Foto: Mike Lee - KLC fotos for World Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – A Nova Zelândia recuperou seu brilho no Circuito Mundial de Sevens Masculino e é mais líder do que nunca. Neste fim de semana, os All Blacks conquistaram o título da etapa de Vancouver, no Canadá, e aumentaram sua vantagem na liderança da temporada sobre a África do Sul para confortáveis 11 pontos.

O torneio bateu recorde de público, com quase 40 mil torcedores em cada dia, e a festa foi grande para o time da casa, que brilhou com o terceiro ligar, derrotando a África do Sul e ajudando um pouco mais os neozelandeses.

Após um sábado de decepção para o poderoso time de Fiji e de invencibilidade para Nova Zelândia, África do Sul, Austrália e Canadá, o domingo começou com os fijianos sendo derrotados pelos neozelandeses nas quartas de final, em 17 x 05, com tries de Ravouvou, Molia e Mikkelson para os kiwis. Já a África do Sul fez 26 x 10 sobre os Estados Unidos e parecia sólida na briga pelo título. A Austrália também fez sua parte, batendo a Inglaterra, enquanto o Canadá não titubeou diante da surpreendente Espanha.

As semifinais foram abertas com o superclássico entre Nova Zelândia e África do Sul, com sabor de jogo crucial por conta da classificação geral. Com 2 tries de Clarke e outro de Koroi, os All Blacks abriram frente no primeiro tempo, aproveitando cartão amarelo prematura do lado dos Boks. Nanai-Seturo e Dickson ampliaram a frente kiwi no segundo tempo e a reação sul-africana foi tardia. 27 x 15 impressionante para uma jovem e talentosa geração neozelandesa, que cresceu em momento decisivo.

- Continua depois da publicidade -

No outro embate semifinal, a torcida canadense vociferou em apoio aos Canucks contra a Austrália e o jogo foi épico, com Jones abrindo o placar para o Canadá, mas com Anderson, Hutchison e Miller virando para os aussies. O Canadá reagiu com Fuailefau marcando o try que manteve as esperanças da torcida e, na última bola, os australianos suaram frio com o Canadá perdendo o try da vitória por questão de centímetros.

O Canadá ainda ergueu a cabeça e para o delírio da torcida derrotou a África do Sul na decisão do bronze por 26 x 19, com Douglas e Hirayama brilhando.

Na final, a Austrália flertou com uma vitória histórica sobre a Nova Zelândia, mas acabou vendo o sonho escapar no finzinho. Anderson e Longbottom colocaram a Austrália na frente com 2 tries no primeiro tempo, enquanto Ravouvou marcando o seu para os All Blacks. No segundo tempo, Knewstubb e Ravouvou de novo viraram para os neozelandeses, aproveitando a instabilidade australiana, com dois cartões amarelos. Porém, Dickson recebeu amarelo no fim, deixando os neozelandeses com um homem a menos e, no fim, a Austrália teve o ataque para vencer, mas o último passe saiu errado. Vitória dramática dos All Blacks por 17 x 14 e liderança ampla na temporada.

As duas próximas etapas do circuito em abri em Hong Kong e Singapura, mas foram adiadas por conta da crise do coronavírus. Com isso, a próxima etapa será apenas em maio, em Londres.

World Rugby Sevens Series – Circuito Mundial de Sevens – 6a etapa Masculina – em Vancouver , Canadá

*Horário de Brasília

Sábado, dia 07 de março

14h00 – Estados Unidos 19 x 05 Samoa

14h22 – Austrália 33 x 19 Escócia

14h44 – Inglaterra 31 x 00 Argentina

15h06 – África do Sul 12 x 00 Japão

15h31 – Irlanda 26 x 28 Espanha

15h53 – Nova Zelândia 29 x 00 Quênia

16h15 – França 21 x 31 Canadá

16h37 – Fiji 26 x 19 Gales

 

17h12 – Estados Unidos 28 x 12 Escócia

17h34 – Austrália 40 x 12 Samoa

17h56 – Inglaterra 29 x 00 Japão

18h18 – África do Sul 17 x 05 Argentina

18h43 – Irlanda 14 x 12 Quênia

19h05 – Nova Zelândia 31 x 00 Espanha

19h27 – França 19 x 21 Gales

19h49 – Fiji 21 x 26 Canadá

 

20h24 – Samoa 19 x 19 Escócia

20h46 – Austrália 29 x 07 Estados Unidos

21h08 – Argentina 14 x 14 Japão

21h30 – África do Sul 38 x 00 Inglaterra

22h07 – Espanha 17 x 14 Quênia

22h35 – Nova Zelândia 33 x 24 Irlanda

23h05 – Canadá 29 x 07 Gales

23h33 – Fiji 26 x 17 França

 

Grupo A: 1 África do Sul, 2 Inglaterra, 3 Japão, 4 Argentina

Grupo B: 1 Canadá, 2 Fiji, 3 Gales, 4 França

Grupo C: 1 Nova Zelândia, 2 Espanha, 3 Irlanda, 4 Quênia

Grupo D: 1 Austrália, 2 Estados Unidos, 3 Escócia, 4 Samoa

 

Domingo, dia 08 de março

13h43 – Quartas de final pelo 9º lugar – Japão 19 x 50 Samoa

14h05 – Quartas de final pelo 9º lugar – Irlanda 21 x 22 França

14h27 – Quartas de final pelo 9º lugar – Escócia 28 x 17 Argentina

14h49 – Quartas de final pelo 9º lugar – Gales 00 x 28 Quênia

15h19 – Quartas de final pelo 1º lugar – África do Sul 26 x 10 Estados Unidos

15h41 – Quartas de final pelo 1º lugar – Nova Zelândia 17 x 05 Fiji

16h03 – Quartas de final pelo 1º lugar – Austrália 31 x 12 Inglaterra

16h25 – Quartas de final pelo 1º lugar – Canadá 21 x 00 Espanha

16h54 – Semifinal pelo 13º lugar – Japão 12 x 21 Irlanda

17h16 – Semifinal pelo 13º lugar – Argentina 31 x 07 Gales

17h38 – Semifinal pelo 9º lugar – Samoa 00 x 19 França

18h00 – Semifinal pelo 9º lugar – Escócia 12 x 07 Quênia

18h30 – Semifinal pelo 5º lugar – Estados Unidos 40 x 14 Fiji

18h52 – Semifinal pelo 5º lugar – Inglaterra 26 x 17 Espanha

19h14 – Semifinal pelo 1º lugar – África do Sul 15 x 27 Nova Zelândia

19h36 – Semifinal pelo 1º lugar – Austrália 19 x 14 Canadá

19h58 – Decisão de 13º lugar – Irlanda 31 x 26 Argentina

21h07 – Decisão de 9º lugar – França 07 x 12 Escócia

21h31 – Decisão de 5º lugar – Estados Unidos 24 x 26 Inglaterra

21h58 – Decisão de 3º lugar – África do Sul 19 x 26 Canadá

22h28 – FINAL – Nova Zelândia 17 x 14 Austrália

 

 SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
Nova Zelândia115192222131722
África do Sul10422197192215
Fiji838158221911
Austrália8113517121519
Inglaterra7717715151013
França741217198117
EUA7210812171312
Canadá5776137717
Argentina561113111083
Irlanda49512511124
Escócia373106648
Quênia3441110135
Samoa341542256
Espanha336344610
Gales13211522
Campeões por etapa
- 15º colocado = rebaixamento;