por sua vez, já tinha em seu histórico três semifinais da Challenge Cup, com três derrotas. E, desta vez, o destino se repetiu aos galeses, que não foram capazes de bater os favoritos.

 

Atual vice líder do Top 14 francês, o Montpellier mostrou a força de seu elenco, que vem crescendo no fim de temporada, apesar de dividir as atenções entre duas competições. A vitória, no entanto, não foi fácil para o time do Jake White, campeão do mundo com os Springboks em 2007. O primeiro tempo foi de poucos espaços, com o sul-africano Catrakilis chutando 9 dos 12 pontos do Montpellier através de penais antes do interval, enquanto Paillaugue arrematou o quarto penal.

 

Na volta dos vestiários, Catrakilis chutou o quinto penal para os franceses, abrindo 15 x 0. E, aos 59′, os franceses emplacaram poderoso maul após lateral, com o sul-africano Bismarck Du Plessis cravando o primeiro try do jogo. 22 x 12, sugerindo que o jogo já estava encerrado. Porém, os galeses jogaram os 20 minutos finais com o coração e reagiram. Aos 61′, o ponta Hallam Amos correu para o primeiro try dos Dragons e, aos 77′, foi a vez do fullback Carl Meyer arrancar para o segundo try, mas tardio para permitir o time de Newport sonhar. 22 x 12, placar final.

 

Russos e romenos garantem vaga na próxima Challenge Cup

Enquanto Montpellier e Harlequins comemoravam suas vagas na final da Challenge Cup 2015-16, Enisei e Timisoara festejaram suas classificações para a Challenge Cup 2016-17. O Torneio Qualificatório Europeu, a terceira copa do continente, definiu no sábado seus dois vitoriosos, com as duas finais sendo decididas. Jogando na Rússia, os siberianos do Enisei não deram chances aos italianos do Rovigo, vencendo por 37 x 5. Os russos já tinham vencido na Itália no jogo de ida e apenas confirmaram o que já era esperado. A partida foi em Krasnodar, a mais de 4000 km de distância de Krasnoyarsk, cidade do Enisei.

 

Já os romenos do Timisoara Saracens, parceiros do Saracens, da Inglaterra, derrotaram na Itália o campeão do Eccellenza italiano, o Calvisano, por 28 x 17, também fechando a melhor de duas partidas com duas vitórias. Essa será a primeira vez na história que Timisoara joga a segunda copa europeia.

 

Com os resultados, pela primeira vez na história da Challenge Cup nenhuma equipe do Campeonato Italiano estará presente, sendo que os únicos dois italianos que disputarão as duas principais copas continentais são as duas equipes do país que disputam o PRO12 (Zebre e Treviso, que ainda não definiram quem jogará a Champions Cup e quem estará na Challenge Cup). Certamente o momento mais baixo dos clubes italianos na era profissional.
challenge cup eprc copy copy

Rugby Challenge Cup 2015-16 – Copa Desafio Europeu

Semifinais

Harlequins copy copy30versus copiar06grenoble

Harlequins (Inglaterra) 30 x 06 Grenoble (França), em Londres

 

Montpellier logo novo copy22versus copiar12Newport_gwent_dragons_badge

Montpellier (França) 22 x 12 Dragons (Gales), em Montpellier

 

Final – dia 13 de maio

Montpellier logo novo copyversus copiarHarlequins copy copy

16h00 – Montpellier (França) x Harlequins (Inglaterra), em Lyon (França)

 

*Hora de Brasília

 

epcr

Torneio Qualificatório Europeu

Decisões – Jogos de volta

enisei37versus copiar05rovigo rugby

Enisei (Rússia) 37 x 05 Rovigo (Itália), em Krasnodar

 

calvisano17versus copiar28timisoara-saracens

Calvisano (Itália) 17 x 28 Timisoara Saracens (Romênia), em Calvisano

Comentários