Argentina faz milagre para cima da campeã França. Foto: Leo Galletto/World Rugby.

ARTIGO COM VÍDEOS – Nesta quarta-feira o Campeonato Mundial M20 – a primeira divisão mundial – teve o fechamento de sua fase de grupos com dois clássicos de arrepiar definindo quais serão os confrontos de semifinais na Argentina. A seleção da casa fez milagre, atropelou a atual campeã França e se garanti nas semis para encarar a Austrália, que perdeu para a Inglaterra em chuva de tries, mas avançou. A França também se classificou, apesar do placar, e encarará a África do Sul, que falou mais alto contra a arquirrival Nova Zelândia no clássico da rodada, eliminando precocemente os poderosos Baby Blacks.

Já Itália, Escócia, Geórgia e Fiji jogarão contra o rebaixamento, mas nesta rodada teve festa do lado da Geórgia, que fez bonito vencendo os escoceses.

 

Grupo A: Pumitas fazem a festa com a torcida

- Continua depois da publicidade -

A Argentina precisava vencer com bônus a França, campeã mundial de 2018 e que havia feito dois jogos sólidos no atual torneio. E os Pumitas simplesmente atropelaram, abrindo incríveis 27 x 00 em questão de 25 minutos, com a França ainda sofrendo um cartão vermelho para o asa  Zagueur. O pilarzão Gallo levou a torcida ao delírio correndo mais de meio campo para o primeiro try do jogo, com Garcia e Samso marcando os outros. A França ainda reagiu com try de Delord, logo após cartão amarelo para a Argentina, que equilibrou as chances momentaneamente. Mas Dimcheff cruzou o in-goal antes do intervalo, abrindo 34 x 07.

Mesmo com um homem a menos e tamanha desvantagem, a França correu atrás do prejuízo, em busca de ao menos um bônus. E conseguiu. Joseph e Taofifenua marcaram 2 tries para os Bleuets, que renasceram. O abertura Castro fez magia e cravou um lindo tru para os Pumitas, para afastar as chances de virada francesa, mas os atuais campeões ainda reagiram no fim e o try de Lebel assegurou um precioso bônus ofensivo para a França com belo try, iniciado com o abertura Carbonel. Argentina 47 x 26, placar final.

No outro duelo do grupo, Gales e Fiji fizeram um jogaço, com Gales se livrando do risco de descenso vencendo por 44 x 28. Mas os fijianos mantiveram o placar apertado até perto do fim. 6 tries a 4 para os galeses.


Grupo B: Austrália perde, mas quebra tabu

A Austrália não chegava às semifinais do Mundial M20 desde 2011. Na rodada final da 1ª fase, os Young Wallabies perderam para a Inglaterra em um jogo alucinante de 56 x 33 para os ingleses que, todavia, não conseguiram a classificação. O resultado, com o bônus ofensivo, deixou a Austrália no primeiro lugar.

Os ingleses voaram baixo e fizeram um primeiro tempo colossal de 42 x 12, aproveitando o cartão vermelho sofrido por Tafa, da Austrália, logo aos 2′. Mas os australianos correram atrás do crucial bônus no segundo tempo e conseguiram o quarto try aos 70′ com McReight.

Já a Irlanda tinha um fio de esperança de avançar e se impôs sobre a Itália por 38 x 14, mas a vitória bonificada não foi suficiente para os campeões do Six Nations, que ficaram 1 ponto abaixo dos Young Wallabies.



Grupo C: África do Sul elimina Nova Zelândia em duelo de titãs

No Grupo C, o primeiro lugar foi decidido como grande clássico mundial entre África do Sul e Nova Zelândia. E os Junior Boks foram superiores, com um primeiro tempo impecável de 19 x 03 sobre os rivais, com tries do fullback Isaacs, recebendo offload lindo do centro Pretorius, e do segunda linha Van der Mescht, em magnífica corrida desde o meio campo após roubar lateral neozelandês. Os Baby Blacks reagiram após o intervalo com Boshier sofrendo um penal try após erro de chute sul-africano. Mas a indisciplina pesou para o lado kiwi e Nohamba chutou penais preciosos para os Junior Boks. No fim, Lalomilo cravou o segundo try da Nova Zelândia, aos 74′, mas o bônus defensivo, que daria a classificação aos homens de preto, não saiu. 25 x 17, África do Sul nas semis como a única seleção invicta até aqui.

Já a Geórgia celebrou demais uma vitória por 17 x 12 sobre a Escócia, que provou que o país tem hoje nível de encarar o primeiro escalão mundial. A vitória foi dramática, com a virada acontecendo apenas aos 73′ com try de Nioradze.


World Rugby U20 Championship – Campeonato Mundial M20 – Argentina 2019

*Horários de Brasília

3ª rodada – Quarta-feira, dia 12 de junho

10h30 – Itália x Irlanda, em Santa Fe

10h30 – Geórgia x Escócia, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Gales x Fiji, em Santa Fe

13h00 – França x Argentina, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – Inglaterra x Austrália, em Santa Fe

15h30 – África do Sul x Nova Zelândia, em Rosario (Jockey Club)

 SeleçãoJogosPontos
Grupo A
Argentina311
França311
Gales39
Fiji31
Grupo B
Austrália311
Irlanda310
Inglaterra39
Itália31
Grupo C
África do Sul314
Nova Zelândia310
Geórgia34
Escócia32
- Semifinais: 1ºs colocados de cada grupo + melhor 2º colocado;
- Semifinais pelo 5º lugar: Demais 2ºs colocados + 2 melhores 3ºs;
- Semifinais pelo 9º lugar: Pior 3º colocado e 4ºs colocados;

 

Segunda-feira, dia 17 de junho

10h30 – Campeonato Mundial M20 – Semifinal pelo 5º lugar: Nova Zelândia x Gales – World Rugby TV AO VIVO

10h30 – Campeonato Mundial M20 – Semifinal pelo 9º lugar: Escócia x Itália – World Rugby TV AO VIVO

13h00 – Campeonato Mundial M20 – Semifinal pelo 9º lugar: Geórgia x Fiji – World Rugby TV AO VIVO

13h00 – Campeonato Mundial M20 – Semifinal pelo 1º lugar: Argentina x Austrália – World Rugby TV AO VIVO

15h30 – Campeonato Mundial M20 – Semifinal pelo 5º lugar: Irlanda x Inglaterra – World Rugby TV AO VIVO

15h30 – Campeonato Mundial M20 – Semifinal pelo 1º lugar: África do Sul x França – World Rugby TV AO VIVO

 

1 COMENTÁRIO

  1. Victor, no jogo da Argentina vs França, a Argentina também teve um jogador expulso, poucos minutos após a expulsão do jogador francês, por um high tackle. O jogador expulso da Argentina foi o ponta Isgro, então quando teve o cartão amarelo para o segunda linha Bur, ficaram 13 da Argentina vs 14 da França.