Foto: World Rugby

O Estádio José Liberatti, em Osasco, será o palco para a segunda (penúltima!) rodada do Campeonato Sul-Americano Seis Nações deste ano, com duelo de dois times que largaram na competição com vitórias: Brasil e Uruguai XV! O jogo será transmitido pelo BandSports e você pode comprar ingressos para ir ao estádio aqui.

O Brasil venceu na primeira jornada o Paraguai por 66 x 10, ao passo que o Uruguai XV derrotou o Chile por 39 x 32, ambos fora de casa. O Uruguai está jogando o torneio com uma equipe de desenvolvimento (mas com vários nomes do Americas Rugby Championship), a a escolha da União de Rugby do Uruguai é que os jogos de sua equipe no Sul-Americano não valham pontos para o Ranking Mundial. Com isso, será a segunda vez que os Tupis enfrentam o Uruguai XV (com tal denominação), com a outra vez tendo sido um amistoso em 2014 em Volta Redonda.

O técnico Rodolfo Ambrosio manteve a base do time que derrotou fora de casa o Paraguai, mas efetuou duas alterações. Na primeira linha, Nelson foi para o banco e Bengaló ganhou uma chance entre os titulares, ao passo que na ponta saiu Stefano para a titularização de Ariel. A novidade maior está no banco de reserva, com o retorno à seleção depois de 6 anos de ausência de Leco Casatiglione, scrum-half do SPAC, que estava jogando pelo Barcelona, da Espanha, desde 2014, até retornar na última temporada ao Brasil. Sininho também é novidade com relação ao último jogando, agora como primeira linha reserva.

Já o time uruguaio conta com atletas que enfrentaram o Brasil no último Americas Rugby Championship, quando os Teros venceram por 42 x 20 – mas com o Brasil flertando com a vitória por boa parte do jogo. São eles os terceiras linhas Gaminara (capitão0 e Diana) o segunda linha Soto Mera, os primeiras linhas Gattas, Pujadas e Kessler, o scrum-half e abertura Inciarte, o centro Blengio e o ponta Favaro, todas de grande experiência. A eles se somam atletas oriundos do M20 uruguaio, de grande campanha nos últimos Mundiais da categoria. Ou seja, o técnico Esteban Meneses levou a São Paulo um time que mescla experiência e juventude.

- Continua depois da publicidade -

O desafio está dado para os Tupis. Uma vitória contra tal equipe não significará ainda a tão sonhada vitória sobre o time principal do Uruguai, mas seria um indicativo de que o Brasil pode sim sonhar com tal feito. Uma derrota, no entanto, será prova indiscutível de que ainda a superioridade pende clara para o lado celeste.

 

Demais duelos

Também no sábado a outra líder, a Argentina XV, receberá o Chile e, se depender do indicativo que o placar do Americas Rugby Championship oferece (85 x 10 para os argentinos), a vitória é certa para o time do técnico Ignacio Fernández Lobbe – o que praticamente tiraria da luta pelo título o perdedor de brasileiros e uruguaios.

Já o outro duelo será bastante interessante pensando no futuro do continente. A Colômbia receberá o Paraguai, na batalha para saber quem é a quinta força regional. No ano passado, os Tucanos venceram os Jacarés pela primeira vez na história e agora a pressão está contra os paraguaios – sobretudo para provarem que merecem mais uma franquia na futura liga profissional da América do Sul do que os colombianos. Mas a Colômbia terá a pressão de certa obrigação de mostrar serviço em casa, sobretudo após ter triunfado em 2018.

 

*Horários de Brasília

Sábado, dia 18 de maio

versus copiar

16h00 – Brasil x Uruguai XV, em Osasco – BandSports AO VIVO

Árbitro: Damián Schneider (Argentina) / Assistentes: Esteban Filipanics (Argentina) e Victor Hugo Barboza (Brasil)

Histórico: 1 jogo e 1 vitória do Uruguai, 25 x 06, em 2014 (amistoso);

Brasil: 15 Daniel Sancery, 14 Ariel Rodrigues, 13 Robert Tenorio, 12 De Wet Van Niekerk, 11 Daniel “Maranhão” Lima, 10 Lucas “Zé” Tranquez, 9 Laurent Bourda-Couhet, 8 André “Buda” Arruda, 7 Cléber “Gelado” Dias (c), 6 Matheus Claudio, 5 Gabriel Paganini, 4 Luiz “Monstro” Vieira, 3 Pedro Begaló, 2 Yan Rosetti, 1 Lucas Abud;

Suplentes: 16 João Pedro “Sininho’ Talamini, 17 Wilton Murilo “Nelson” Rebolo, 18 Matheus “Blade” Rocha”, 19 Lucas “Bruxinho” Piero, 20 Michael “Ilha” Oliveira, 21 Leandro “Leco” Castiglioni, 22 Lucas “Tanque” Duque, 23 Stefano Giantorno;

Uruguai XV: 15 José Iruleguy, 14 Federico Favaro, 13 Alfonso Costa, 12 Agustín Della Corte, 11 Juan Pablo Costabile, 10 Matías Davanzo, 9 Tomás Iniciarte, 8 Manuel Diana, 7 Santiago Civetta, 6 Juan Manuel Gaminara (c), 5 JuanJuan Garese, 4 Felipe Aliaga, 3 Juan Pedro Rombys, 2 Germán Kessler, 1 Facundo Gattas;

Suplentes: 16 Guillermo Pujadas, 17 Joaquín Jaunsolo, 18 Santiago Bonasso, 19 Maxime Sonneveld, 20 Gonzalo Soto Mera, 21 Tomás Ubilla, 22 Manuel Blengio, 23 Felipe Etcheverry;

 

versus copiar

15h30 – Argentina XV x Chile, em Tucumán

Árbitro: Santiago Altobelli (Argentina)

Histórico: 18 jogos e 18 vitórias da Argentina XV. Último jogo, Chile 10 x 85 Argentina XV, em 2019 (Americas Rugby Championship)

 

versus copiar

17h00 – Colômbia x Paraguai, em Medellín

Árbitro: Santiago Romero (Uruguai)

Histórico: 8 jogos, 7 vitórias do Paraguai e 1 vitória da Colômbia. Último jogo: Colômbia 44 x 29 Paraguai, em 2018 (Americas Rugby Challenge);

 

 SeleçãoApelidoPJVED4+7-PPPCSP
Argentina XVArgentina XV153300301966190
Uruguai XVUruguai XV123300001157540
ChileCóndores631021188104-16
BrasilTupis531021085110-25
ColômbiaTucanes531021070130-60
ParaguaiYakarés030030033162-129
- Vitória por 3 tries ou mais de diferença = 5 pontos
- Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos
- Empate = 2 pontos
- Derrota por 7 pontos ou menos de diferença = 1 ponto
- Derrota por mais de 7 pontos de diferença = 0 pontos
DataHorário (Brasília)CidadeEstádioMandantePlacarvsPlacarVisitanteÁrbitro
11/05/201916h30Assunção (Paraguai)Estadio Héroes de CurupaytiPARAGUAI10X66BRASILFrancisco González (Uruguai)
11/05/201917h00Medellín (Colômbia)Estadio BicentenarioCOLÔMBIA03X79ARGENTINA XVGonzalo Ventoso (Uruguai)
11/05/201920h00Santiago (Chile)Old Grangonian ClubCHILE32X39URUGUAI XVPablo Deluca (Argentina)
18/05/201915h30San Miguel de Tucumán (Argentina)Tucumán Lawn Tennis ARGENTINA XV55X03CHILESantiago Altobelli (Argentina)
18/05/201916h00Osasco (Brasil)Estádio José LiberattiBRASIL19X38URUGUAI XVDamián Schneider (Argentina)
18/05/201917h00Medellín (Colômbia)Estadio BicentenarioCOLÔMBIA43X13PARAGUAISantiago Romero (Uruguai)
25/05/201916h00Belo Horizonte (Brasil)Estádio IndependênciaBRASIL00X62ARGENTINA XVFrancisco González (Uruguai)
25/05/201916h30Assunção (Paraguai)Estadio Héroes de CurupaytiPARAGUAI10X53CHILEJuan Pablo Federico (Argentina)
25/05/201918h00Montevidéu (Uruguai)Estadio CharrúaURUGUAI XV38X24COLÔMBIAFrank Méndez (Chile)