Nalaga rdax 80
Nalaga defendendo o Clermont, da França, em 2015. Foto: Clermont

O Olimpia, do Paraguai, está todo definido para a temporada 2020 da SLAR, a Superliga sul-americana profissional. O clube de Asunción anunciou seu plantel completo, incluindo suas últimas contratações de peso. Entre os reforços novos estão o terceira linha neozelandês Matt Matich, de 28 anos, que jogou o Super Rugby pelos Chiefs em 2018 e pelos Blues em 2019; o segunda linha sul-africano Brandon Valentyn, ex Western Province (da Currie Cup sul-africana); o fullback sul-africano Grant Hermanus, que estava no Griquas (tambérm Currie Cup); e o centro fijiano Vasikeli Mudu, que atuava no rugby fijiano.

Destaque ainda para o scrum-half Damian Stevens, de 24 anos, oriundo do Sharks (da Currie Cup) e que jogou a Copa do Mundo de 2019 pela Namíbia (fazendo try contra a Itália). Mas, a maior contração é ninguém menos que o ponta fijiano Napolioni Nalaga, de 33 anos, que já defendeu 13 vezes a seleção rugby XV de Fiji, incluindo na Copa do Mundo de 2011, além de ter jogado a Copa do Mundo de Rugby Sevens por Fiji em 2009.

Nalaga, no entanto, é mais famoso por sua carreira no rugby de clubes europeu. O fijiano defendeu o Clermont nos períodos de 2007-2010 e 2012-2015, sendo um dos grandes nomes do Top 14 francês naquele período. Em 2009, Nalaga ainda bateu o recorde de tries do Top 14, sendo o artilheiro da competição em duas temporas (2007-08 e 2008-09) e campeão francês com o Clermont em 2010. Além disso, o ponta é ainda um dos 10 maiores artilheiros de tries da história da Heineken Champions Cup europeia. “Naps” ainda jogou o Super Rugby pelo Force, da Austrália, em 2012, o Top 14 pelo Lyon entre 2015 e 2017 e a Premiership inglesa pelo London Irish em 2017-18. Em 2019, o jogador estava na Rússia defendendo o Penza.

A grande contratação anterior do Olimpia havia sido o ponta argentino Manuel Montero, ex Pumas e Jaguares.

- Continua depois da publicidade -

Elenco completo do Olimpia conta com 12 argentinos, 11 paraguaios, 3 sul-africanos, 2 fijianos, 2 namibianos, 1 neozelandês e 1 espanhol.