Na Premiership, Saracens lidera e Exeter segue firme na segunda posição

A Premiership voltou neste fim de semana para sua décima rodada após a parada de duas semanas por causa da Champions Cup, exceção feita ao Bath e ao Sale Sharks que pararam três semanas por causa de um jogo do Bath do torneio europeu adiado devido aos eventos terroristas na França no fim do ano passado. E, na volta, as equipes retornaram já desfalcadas de seus atletas cedidos aos selecionados que disputarão o Six Nations a partir do próximo fim de semana.

 

Por isso, os jogos desta rodada já apresentaram surpresas e disputas mais acirradas não esperadas. Saracens manteve a liderança, mas levou um grande susto do outrora poderoso Bath, atual vice-campeão do torneio, mas que na temporada amarga uma tímida nona posição na tabela. O Exeter venceu mais uma e segue na cola do líder Saracens: a vítima da vez foi o Worcester Warriors. O Leicester venceu o Gloucester por um ponto de diferença o Gloucester em Kingsholm e reassumiu a terceira posição na tabela, graças ao tropeço dos Quins frente ao Newcastle Falcons de Andy Goode.

 

Outro que vem surpreendendo por não conseguir manter-se no topo da tabela é o Northampton Saints que perdeu mais uma, desta vez para o embalado Wasps que, com esta vitória, assumem a quinta posição. E, fechando a rodada, o Sale Sharks recebeu o lanterna London Irish e venceu sem maiores dificuldades, apesar do susto no fim do primeiro tempo.

 

 

Saracens vira jogo e vence o Bath em casa

 

Com atuação defensiva perfeita de Maro Itoje e os chutes de Charlie Hodgson, o Saracens permanece invicto em casa na temporada e segue líder na Premiership. O primeiro tempo foi todo do Bath que dominou as ações e construiu seu placar abrindo 13 x 0 sobre o time da casa em pleno Allianz Park. Para a segunda etapa, o time londrino voltou decidido a vencer e a virar o jogo e conseguiu com o try de Schalk Brits e os chutes de Hodgson. Para o Bath, marcou try Tom Homer. Placar final: 19 x 13 para o Saracens.

 

 

Waldrom marca novamente e ajuda Exeter a se manter na cola do Saracens

 

O oitavo Thomas Waldrom está impossível. Está em ótima fase ajudando sua equipe a seguir adiante na Champions Cup e a se manter em segundo lugar na Premiership. E na atual temporada, já é o jogador com maior número de tries anotados, 7. Contra os Warriors de Worcester, anotou mais um e ajudou seu time a diminuir a distância para o Saracens, já que ganhou ponto bônus ofensivo nesta rodada.

 

O primeiro tempo terminou empatado em 12, mas a força dos Warriors estava em Tom Heathcote e seus chutes. No momento em que o Exeter acertou sua marcação proporcionando menos chances de chutes a Heathcote, as chances do Worcester ruíram. E aí prevaleceu a superioridade dos visitantes de Exeter que marcou tries com Waldrom, James Short, Ian Whitten e Don Armand. Placar final: 30 x 15 para o Exeter Chiefs.

 

 

Virada dramática no fim do jogo dá vitória e terceira colocação para o Leicester

 

Leicester Tigers foi a Gloucester enfrentar o time da casa e passou um sufoco enorme para conseguir uma vitória que veio de forma dramática e em uma virada com um chute de conversão no fim da partida. O time da casa dominou a partida, principalmente no primeiro tempo com os chutes de James Hook e o try de Ben Morgan, assustando qualquer entusiasmado torcedor do Leicester que viu seu time ir para o vestiário no intervalo perdendo pelo placar de 15 x 7.

 

No retorno, o jogo manteve-se equilibrado por um longo período e apenas após o try de Telusa Veainu aos 28 minutos que o jogo ganhou emoção, culminando com o try de Logovi’i Mulipola convertido por Tommy Bell ao apagar das luzes. Marcos Ayerza também marcou try para o Leicester. Para o Gloucester, além de Morgan, James Hook também marcou um try. Placar final: 19 x 18 para os Tigers.

 

 

Falcons vence Quins com importante atuação de Andy Goode

 

Newcastle Falcons contou com seu reforço mais badalado na temporada para superar o Harlequins nesta rodada, o “desaposentado” Andy Goode. Ele entrou na segunda etapa e foi importantíssimo para a segunda vitória da equipe na temporada. Com esta vitória, a equipe deixou novamente a lanterna para o London Irish e, de quebra, tirou o terceiro lugar do Harlequins, que foi superado pelo Leicester na rodada.

 

No começo, o jogo parecia que seria agitado. Os Falcons começaram forte, atacando, mas foi apenas por 20 minutos. Marcaram um try e um penal. E só. Depois, só com Andy Goode em campo para voltarem a pontuar. Seu chutes ainda são precisos e salvaram o time da casa. Nada que Nick Evans e companhia pudessem fazer. Para os Falcons, anotaram tries Rob Vickers e Scott Lawson. Para os Quins, um double de Charlie Walker e um de Dave Ward. Placar final: 26 x 19 para o Newcastle.

 

 

Northampton perde mais uma e se distancia da ponta

 

O Northampton Saints perdeu mais uma partida, desta vem em casa e vê seus adversários se distanciando cada vez mais na ponta da tabela. Desta vez a derrota foi para o Wasps, que vem fazendo uma temporada regular, mas que está muito bem na Champions Cup. Wasps foi arrasador contra os Saints e precisou de apenas um tempo para construir seu placar e sua vitória.

 

Com tries de Rob Miller, Josh Bassett e Dan Robson, mais os pontos nos chutes de Jimmy Gopperth os Wasps abriu a vantagem no primeiro tempo. Vantagem que administrou no segundo apenas segurando os ímpetos e fechando-se bem na defesa. Tarefa muito bem executada, já que o try dos Saints saiu apenas aos 32 minutos do segundo tempo com Sam Dickinson. Placar final: 24 x 11 para os Wasps, que assumiram a quinta colocação, antes ocupada pelo derrotado Saints.

 

 

Com double de Neville Edwards, Sale Sharks vence e empurra os Exiles para a lanterna

 

Em um jogo de sete tries, o Sale Sharks passou facilmente pelos Exiles que, com a derrota, passaram a ser o lanterna da competição. Jogando em casa e com o apoio da torcida, os Sharks mandaram no jogo o tempo todo, não permitindo que os visitantes se recuperassem dos golpes que eram seus tries. Além do double de Edwards, marcaram para o time da casa Sam James, Sam Tuitupou, Brian Mujati e TJ Ioane. Para os visitantes, o try foi um penalty-try. Placar final: 38 x 10 para os Sharks.

 

 

Bristol lidera a Championship com Doncaster na cola

 

Bristol e Doncaster seguem liderando a Championship após 14 rodadas do torneio. Venceram em casa seus adversários e seguem em busca da classificação para a fase do mata-mata. Bedford Blues e Yorkshire Carnegie completam os quatro primeiros colocados que se classificariam hoje para a disputa final. Na lanterna da competição temos o Moseley disputando a lanterna com o Ealing Trailfinders.

 

 

AvivaPremiershipLogo

 

Aviva Premiership – Campeonato Inglês

 

Northampton Saints 11 x 24 Wasps

Sale Sharks 38 x 10 London Irish

Gloucester 18 x 19 Leicester Tigers

Saracens 19 x 13 Bath

Newcastle Falcons 26 x 19 Harlequins

Worcester Warriors 15 x 30 Exeter Chiefs

 

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Saracens Londres 22 80
Exeter Chiefs Exeter 22 74
Wasps Coventry 22 72
Leicester Tigers Leicester 22 65
Northampton Saints Northampton 22 60
Sale Sharks Salford 22 58
Harlequins Londres 22 55
Gloucester Gloucester 22 49
Bath Bath 22 48
Worcester Warriors Worcester 22 35
Newcastle Falcons Newcastle 22 27
London Irish Reading 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º e 6º lugares = classificação à Champions Cup;
– 12º lugar = rebaixamento

 

 

GKIPA Championship

 

GKIPA Championship – 2a. Divisão Inglesa

 

Bedford Blues 64 x 20 London Welsh

London Scottish 22 x 20 Yorkshire Carnegie

Moseley 8 x 24 Nottingham

Doncaster Knights 34 x 24 Rotherham Titans

Cornish Pirates 30 x 15 Ealing Trailfinders

Bristol 35 x 12 Jersey

 

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Bristol Bristol 22 95
Doncaster Knights Doncaster 22 79
Yorkshire Carnegie Leeds 22 78
Bedford Blues Bedford 22 64
London Welsh Londres 22 58
Jersey Jersey 22 57
Nottingham Nottingham 22 56
London Scottish Londres 22 49
Cornish Pirates Penzance 22 48
Rotherham Titans Rotherham 22 38
Ealing Trailfinders Londres 22 37
Moseley Birmingham 22 26

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais;
– 12º lugar = rebaixamento

Comentários