A Série Mundial de Sevens masculina retorna nesse fim de semana com as emoções de sua penúltima etapa, em Paris! O palco será o Stade Jean-Bouin, casa do Stade Français, e em jogo estará a confirmação daquilo que já é esperado por todos: o título mundial da África do Sul. O BandSports transmitirá as finais (horários a confirmar).

 

Os Blitzboks desembarcarão na França com larga frente sobre o vice líder da temporada Fiji, 25 pontos. Mesmo que Fiji vença as duas últimas etapas, em Paris e Londres (na semana que vem), o título será sul-africano caso os Boks conquistem 19 pontos, isto é, dois 8ºs lugares seriam mais que suficientes. O vice campeonato em Paris já asseguraria o título matematicamente com uma etapa de antecipação, assim como qualquer colocação da África do Sul acima de Fiji nesta etapa.

 

- Continua depois da publicidade -

Já a luta contra o rebaixamento também ganhará ares dramáticos para o lanterna Japão na França. O último colocado entre os 15 times fixos ao final da temporada será rebaixado e os japoneses estão hoje 9 pontos abaixo da Rússia, penúltima. O Japão irá a campo precisando de um grande resultado para ir a Londres com chances reais de se livrar do rebaixamento. E esse drama todo menos de um ano após os nipônicos chocarem o mundo no Rio 2016 vencendo a Nova Zelândia e alcançando a decisão do bronze olímpico.

 

Grupo a grupo

A África do Sul está no Grupo A de Paris e contará com a volta do artilheiro Rosko Specman, grande reforço para os sul-africanos buscarem o primeiro lugar da chave, que parece tranquilo, tendo o Canadá, vencedor surpreendendo da etapa passada, em Singapura, como o principal oponente. Os Canucks estão mais fortes para o torneio, com a volta do craque Adam Zaruba. Escócia, irregular na temporada, e o desesperado Japão, completam a chave.

 

No Grupo B, a Nova Zelândia jogará pelo orgulho, tentando evitar uma atípica temporada sem um título de etapa sequer. Os All Blacks sentem o peso das lesões, com 6 desfalques, entre eles o capitão Scott Curry. Para suprir as ausências, o técnico interino Scott Waldrom chamou três debutantes, Jamie Booth, Fa’asiu Fuatai e Jesse Houston. Os Estados Unidos, da bala Perry Baker, Gales, de altos e baixos, e a Argentina, discreta na temporada, concorrem com os neozelandeses.

 

A dona da casa, a França, de fraca campanha até aqui, está no Grupo C e terá a volta do craque Virimi Vakatawa, que promete traz a torcida para o estádio e liderar os Bleus a uma campanha digna. A força maior do grupo é a terceira colocada Inglaterra, que está 2 pontos abaixo de Fiji na classificação e ainda sonha em uma última arrancada, liderada pelo artilheiro Dan Norton. O Quênia corre por fora e lamenta a ausência por lesão de Collins Injera, enquanto a Espanha fecha a chave como a convidada e já pensando em montar o grupo da próxima temporada, pois os espanhóis já foram promovidos a seleção fixa do circuito para 2017-18.

 

Por fim, Fiji está no Grupo D e brigará com a Austrália, constante, Samoa, em crise, e a Rússia, desesperada para se livrar da ameaça japonesa. O time fijiano teve algumas mudanças para as etapas finais, mas segue forte, com Kolinisau, Ravouvou, Tuwai, Veremalua & cia.

 

Paris Sevens – 9ª etapa da Série Mundial de Sevens Masculina 2016-17

Grupo A: Canadá, África do Sul, Escócia e Japão

Grupo B: Estados Unidos, Nova Zelândia, Gales e Argentina

Grupo C: Inglaterra, Quênia, França e Espanha

Grupo D: Austrália, Fiji, Samoa e Rússia

 

*Horários de Brasília

Sábado, dia 13 de maio – das 05h00 às 14h45

Fiji x Samoa

Austrália x Rússia

Nova Zelândia x Gales

Estados Unidos x Argentina

África do Sul x Escócia

Canadá x Japão

Quênia x França

Inglaterra x Espanha

 

Fiji x Rússia

Austrália x Samoa

Nova Zelândia x Argentina

Estados Unidos x Gales

África do Sul x Japão

Canadá x Escócia

Quênia x Espanha

Inglaterra x França

 

Samoa x Rússia

Austrália x Fiji

Gales x Argentina

Estados Unidos x Nova Zelândia

Escócia x Japão

Canadá x África do Sul

França x Espanha

Inglaterra x Quênia

 

Domingo, dia 14 de maio – das 04h00 às 13h00

Finais

 

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
África do Sul19222192222221919122213
Inglaterra16417221019132210171519
Fiji1501913191319172210108
Nova Zelândia13710171217151313131710
Estados Unidos129810512171515191315
Austrália11313571512101715712
Escócia109121517153871922
Canadá983315310101022517
Argentina905713101012123810
Gales731510510382857
França661081075155105
Quênia63512828571015
Samoa5171357715123
Rússia291528115222
Japão201115223131
- 4 melhores entre Argentina, Samoa, Escócia, Canadá, Rússia e Japão irão à Copa do Mundo de Sevens de 2018;
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.