Niterói começa vencendo no Super Sevens 2018. Foto: Brasil Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – O Super Sevens 2018 – o Brasileiro Feminino – começou neste fim de semana, em Florianópolis, com a primeira etapa se encerrando do mesmo jeito que a temporada 2017 se encerrou: com título do atual campeão nacional Niterói.

O torneio inaugural da temporada foi jogado debaixo de chuva em parte do primeiro dia e com muito barro no segundo dia no campo da UFSC, na Tapera. As condições difíceis tornaram as disputas bastante parelhas, com placares curtos na maior parte dos embates, o que também foi condicionado pelo fato do primeiro torneio contar com apenas 12 times – isto é, tendo menos desnível. E com as Yaras em sua maioria em campo o torneio subiu de qualidade.

O primeiro dia de jogos provou a qualidade das equipes favoritas. Como esperado, Niterói, São José e Curitiba fecharam o sábado invictas, mas não sem sofrimento. O Nikity teve muito trabalho para se impor no Grupo B vencendo o anfitrião Desterro por somente 10 x 07, enquanto o Curitiba no Grupo C teve vitórias magras por apenas 2 tries. O destaque entre os times convidados foi o Charrua, que com Raquel e Luiza de volta voltou a brilhar no cenário nacional acabando a fase de grupos no segundo lugar de sua chave.

O Band Saracens (campeão paulista), por sua vez, teve o gosto amargo de não conseguir avançar às quartas de final, terminando as disputas como o pior terceiro colocado, ao passo que as Leoas de Paraisópolis foram o único time fixo que não terminou no Top 8 do torneio. Nota interessante ainda para o Melina e o Delta contando com atletas venezuelanas e mostrando que seguem fortes em 2018, provando o poderio do rugby feminino de fora do Sul e Sudeste.

- Continua depois da publicidade -

As quartas de final não reservaram surpresas, com o São José se impondo sobre o Melina e o Desterro (melhor 2º colocado) derrotando o SPAC. O Niterói, por sua vez, passou pelo Delta e o Curitiba derrotou o Charrua, comprovando as expectativas.

Nas semifinais, São José e Niterói seguiram inabaláveis e superaram bem Desterro e Curitiba, com 17 x 05 e 19 x 00 no placar.

Na grande final, o Niterói cresceu e novamente se impôs sobre o São José, que precisa superar psicologicamente a perda inesperada do título da última temporada. 28 x 05 incontestáveis para as campeãs fluminenses. Izzy Cerullo abriu o placar com o primeiro try do Nikity na final, seguida por try de Amanda disparando na ponta após boa inversão de jogo. O 14 x 00 ainda mantinha as joseenses com esperanças, mas o try crucial não tardou e veio antes da pausa com Izzy arrancando novamente, 21 x 00. Depois do intervalo, Edninha reduziu para as paulistas, mas Amanda deu números finais com o try da vitória do Niterói.

A próxima etapa será nos dias 29 e 30 deste mês em São Paulo.

 

Super Sevens – 1ª etapa

Sábado, 01 de setembro de 2018
09h00 – Niterói 20 x 00 Pasteur
09h20 – Delta 05 x 12 Desterro
09h40 – São José 37 x 00 USP
10h00 – SPAC 15 x 00 Melina
10h20 – Curitiba 10 x 00 Charrua
10h40 – Leoas 12 x 17 Band Saracens
11h00 – São José x Desterro – Juvenil
11h20 – Niterói 10 x 07 Desterro
12h00 – Delta 46 x 00 Pasteur
12h20 – São José 10 x 00 Melina
12h40 – SPAC 27 x 00 USP
13h00 – Curitiba 12 x 00 Band Saracens
13h20 – Leoas 12 x 19 Charrua
13h40 – São José x Curitiba – Juvenil
14h00 – Niterói 22 x 07 Delta
14h20 – Desterro 36 x 00 Pasteur
14h40 – São José 17 x 00 SPAC
15h00 – Melina 30 x 00 USP
15h20 – Curitiba 12 x 00 Leoas
15h40 – Band Saracens 00 x 10 Charrua
16h00 – Curitiba x Desterro – Juvenil

Grupo A: 1 Niterói, 2 Desterro, 3 Delta, Pasteur
Grupo B: 1 São José, 2 SPAC, Melina, USP
Grupo C: 1 Curitiba, 2 Charrua, Leoas, Band Saracens, Charrua

 

Domingo, 02 de setembro de 2018
09h00 – Desterro x São José – Juvenil
09h20 – Quartas Ouro – 1º x 8º – São José 15 x 05 Melina
09h40 – Quartas Ouro – 4º x 5º – Desterro 19 x 05 SPAC
10h00 – Quartas Ouro – 2º x 7º – Niterói 17 x 05 Delta
10h20 – Quartas Ouro – 3º x 6º – Curitiba 10 x 00 Charrua
10h40 – Semifinal Bronze – 9º x 12º – Band Saracens 24 x 00 Pasteur
11h00 – Semifinal Bronze – 10º x 11º – Leoas 27 x 00 USP
11h20 – Curitiba x São José – Juvenil
11h50 – Semifinal Prata – Melina 21 x 05 SPAC
12h10 – Semifinal Prata – Delta 07 x 14 Charrua
12h30 – Semifinal Ouro – São José 17 x 05 Desterro
12h50 – Semifinal Ouro – Niterói 19 x 00 Curitiba
13h10 – Curitiba x Desterro – Juvenil
13h30 – Disputa de 11º – Pasteur 00 x 19 USP
13h50 – Taça Bronze – Band Saracens 19 x 00 Leoas
14h10 – Disputa de 7º – SPAC 07 x 12 Delta
14h30 – Taça Prata – Melina 10 x 07 Charrua
14h50 – Disputa de 3º – Desterro 05 x 00 Curitiba
15h10 – Taça OURO – São José 05 x 28 Niterói

 

EquipeCidade (Estado)Pontuação geralEtapa 1 (01-02/09)Etapa 2 (29-30/09)Etapa 3 (20-21/10)Etapa 4 (03-04/11)Etapa 5 (17-18/11)Etapa 6 (08-09/12)
Placares aquiPlacares aquiPlacares aquiPlacares aquiPlacares aquiPlacares aqui
NiteróiNiterói (RJ)10322722152222
Band SaracensSão Paulo (SP)9872219191919
CuritibaCuritiba (PR)86151317221715
São JoséSão José dos Campos (SP)771917151799
DeltaTeresina (PI)679159131317
Melina Cuiabá (MT)60131910108
CharruaPorto Alegre (RS)53108101510
SPACSão Paulo (SP)5281013813
DesterroFlorianópolis (SC)481797966
Leoas da ParaisópolisSão Paulo (SP)36668877
GuanabaraRio de Janeiro (RJ)185634
USPSão Paulo (SP)1852425
Rio RugbyRio de Janeiro (RJ)9351
GoianosGoiânia (GO)945
PasteurSão Paulo (SP)4400
BH RugbyBelo Horizonte (MG)44
Rio Branco/PiratasSão Paulo/Americana (SP)11
Pontuação por etapa: 1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts; 5º - 13 pts; 6º - 10 pts; 7º - 9 pts, 8º - 8 pts; 9º - 7 pts; 10º - 6 pts; 11º - 5 pts; 12º - 4 pts; 13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º - 1 pts; 16º - 0 pt;

O pior resultado de cada equipe será descartado;